segunda-feira, janeiro 17, 2022

Grampos

Muro – A secretaria de Infraestrutura de Volta Redonda também faz as coisas direito. E está construindo um muro de saco na Rua 41-C, na Vila, à beira do córrego, próximo ao Colégio Macedo Soares. “Por conta das fortes chuvas, o local cedeu e o trecho precisava dessa recuperação há mais de dois anos. Estamos fazendo um muro que chamamos de Rip Rap, usando sacos de Ráfia”, explicou Poliana Gama. A previsão é de que os trabalhos sejam concluí-dos ainda em janeiro.

Estágio – Estão abertas as inscrições para o Programa de Estágio CSN 2022 para Volta Redonda e Porto Real. Os estudantes que irão concluir a formação acadêmica entre 2022 e 2023 (penúltimo ou último ano do nível superior) podem se inscrever até o próximo dia 31 pelo site www.csn.com.
br/oportunidades. As oportunidades serão para as áreas de engenharia (mecânica, ambiental, civil, agronegócios, computação, controle e automação, elétrica, eletrônica, materiais, mecatrônica, metalúrgica, produção e química), sistemas de informação, ciências contábeis, administração, direito, jornalismo, publicidade e propaganda, design gráfico, educação física, enfermagem, fisioterapia, nutrição, psicologia e serviço social. Detalhe: a CSN oferece bolsa-auxílio, plano de saúde, vale-transporte, seguro de vida, e alimentação em restaurante interno.

Castração móvel (I) – O vereador Paulo Conrado é o autor do Projeto de Lei 54/2019 que prevê o programa de castração móvel em Volta Redonda, que foi aprovado pela Câmara e sancionado pelo prefeito Neto. “As notícias são boas, os recursos já estão na conta da prefeitura e o prefeito pediu urgência na licitação para compra do veículo e dos equipamentos necessários para o início dos trabalhos”, disse.

Castração móvel (II) – O Castramóvel, segundo Conrado, consiste em um veículo especialmente adaptado com sala-ambulatório, sala de assepsia, sala de cirurgia, sala de recuperação cirúrgica, banheiro para uso da equipe, balança para pesagem dos animais, kit para recuperação cardiorrespiratória, equipamento para esterilização dos materiais e material para acondicionamento e descarte de resíduos. “A prioridade do projeto é atender os animais de rua e a população de baixa renda que queira castrar seus animais de estimação”, acrescentou.

Castração móvel (III) – O principal objetivo das castrações, detalha Paulo Conrado, é reduzir o número de animais abandonados no município. “Além disso, a medida pode proporcionar redução na ocorrência de problemas de mama, testículo, piometria e tumores venéreos nestes animais. É, portanto, mais que um ato de responsabilidade, é amor aos animais”, pontua Conrado, que na foto aparece ao lado de PC e Jane, do Saae-VR; Ana, do Meio Ambiente; Janaina, do CCZ; Jadiel, do zoológico; Carlos Macedo e Rose Villela, secretários municipais; Lu, do gabinete do vereador Paulinho AP; e do vereador Renan Cury.

Abono – O governador Cláudio Castro concedeu um abono de Natal a todos os policiais militares, civis e bombeiros do estado do Rio. A medida vai atingir cerca de 64.500 agentes, com um cartão no valor de R$ 500. Se acha que fez sucesso, está enganado. Quinhentos reais não dão pra nada…

Meu nome é trabalho – O vereador Betinho Albertassi usou as redes sociais para se despedir de 2021. “Um ano muito produtivo e diante de todas as dificuldades apresentadas, fico feliz em chegar até aqui! Vamos pra luta que o trabalho continua!”, escreveu. “Mais uma vez agradeço à população de Volta Redonda por confiar e dar oportunidade de contribuir no crescimento de nossa cidade”, completou, para encerrar com a seguinte mensagem: “Deus abençoe o ano de 2022 de muito trabalho no Legislativo”. Sua mensagem foi curtida por dezenas de internautas, inclusive pelo vereador Renan Cury. Não são fofos?

Frangos (I) – Por falar em Renan Cury, o vereador quis encher a bola do governo Neto postando uma mensagem sobre a distribuição de panetones e frangos que seria feita na Ilha São João. Rendeu mais de 10 mil visualizações e centenas de comentários. Pró e contra. “Aí eu pergunto, quem tem carro igual aparece alguns no vídeo, tem necessidade de pegar isso ??, pq não deixar pra quem precisa e não tem nada pra comer em casa….. Pq não levar em comuni-dades mais necessitadas”, escreveu um internauta, criticando o fato de várias pessoas terem ido, de carro, buscar o frango oferecido pelo governo Neto.

Frangos (II) – Outro internauta, que se identificou como pastor, foi além ao comentar a distribuição dos frangos e panetones. “Muito bom iniciativa mais renan aquelas famílias que não tem condições de ir buscar aí, pensa comigo tem pessoas que tem que pegar quatro ônibus dois para ir dois para voltar olha o preço da passagem se tivesse sendo distribuído nas unidades escolares seria melhor tenho certeza que muitas famílias não irá buscar”, escreveu usando linguajar das redes sociais.

Frangos (III) – Pior foi o comentário de uma internauta: “Bela jogada ???? maioria das pessoas que depende de dois ônibus pra chegar até na ilha não foram busca … Moro no no roma n sou mãe mas conheço um monte de gente q n foi busca por causa da distância ou pq estava trabalhando ?? n mandou as cesta pra escola pq esse kit tinha q pega do outro lado da cidade ? N tem freezer nas escolas ? Falta de respeito com quem n tem nem condições de ir buscar … Pode me julgar mas foi triste ver ontem na escola mães com uma tristeza no olha por n pode busca por causa da distância”.

Notebooks – O prefeito Neto pode se gabar de ter sido o primeiro a oferecer notebooks novinhos para os professores da rede municipal de Educação. Ainda não foram entregues, mas serão, diz ele. O exemplo já foi seguido pelos prefeitos de Barra do Piraí e Resende. E o de Barra Mansa também fará a mesma coisa.
Ponto facultativo – Em virtude das festas de fim de ano, o prefeito de Barra Mansa, Rodrigo Drable, decretou ponto facultativo nas repartições públicas municipais de quinta, 23, a segunda, 3. Os serviços essenciais funcionarão em esquema de plantão.

Feira – A prefeitura de Volta Redonda poderia rever a ocupação das barracas da feira livre das quartas-feiras, na 60. A maioria só vende roupas e quinquilharias. Barracas de frutas e verduras mesmo, são poucas.

Volta Grande – Em carta à redação, um morador do bairro Volta Grande III pede providências contra a Associação de Moradores por promover pagodes todas as sextas, sábados e domingos com som altíssimo, às vezes indo até à meia-noite. Para este senhor, o bairro precisa é de segurança, e não de pagodes.

Fogos (I) – Na sua entrevista de sempre a Dário de Paula, na manhã de ontem, quinta, 23, o prefeito Neto anunciou que a prefeitura vai promover uma queima de fogos que poderá ser vista em 15 bairros da cidade. “Nós vamos fazer uma queima de fogos para que as pessoas não tenham necessidade de ir a algum lugar. Vão poder assistir em 15 pontos de Volta Redonda”, disse, adiantando que será na curva do Rio Paraíba, na altura do Santa Agostinho. “A maior, que vai durar mais de 10 minutos, vai ser na caixa d’água, ali em cima da curva do rio, para que todo mundo assista”, completou.

Fogos (II) – Veja a explicação dada por Neto da escolha do local. “Vai dar uma visão não só para o pessoal da margem esquerda do Rio Paraíba, do pessoal que mora na região do Santa Agostinho, como também para o pessoal do Jardim Amália, Água Limpa etc. Dá uma visão boa dali”, crê.

Ilustre desconhecido – Na entrevista, Neto confessou que não conhece o professor Raone, futuro vereador da cidade do aço. “O Raone eu não conheço”, disse, surpreendendo Dário, que lhe perguntou: “Você não conhece o Raone?”. “Não. Conheço de ‘oi, tudo bem?’, mas ele tem uma avó maravilhosa, que é a dona Ruth, eu sou apaixonado por ela”, respondeu o prefeito. “Dona Ruth já é uma boa referência do vereador Raone, não é?”, retrucou Dário. “Muito. Se ele se espelhar nela…”, finalizou Neto, que não vai gostar muito de saber que o futuro vereador foi um dos professores de Volta Redonda que se colocou contra o fim do ensino médio na Fevre.

Doação – Para o ano que vem, conforme adiantou a Dário de Paula, Neto já tem uma meta: conseguir construir o terceiro andar do Hospital do Retiro, com mais 35 leitos para a unidade. “Nós estamos conseguindo um grande parceiro para fazer o terceiro andar do hospital do Retiro. Nós vamos colocar mais 35 leitos”, anunciou, sem revelar o nome do benfeitor.

Influenza – Como o assunto era Saúde, Dário disse a Neto que na madrugada de quarta para quinta recebeu uma mensagem sobre a Influenza H3N2. “Está terrível”, confessou, adiantando que no Cais do Conforto a procura por atendimentos “está imensa”. “Na cidade, todos estão cheios, e olha que todos os postos de saúde em Volta Redonda têm médicos”, ponderou. “O Cais Aterrado você precisa ver como está, a UPA está um negócio de maluco”, completou.

Gripe – Para tentar combater a gripe, Neto disse que pretende criar um serviço especial só para estes casos. “Nós vamos tentar criar agora um teleatendimento para evitar que as pessoas saiam de casa. Vamos conversar com a Conceição (secretária de Saúde) para tentar arrumar soluções imediatas, sem que as pessoas saiam de casa”.

Pagamentos (I) – Na entrevista a Dário, o prefeito garantiu que a prefeitura teria feito o pagamento do mês de novembro de 2020 a todos os ocupantes de cargos comissionados do governo Samuca Silva, que deixou o Palácio 17 de Julho sem pagar o funcionalismo público. “Todo mundo já recebeu novembro”, disse. Há controvérsias. Há quem garanta, por exemplo, que recebeu apenas metade do salário. Seria o caso dos cargos comissionados DAS 101 e 102. Só que Neto discorda. E garante que só falta pagar aos CCs o mês de dezembro. “Receberam o que nós prometemos”, disparou.

Pagamentos (II) – Contrariando o que era esperado, Neto não fez distinção de quem entrou na Justiça para tentar receber os vencimentos. Todos receberam o cascalho para gastar com peru de Natal.
Dívidas – Os milionários de Volta Redonda que devem aos cofres do palácio 17 de Julho ganharam um presente do governo Neto. É que a Câmara aprovou a Lei 5.894, de autoria do prefeito, para facilitar a vida das empresas que têm dívidas superiores a R$ 10 milhões. Agora, a dívida poderá ser paga em até 60 vezes. Detalhe: sem qualquer multa ou juros. Se não pagarem, merecem ter o nome na Dívida Ativa.

Posse – O vereador Sidney Dinho vai tomar posse como novo presidente da Câmara de Volta Redonda no dia 1º de janeiro, às 10 horas. Essa será a segunda vez que Dinho irá presidir a Casa de Leis.

Contas – O vereador Sidney Dinho confirmou que as contas do ex-prefeito Samuca Silva serão votadas ainda no primeiro semestre.

Constrangimento – O prefeito Neto, segundo uma fonte, acabou em uma saia-justa ao receber a visita de dois amigos ligados a uma igreja evangélica. É que, na conversa, eles reclamaram da postura de um vereador – do grupo ligado ao prefeito – que teria dado um tremendo calote na praça. Um não, vários. Ah, Neto prometeu conversar com o dito cujo.

Mudou – O agora deputado estadual Jari Simão (PSB) já mudou o nome do seu projeto ‘Vereador no Bairro’, que a cada semana ficava em um local diferente de Volta Redonda. Agora é ‘Deputado na sua cidade’. Começou na quinta, 23, pela Vila. Detalhe: tudo devidamente acompanhado por uma equipe de marketing. Já está se prevenindo para tentar a reeleição.

Campanha – O delegado Antônio Furtado gastou R$ 408 mil da sua cota parlamentar para divul-gar seus feitos no Legis-lativo. Também gastou bem com gasolina: R$ 56 mil. A informação foi publicada na coluna ‘Extra, Extra’, da jor-nalista Berenice Seara.

Homenagem – A Câmara de Volta Redonda criou mais uma forma de homenagear os volta-redondenses. A partir de 2022, os vereadores vão entregar, sempre em abril, a Medalha Arigó para pessoas que participaram de forma direta na construção da CSN e, por tabela, no desen-volvimento econômico da cidade.

ARTIGOS RELACIONADOS

Grampos

Grampos

Grampos

LEIA MAIS

“Não enganei ninguém”

Luto sem fim

Grampos

Grampos Barra Mansa

Seja bem vindo!
Enviar via WhatsApp