‘Sem teto’

Serviço de abordagem bem que tenta, mas não consegue atender quem prefere viver nas ruas

Muitos moradores que vivem em situação de rua devem sofrer com a previsão de muito frio para este final de semana em Volta Redonda. É o caso dos que ‘acampam’ em tendas improvisadas no Jardim dos Inocentes; enrolados em cobertores embaixo de marquises dos prédios da Cecisa, na Vila; e ainda embaixo do Viaduto Heitor Leite Franco, onde alguns arquitetaram ‘casas de papelão’ para passar a noite. Com ou sem frio. Tem até quem ‘durma’ em bancos próximos da Igreja Assembleia de Deus, na subida para o Laranjal. Ou na parte coberta da entrada do antigo Escritório Central da CSN. Ou nos portões do Raulino de Oliveira.

Muitos, inclusive, vão criticar as autoridades locais. Mas nem sempre elas têm culpa. As equipes de Ação Comunitária e Saúde de Volta Redonda, por exemplo, buscam criar vínculos de confiança para que esses moradores aceitem ingressar na rede de proteção do município ou a reinserção familiar. O trabalho é realizado em conjunto por equipes da Smac, por meio do Departamento de Proteção Social Especial, e da secretaria de Saúde (SMS), com o programa ‘Consul-tório na Rua’, que faz parte da Atenção Básica à Saúde.

De acordo com o secretário de Ação Comunitária, Ailton Carvalho, o serviço é ofertado diaria-mente pela pasta e está sendo intensificado por conta da Covid-19. “O objetivo do trabalho é de identificar as situações de risco social e pessoal. Fazer a aproximação, ofertando escuta qualificada, e construir vínculo com eles. A equipe articula com a rede de serviços socioassistenciais, e demais políticas públicas, os encaminhamentos necessários para essas pessoas”, teoriza Ailton.

O serviço, segundo ele, funciona às segundas e terças, das 13 às 17 horas; às quartas, das 15 às 21 horas; quintas e sextas, das 8 às 14 horas; e, em sistema de plantão, aos sábados e domingos, beneficiando cerca de 60 pessoas por mês, entre idosos, adultos, crianças e adolescentes. “Ele é ofertado de forma continuada e programada, com a finalidade de assegurar o trabalho social de abordagem e busca ativa, que identifique na cidade a incidência de situações de risco pessoal e social, por violação de direitos, como trabalho infantil, exploração sexual de crianças e adolescentes, situação de rua, uso abusivo de drogas e álcool, dentre outras”, revelou, conforme release enviado pela secretaria de Comunicação do governo Samuca.

Quando alguém aceita sair das ruas conta com uma rede completa de assistência. Inicialmente, é encaminhado para o Centro de Referência Especializado para População em Situação de Rua, o Centro POP, que fica no Aterrado e funciona de segunda a sexta, das 8 às 16 horas; o Abrigo Municipal Seu Nadim, no Nossa Senhora das Graças; ou para o abrigo temporário localizado na Arena Esportiva, em Niterói, implantado especialmente para atendimento durante a pandemia da Covid-19.

O Centro Pop oferece serviços de higiene pessoal, alimentação, retirada de documentos, contato familiar e atendimento psicossocial. O Abrigo Municipal Seu Nadim é um espaço de acolhimento provisório para adultos munícipes em situação de rua, encaminhados pelo Centro Pop, para resgatar os vínculos familiares, sociais e comunitários, assegurando a autonomia dos usuários. No abrigo criado para a proteção da população em situação de rua na Arena Esportiva, a estrutura conta com um espaço de isolamento para aqueles que apresentem sintoma suspeito de Covid-19.

O prefeito Samuca Silva acredita que a atuação da equipe de abordagem de rua pode ser fundamental neste período de pandemia. “É um momento difícil para todos, mas afeta mais cruelmente quem vive nas ruas, sem condições básicas de higiene. Os profissionais do serviço de abordagem insistem no convencimento diário para proteger pessoas que se encontram em situação de rua, mas a decisão de aceitar acolhimento é da própria pessoa. Eles têm o direito assegurado por lei de permanecer nas ruas, se quiserem. A obrigação do poder público é apresentar a rede de assistência”, explicou o prefeito.

Deixe uma resposta