Nada fácil

Gustavo Tutuca explica planos da secretaria de Turismo para o Sul Fluminense

Roberto Marinho

Conhecido no meio político por comandar a pasta de Ciência e Tecnologia do Estado do Rio no governo Pezão, o deputado estadual Gustavo Tutuca deu a volta por cima e saiu do ostracismo para assumir uma missão espinhosa no governo interino de Cláudio Castro: tocar a secretaria estadual de Turismo, um dos setores mais abalados pela pandemia do coronavírus.
Morando em Volta Redonda há alguns anos – pretendia até disputar a eleição para prefeito em 2020 -, Tutuca lançou um plano estratégico de recuperação do turismo no estado, e pretende ouvir representantes de todos os municípios para identificar potencialidades e traçar novas estratégias para o setor. Em entrevista por e-mail ao aQui, o secretário explicou como irá funcionar seu plano, prometendo levar a estrutura da sua pasta para os municípios, ouvindo agentes públicos e privados para buscar novos caminhos para o turismo no estado do Rio. Afirmou ainda que serão realizados palestras e cursos de capacitação para que os municípios melhorem a captação de recursos na área. Confira a entrevista de Gustavo Tutuca ao aQui.

aQui: O que o plano estratégico prevê para o Sul Fluminense?
Gustavo Tutuca: A principal missão desta gestão é olhar o turismo além da capital. Por isso, nós separamos um plano de ação para o interior. Vamos levar a estrutura da secretaria para o interior, ouvir os agentes públicos e privados e desenvolver planos de ação para cada demanda. Será um gabinete itinerante, com palestras e capacitação das estruturas municipais para captação de recursos. A Setur-RJ também será parceira para ajudar na liberação destes recursos e na produção dos projetos. Já estamos avançando no projeto de sinalização turística e de valorização dos produtos de cada município. Nós queremos que o turista conheça o nosso estado além da capital, e as regiões do Vale do Café, Costa Verde e Agulhas Negras têm tudo para serem destaque neste trabalho.

aQui: Especificamente, o que está previsto para Volta Redonda?
Tutuca: O nosso planejamento é apoiar as propostas de cada município. Volta Redonda é a referência do Médio Paraíba e nós vamos fortalecer este potencial da cidade. Para isso, trouxemos para a nossa estrutura a Subsecretaria de Eventos, que vai atuar junto aos municípios para criar um calendário estadual de eventos, preparando a retomada de forma responsável e organizada. Não podemos permitir que haja uma corrida por datas que gere concorrência predatória. Isso pode ser muito prejudicial para o setor. Outro ponto importante é o de captação de eventos. Nós já temos mais de 1.000 eventos catalogados que ocorrem em outros estados e países com potencial para virem para o nosso estado. Vamos avançar nesta interlocução e a cidade de Volta Redonda será um dos locais com estrutura para abrigar estes eventos.

aQui: Como será essa retomada em meio à pandemia?
Tutuca: Nós estamos trabalhando desde o ano passado na promoção do Turismo Consciente. Estamos trabalhando junto ao setor e criando plataformas como o Turismo Consciente RJ, que reúne os 10 mandamentos de medidas sanitárias de proteção ao Coronavírus e cadastra os estabelecimentos que se comprometem a seguir os protocolos estabelecidos em parceria com a Secretaria de Saúde e as orientações da OMS. Já a plataforma “Rio, o seu melhor presente”, parceria da Setur com O Globo e Fecomércio, disponibiliza descontos nos serviços desses estabelecimentos que já seguem os protocolos de segurança, sendo uma comunicação direta entre quem está planejando uma viagem para o Estado e o prestador de serviço, sem intermediários.
Agora, com o cenário de vacinação avançando, vamos organizar a parte de eventos para retornar em um momento seguro.

aQui: O planejamento está disponível, encontro no site da secretaria?
Tutuca: O planejamento será um organismo vivo. Apresentamos ao governador Cláudio Castro e foi muito bem recebido, com contribuições muito relevantes. Já no dia seguinte, estivemos na reunião do Conselho Estadual de Turismo e também recebemos um retorno muito positivo. Nós já estamos apresentando aos municípios as nossas propostas e vamos disponibilizar ao público assim que as contribuições forem incluídas.

 

Deixe um comentário