segunda-feira, janeiro 17, 2022

Grampos

Abandono – No mês em que se destaca a luta mundial contra a Aids, pipocaram nas redes sociais imagens do Centro de Doenças Infecciosas de Volta Redonda, mostrando que o local está abandonado, precisando de diversas melhorias. É pena.

Detran (I) – O vereador Betinho Albertassi (PSD) vai se encontrar com o presidente do Detran-RJ, Adolfo Konder, para pedir que o órgão volte a emitir Carteiras Nacionais de Habilitação (CNH) no posto de Volta Redonda. “As carteiras eram renovadas em Volta Redonda e o motorista, em dois dias úteis, estava com ela já na mão. Agora, criou-se certa dificuldade e o prazo para a entrega do documento pode demorar até 40 dias; isso é um absurdo”, comentou.

Detran (II) – Outro tema que Betinho vai abordar no encontro, que acontecerá durante a semana, é quanto à marcação de perícias médicas. “Vamos solicitar que seja retomada o mais rápido possível a marcação de perícias médicas aqui na nossa região. Queremos facilitar a vida das pessoas com deficiência e candidatos reprovados nos exames de aptidão física e mental, para que não tenham de se deslocar a outro município, ou até mesmo para a capital, para fazer a perícia – exame necessário para a obtenção da carteira de habilitação”, explicou.

Curso – O vereador Luciano Mineirinho (PSD), após conversar com o prefeito Neto, enviou um requerimento pedindo para que o Palácio 17 de Julho crie cursos profissionalizantes no Ciep do Padre Jósimo. O local foi municipalizado há quatro anos, mas segue fechado sem nenhuma atividade.

Audiência – A Câmara de Volta Redonda vai realizar na segunda, 6, às 15 horas, uma audiência pública sobre a Lei Orçamentária Anual (LOA) de 2022, incluindo a previsão de gastos do Palácio 17 de Julho para 2022.

Campo – Os moradores do Água Limpa vão ganhar um presente do governo Neto. É que a prefeitura realizará em 16 de dezembro uma licitação para contratar uma empresa para reformar a praça e construir um campo de grama sintética na Avenida Rio Visconde do Branco.

Emenda – O jovem vereador Rodrigo Nós do Povo (PL) ganhou uma missão oficial da Câmara. Vai para Brasília na terça, 7, onde vai ficar até sexta, 10, para acompanhar a discussão sobre o Orçamento de 2022 e tentar arrancar dos parlamentares fluminenses ou não algumas emendas para a cidade do aço.
Campanha – A deputada estadual Célia Jordão, primeira-dama de Angra dos Reis, esteve em Volta Redonda na terça, 30. Oficialmente, disse que estava prestando contas do seu mandato. Estava em campanha, isso sim. O encontro aconteceu na Câmara de Volta Redonda e foi agendado pelo ex-vereador Carlinhos Santana.

Crítica – Por falar em Carlinhos Santana, o ex-vereador – que é aliado de Neto – usou o seu Facebook para postar críticas ao governo quanto às grandes filas que andam acontecendo para marcação de consultas com médicos especialistas.

Briga – A briga que aconteceu na Praça da Colina no sábado, 27, após a partida entre Flamengo e Palmeiras pela Libertadores, publicada pelo aQui em suas redes sociais, não foi um fato isolado. Segundo moradores, pelo menos três brigas aconteceram, entre os próprios flamenguistas. Só que a Guarda Municipal e a Polícia Militar não estavam presentes no bairro. Na manhã seguinte, na praça e nas ruas próximas a sujeira era total. Um morador contou, pelo menos, 30 pinos de cocaína pela aprazível pracinha.

Encontro – Após a sessão legislativa de segunda, 29, na Câmara de Volta Redonda, quatro vereadores fizeram uma pequena reunião em um bar na Colina: o presidente da Câmara, Neném; o líder de governo, Vander Temponi; Cacau da Padaria e Vair Duré. Trataram de quê?

Homenagens – Uma das coisas que os vereadores de Volta Redonda mais gostam de fazer é homenagear personalidades da cidade. É tanta ‘Moção de Congratulação’ que o vice-prefeito Sebastião Faria em menos de um mês vai receber duas homenagens. Uma de Temponi, outra de Vair Duré. Menos, gente, menos…

Reprovado (I) – O inferno astral do ex-prefeito Samuca parece não ter fim. O Tribunal de Contas do Estado deu parecer contrário às contas do seu governo referentes a 2020. Dos quatro anos em que governou a cidade, Samuca só conseguiu se sair bem na apreciação das contas de 2017. As outras foram rejeitadas. Se o parecer do TCE for acatado, Samuca poderá ficar até inelegível. O que pode não representar nada, não é mesmo? Afinal, Neto ficou inelegível, se candidatou em 2020, ganhou e ficou.

Reprovado (II) – Por falar em contas do ex-prefeito, o presidente da Câmara, Neném, confirmou que os vereadores irão apreciá-las ainda este ano. Em uma das próximas cinco sessões que serão realizadas antes do recesso parlamentar.

Socorro – A Câmara de Volta Redonda aprovou em primeira discussão o Projeto de Lei 052/2021, do vereador Lela (PSC). O objetivo é que as gestantes que façam pré-natal no município possam passar por cursos de primeiros socorros para saberem atuar em caso de acidentes com as crianças.

Eleição – O ex-deputado Deley de Oliveira já calçou as chuteiras de pré-candidato à Câmara. Ao encontrar um grupo de amigos na última semana, Deley foi questionado para quem torceria na final da Libertadores e não titubeou. “Vou perder votos por causa disso, mas vou torcer pro Palmeiras”, avisou, dando a entender que será candidato. No mais, Deley é ídolo do Fluminense e também jogou pelo Palmeiras.

Artigo anteriorAntes tarde do que nunca
Artigo seguinteGrampos
ARTIGOS RELACIONADOS

Grampos

Grampos

Grampos

LEIA MAIS

“Não enganei ninguém”

Luto sem fim

Grampos

Grampos Barra Mansa

Seja bem vindo!
Enviar via WhatsApp