Sem saideiras

Prefeitura de Barra Mansa proíbe festas nos dias de Carnaval; venda de bebidas só até às 23 horas

O prefeito Rodrigo Drable publicou na quinta, 11, o Decreto nº 10.162, que vai dar o que falar nas redes sociais. Ele simplesmente proibiu a realização de festas e eventos, desfiles de blocos e a realização dos tradicionais bailes de Carnaval. Não satisfeito, proibiu os famosos churrasquinhos em família, se reunir mais de 12 pessoas. Ou seja, quem está programando um churrasco para receber a família e os amigos em casa terá que limitar a presença dos convidados. Se reunir 13 pessoas, por exemplo, o anfitrião terá que pagar uma multa da ordem de R$ 3 mil, valor equivalente a 1000 UFMs.
Tem mais. Drable também mandou restringir o funcionamento de bares e restaurantes durante os próximos 10 dias. Detalhe: a venda de bebidas alcoólicas terá que ser suspensa às 23 horas. Sem direito a saideiras.
Veja abaixo a íntegra do Decreto 10.162, que poderia ser batizado de “esse ano não vai ser igual àquele que passou…”
“O PREFEITO MUNICIPAL DE BARRA MANSA, em exercício, usando das atribuições de seu cargo, estabelece restrições temporárias para o enfrentamento do Covid-19 pelo período de 10 (dez) dias;
DECRETA:
Art. 1º Os bares, restaurantes, lanchonetes e estabelecimentos congêneres, somente poderão funcionar até 23:59 horas e deverão suspender a comercialização de bebidas alcoólicas às 23:00 horas, mantidas as demais restrições estabelecidas pelo Decreto 10.050 de 15 de Dezembro de 2020.
Art. 2º Ficam proibidas as realizações de festividades de carnaval, churrasco e similares que aglomerem mais de 12 pessoas em residências, sob pena de multa de 1000 UFM’s.
Art. 3º Ficam autorizadas as operações com o uso de bafômetro, durante o período regulamentado por este decreto, nos locais onde se identificar concentração de pessoas, com estabelecimentos de venda e consumo de bebidas alcoólicas.
Art. 4º Ficam proibidas as realizações de festividades de carnaval em casas de festas, sítios e similares durante o período regulamentado por este decreto, sob pena de multa de 1000 UFM’s.
Art. 6º Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário”.

Vacina – Na quinta, 11, a prefeitura de Barra Mansa recebeu mais 1.490 doses da Coronavac, produzida pela farmacêutica chinesa Sinovac. O município recebeu até ontem, sexta, 12, um total de 7.860 doses da vacina contra a Covid-19.

TCE – Para deixar triste a oposição, o TCE aprovou, por unanimidade, as contas do prefeito Rodrigo Drable referentes a 2019. A próxima etapa é a apreciação final da Câmara de Vereadores. Entre outras, a prefeitura aplicou 16,7% das receitas de impostos e transferências em ações e serviços públicos de saúde, atendendo o valor mínimo de 15%, e 31,7% no desenvolvimento do ensino, superando os 25% exigidos pela Constituição Federal.

Deixe uma resposta