Grampos Barra Mansa

Saae-BM (I) – Coincidência ou não, na quarta, 1, os servidores do Saae-BM que trabalham no setor administrativo da autarquia voltaram ao batente. Ah, a direção do órgão garante que teve o cuidado de manter os profissionais com mais de 60 anos e os pertencentes ao grupo de risco em suas casas. “Os que retornaram às atividades estão trabalhando em escala de revezamento, assim como as equipes que fazem manutenção nas ruas”. É ou não é coincidência?

Saae-BM (II) – O Saae garante ainda que não haverá atendimento ao público e avisa à  população que fique tranquila: “não haverá corte de água durante o período de pandemia”. Ainda bem! Só faltou dizer que voltará ao normal em todos os sentidos.

Mobilidade – O prefeito Rodrigo Drable garante que recebeu uma ligação dos secretários estaduais de Transporte e Saúde e obteve informações a respeito de um plano que estaria sendo feito para restrição da mobilidade urbana na cidade. “Vão cortar as linhas de transportes intermunicipais. A decisão foi tomada pois estamos em uma área endêmica e a medida prevê a não circulação do vírus entre as cidades”, adiantou. Há controvérsias. 

Consultório de Rua (I) – Para o secretário de Saúde de Barra Mansa, Sérgio Gomes, a população em situação de rua em Barra Mansa vive em outro mundo. E não sabe nada sobre o Covid-19. Só eles?

Consultório de Rua (II) – Segundo Sérgio Gomes, existe uma total falta de conhecimento sobre o assunto junto à população em situação de rua. “Isso foi constatado pela equipe do Consultório na Rua, formada por educadores sociais, técnica de enfermagem, psicóloga e enfermeira. Sem acesso a TV, rádio e jornais, eles vivem  em um mundo paralelo, no qual as notícias chegam sob a ótica de outras pessoas e nem sempre corresponde a realidade. Em nossas abordagens, constatamos o desconhecimento sobre o vírus, prevenção e cuidados”, justificou. Ele está certo. Será que os barramansenses da foto ao lado (ver matéria) não estariam na mesma situação?

Ônibus – O prefeito Rodrigo Drable mandou suspender, temporariamente, a gratuidade para idosos acima de 60 anos nos ônibus das linhas municipais de Barra Mansa.   A medida vale, por enquanto, até o dia 13 de abril. “A decisão visa diminuir a circulação de idosos no centro da cidade e proteger a saúde desta parcela da população, estendendo os cuidados aos seus familiares e diminuindo a possível transmissão do vírus”, justificou.

Vacinação – A secretaria de Saúde de Barra Mansa realizou no sábado, 28, a vacinação contra a Influenza em idosos com faixa etária acima de 70 anos, no sistema drive thru. Ao todo, foram administradas 3.752 doses.

Álcool 70 – No sábado, 28, a Pernod Ricard, empresa de fabricação e distribuição de vinhos e bebidas alcoólicas, localizada em Resende, doou cinco mil litros de álcool 70 para a Santa Casa de Misericórdia de Barra Mansa. Merece aplausos.

Deixe uma resposta