Grampos

PSL (I) – A escolha de Wagner dos Santos Carneiro, o “Waguinho”, na foto, como presidente do partido no estado do Rio está provocando arrepios em alguns caciques do interior. Não é para menos. À frente da presidência do PSL/RJ, Waguinho tem um desafio: promover a renovação do partido já para as eleições de 2022. Ou seja, tem muita gente correndo o risco de ficar sem uma boa legenda para concorrer a deputado no ano que vem.

PSL (II) – Nas eleições de 2018, o prefeito de Belford Roxo, mostrando sua forte liderança política, elegeu a sua esposa, “Daniela do Waguinho”, como deputada federal, e seu amigo e companheiro de longa data, Márcio Canella, como deputado estadual. Essa parceria fez com que os dois parlamentares entrassem para o seleto grupo dos deputados mais bem votados do estado do Rio, tendo a deputada recebido 136.286 e o deputado, 110.167 votos. Quem será que ele vai apoiar em Volta Redonda no ano que vem?

Supera RJ – O programa Supera RJ alcançou na segunda, 12, a marca de mais de R$ 21 milhões em créditos concedidos a cerca de 1,6 mil micro e pequenos empresários. No total, o governo do Estado vai conceder R$ 300 milhões por meio do Supera RJ. “São pequenos empresários que vão manter os seus negócios e ampliar os investimentos. Estamos ajudando, principalmente, aos informais, autônomos e microempreendedores que passaram muita dificuldade na pandemia. É um importante marco alcançado em pouco mais de um mês do lançamento do programa. É mais um exemplo de como o empreendedor precisa do apoio do governo no momento da retomada após a crise. Estamos ajudando a movimentar a economia, recuperar negócios e fomentar novos empreendimentos”, ressaltou o governador Cláudio Castro.

Leilão (I) – A Guarda Municipal de Volta Redonda promove no próximo dia 27, às 11 horas, um leilão on-line de veículos removidos das ruas por infrações de trânsito. Os interessados devem se cadastrar 24 horas antes do início do leilão através do site: www.edgarcarvalholeiloeiro.com.br, para análise dos dados e confirmação da participação. Lances já podem ser dados pelo endereço eletrônico. Serão leiloados 72 motos, 7 carros e 43 veículos como sucata para serem prensados.

Leilão (II) – A visitação aos veículos será aberta nos dias 22 e 23, das 9 às 11h30min, e das 14h30min às 17 horas. Eles estão no depósito da GM na Ilha São João e no depósito municipal da GM no Retiro.

Elétrico (I) – A Volkswagen Caminhões e Ônibus lançou na terça, 13, o primeiro caminhão elétrico totalmente projetado e desenvolvido em Resende. Ao todo, a companhia investiu R$ 150 milhões no desenvolvimento do modelo e em seu complexo produtivo. “Com a produção do veículo elétrico, o Rio de Janeiro reforça o seu papel de pioneirismo no setor de energia e torna-se o principal centro de eletromobilidade da América Latina”, destacou o governador Cláudio Castro.

Elétrico (II) – A AmBev foi responsável pelo grande primeiro pedido do caminhão elétrico, com mais de 1.600 veículos a serem entregues até 2023, sendo os 100 primeiros até outubro deste ano. Outras empresas já fecharam parceria para adquirir o caminhão 100% elétrico; dentre elas, Coca-Cola e JBS.

Mobilidade Urbana – Atendendo um pedido do prefeito Neto, os estudantes do curso de Engenharia Civil do UniFOA projetaram duas vias urbanas para reduzir os problemas de trânsito na cidade do aço. A primeira ficará ao lado do Hospital da Unimed, no Jardim Belvedere, ligando a unidade à Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais na Sessenta. A segunda ligará a Rodovia do Contorno ao bairro Três Poços.

Podemos – O ex-prefeito Samuca Silva voltou ao Podemos, legenda que deixou em 2018 depois de brigar com Romário, senador do partido. E voltou por cima, como secretário-geral do diretório estadual. Poderá montar uma chapa de candidatos para as eleições de 2022, que possam viabilizar a sua própria candidatura. Tá podendo.

Em memória – A Lei Municipal Nº 5.816, que institui 27 de março como o Dia Municipal em memória às vítimas da Covid-19, foi sancionada pelo prefeito Neto.
Covid-19 (I) – Quem levou um tremendo susto com a Covid19 foi o ex-prefeito Paulo Baltazar. Nas redes sociais, ele contou que passou por um “período muito aflitivo e angustiante” e que chegou a ser internado com “dificuldade respiratória (Covid)”. “É uma experiência intensa e dramática”, pontuou. “Só quem viveu isso pessoalmente pode avaliar e sentir como é frágil nossa vida”, acrescentou.

Covid-19 (II) – Baltazar, que é evangélico, deu seu testemunho. “Mas o sofrimento também é um espaço de reflexão, de fé e de dependência de Deus. É uma experiência libertadora quando, pela fé, vc pode agradecer e orar ‘seja feita a Sua vontade’”, escreveu. “Agradeço a tantos profissionais q com acolhimento, amor são capazes de se expor pelo próximo”, disse.

Covid-19 (III) – Médico, Baltazar anunciou que já voltou às suas atividades profissionais, aproveitando para valorizar a vida. “Diante de tanta incerteza à vida humana q esse vírus trouxe, é importante reafirmar q devemos valorizar a vida, nossa e dos outros. Tomar todas as medidas necessárias pra garantir q a vida não se perca, a vacinação, distanciamento social, uso de máscaras são fundamentais, até q tudo passe e vai passar”, afirmou.

Covid-19 (IV) – Por último, Baltazar deixou sua mensagem de fé. “Minha mensagem é de solidariedade as milhares de famílias que perderam entes querido, mas também uma mensagem de fé e de esperança. Fé em Deus e esperança que, juntos com a ciência vamos vencer esse momento.
Gratidão a minha amada família q me acompanhou em todo tempo e aos amigos e amigas pelas orações por mim e pela Marie ??. Deus os abençoe ??”.

Repercussão – A postagem de Paulo Baltazar foi curtida por centenas de internautas, como Márcia Cury, diretora do Hospital do Retiro.

A conferir – O vereador Neném, presidente da Câmara de Volta Redonda, anda revelando nas conversas com os amigos que deve sair candidato a deputado federal. Quando alguém lhe pergunta se pretende enfrentar Deley, Neném não pestaneja: “Ele (Deley) diz que é candidato. Se for mesmo, eu saio”, disse. Entenderam?


Fechou (I) – Bem que o aQui avisou (na edição 1258, de 3 de julho) que o supermercado Máximo iria entregar o ponto e fechar a loja localizada no Aterrado, como mostra a foto. O espaço, dizem, deverá ser ocupado pelo Nagumo, aquele que tem uma filial na Ponte Alta.

Fechou (II) – Outro que fechou uma filial na cidade do aço foi o grupo Hortifruti, que na noite de ontem, sexta, 16, encerrou as atividades da loja na Vila. Motivo: o espaço era alugado e a CSN pediu o imóvel de volta para expandir as atividades do Sider Shopping. Em tese, os funcionários da Vila irão para a filial do Aterrado.

Abrindo – Por falar em supermercado, o Maxxi (leia-se grupo Carrefour) está pronto para abrir as portas da sua filial em Volta Redonda. Fica ao lado do Spani, na Rodovia dos Metalúrgicos, no espaço que era ocupado pelo Walmart.

Monitores – Conforme contrato nº 048/2021, a secretaria de Saúde de Volta Redonda investiu R$ 340 mil e uns trocados para adquirir monitores da empresa MTB Tecnologia para atender o Hospital do Retiro.

Camas (I) – Investiu ainda R$ 79 mil para comprar camas da Medi-Saúde que serão (ou já foram) entregues no Hospital do Retiro.

Camas (II) – O número de camas foi reforçado quando a pasta adquiriu mais R$ 207 mil da R.C. Móveis com a mesma finalidade: atender o Hospital do Retiro.

Catarata (I) – O ‘Volta Redonda em Destaque’ deveria ser lido por todos. Em uma das suas últimas edições, o jornal mostra que o Palácio 17 de Julho vai desembolsar a bagatela de R$ 4.032.007,60 (quatro milhões, trinta e dois mil e sete reais e sessenta centavos) com a realização das cerca de 4,5 mil cirurgias de cataratas, iniciadas há duas semanas. O contrato foi firmado com o Instituto de Olhos Parolin, que assumiu a responsabilidade de prestar serviços técnico-profissionais especializados em Oftalmologia com capacidade de deslocar equipamentos e profissionais especializados para prestar atendimento de Consultas, Exames e Cirurgias de Catarata em Volta Redonda, além de capacidade logística de apresentar estrutura física em espaço hospitalar e ambulatorial onde os procedimentos oftalmológicos serão realizados, aos usuários do SUS” pelo prazo de 12 meses a contar de 25 de junho de 2021.

Catarata (II) – O Instituto de Olhos Parolin também vai receber mais R$ 1.074.199,52 (um milhão e setenta e quatro mil e cento e noventa e nove reais e cinquenta e dois centavos) para prestar serviços técnico-profissionais especializados em Oftalmologia com capacidade de deslocar equipamentos e profissionais especializados para prestar atendimento de Consultas, Exames e Cirurgias de Catarata no município de Volta Redonda, além de capacidade logística de apresentar estrutura física em unidade móvel com licença para funcionamento onde os procedimentos oftalmológicos serão realizados, aos usuários do SUS (Sistema único de Saúde) pelo prazo de 120 dias.

Limpeza (I) – Mais uma joia do ‘VR em Destaque’: a empresa que vai cuidar da limpeza das 24 escolas municipais de Volta Redonda pelos próximos 12 meses, a contar de 1 de julho, é de Angra dos Reis. É a TR2 Prestadora de Serviços, uma microempresa com sede em uma sala (nº 202) da Rua da Conceição, 220, centro de Angra dos Reis. Ah, a empresa também vai ter que cuidar da limpeza da sede administrativa da secretaria de Educação. Ainda bem, né?

Limpeza (II) – A TR2, de Angra dos Reis, também vai ficar responsável por manter nos trinques a sede da EPD-VR pelos próximos 12 meses. Valor mensal do serviço: R$ 3.094,18 (três mil e noventa e quatro reais e dezoito centavos).

Motos – Dentro em breve os Guardas Municipais de Volta Redonda circularão pelas ruas da cidade do aço em novas e potentes motos que a corporação vai receber, fruto de uma compra de R$ 229 mil que a GM fez junto à Mobisig Indústria e Comércio.

Papagaios – Estava previsto para quinta, 15, a realização de um pregão eletrônico (nº 055/2021), onde a secretaria de saúde de Volta Redonda pretendia adquirir, pelo menor preço, equipamentos mobiliários para atender aos novos “30 leitos do Hospital do Retiro, tanto de UTI quanto de UCI”. Entre os itens, estavam papagaios, comadres, camas, poltrona reclinável, entre outros. Fica a pergunta: como os pacientes estavam fazendo as suas necessidades até então?

Nome (I) – Graças à Lei Nº 5.805, a rua projetada com acesso pela Avenida Bahia na ocupação D. Waldyr Calheiros ganhou o nome de Marielle Franco, vereadora carioca assassinada em 2018.

Nome (II) – Já pela Lei Nº 5.806, a rua projetada com acesso pela Avenida dos Mineiros na mesma ocupação, ganhou o nome de Jefersson Moreira de Laia.

Da série “perguntar não ofende”… – Será que os dois, ou pelo menos um deles, chegou a conhecer Volta Redonda?
Sugestão – Aliás, fica a sugestão: que a prefeitura de Volta Redonda passe a identificar quem é quem nas placas das ruas para que no futuro a população saiba quem foram os homenageados e o que fizeram pela cidade do aço. Pode até ser difícil pelo tamanho da placa, mas não é impossível, né?
Nomeada – Rosa Maria Lajes Dias foi nomeada, a contar de 12 de julho, subsecretária da Saúde em Volta Redonda.

Rua 33 – A empresa responsável pelas obras de reforma e revitalização da Rua 33, onde o metro quadrado é o mais caro de Volta Redonda, é a Irmãos Vasconcelos. Valor apresentado pela EPP (Empresa de Pequeno Porte): R$ 3.388.297,75 (Três milhões, trezentos e oitenta e oito mil, duzentos e noventa e sete reais e setenta e cinco centavos). Nada mal, né?

Brinquedos – Além de não terem muito onde brincar, já que as praças públicas não oferecem tantos espaços, as crianças de Volta Redonda ainda têm que enfrentar a falta de manutenção dos brinquedos, como mostra o escorregador da praça do Jardim Normândia.

Investigação – O governo Neto nomeou uma comissão para apurar se houve irregularidades e danos aos cofres públicos no contrato entre a prefeitura e a Organização Social Mahatma Gandhi, que geriu o Hospital do Retiro durante o governo Samuca. A comissão tem 60 dias para apresentar um relatório final sobre o caso.

Briga – Representantes da ‘República de Piraí’ na secretaria de Saúde de Volta Redonda não estão agradando aos servidores da pasta, principalmente os concursados. A situação está prestes a chegar às vias de fato. Motivo: o Fundo Municipal de Saúde.

Horário – O novo decreto assinado por Neto, de número 16.742, oficializou o que o aQui já havia noticiado: o horário dos bares e restaurantes foi ampliado para até 1 hora. Como o prefeito diz que os estabelecimentos só podem vender bebidas alcoólicas até meia-noite, fica a pergunta: quem vai fiscalizar?

Da série “perguntar…” – Por que o novo decreto contra a Covid-19 proíbe o funcionamento de circos itinerantes na cidade, mas permite parques de diversão, como o que funciona no Shopping Park Sul? O parquinho também não é itinerante?

Vaga – O presidente da Associação de Moradores da São Geraldo, Fábio Sérgio, foi exonerado da secretaria de Saúde, onde atuava como chefe do posto de saúde do bairro. Ele teria sido demitido a pedido de um parlamentar… Detalhe: já há um abaixo-assinado com mais de 300 assinaturas pedindo o seu retorno.

Camarão – O prefeito Neto não anda frequentando o Clube Comercial, como fazia há anos. Agora, nos dias de folga, busca refúgio no sítio do vereador Neném, no Roma, onde recebe aliados e outros parlamentares. Há vereador que leva, todo final de semana, camarão para agradar ao chefe do Executivo. Antes devia levar jabuticabas.

Nomeação – O prefeito Neto nomeou uma nova subsecretária de Saúde: a enfermeira Rosa Maria Lages Dias, que já atuou no Fundo Municipal de Saúde e no Hospital São João Batista. Ela assume a vaga que estava vazia desde a saída de Maria Lucia Horta Jardim, esposa do ex-governador Pezão. Detalhe: Rosa não faz parte do grupo de Conceição Souza, importada da pequena Piraí.

Zona Sul – Em entrevista a Dário de Paula na manhã de quinta, 15, o prefeito Neto anunciou que estaria conversando com o presidente do supermercado Zona Sul, um dos mais fortes na capital. “Eu estive conversando com o presidente da rede Zona Sul e ele tem um carinho muito grande por Volta Redonda. Disse que gostaria de investir aqui”, afirmou, sem dizer o nome do empresário com quem se reuniu.

Magalu – Neto também contou que, em conversa com a gerente da loja do Magazine Luiza (Janaína Araújo), inaugurada recentemente na Amaral Peixoto, ouviu dela que das 12 lojas que entraram em operação na região, a de Volta Redonda “é, disparada, a melhor”. Tem mais. É a melhor em faturamento”.

Cargo – Após assumir o cargo de assessor especial de Neto, o empresário Rogério Loureiro se manifestou em um grupo de WhatsApp composto por pessoas que atuaram no governo Samuca. Foi curto e grosso e deixou o grupo. “Boa noite a todos, quero agradecer o carinho e o respeito de vcs, estou assumindo novo compromisso e não me sinto confortável em ficar no grupo! Forte abraço!”, postou.

Denúncia – Moradores da Colina estão prestes a ir ao MP para fazer uma denúncia: querem o fim da baderna na pracinha do bairro. Reclamam, entre outros, da disposição das mesas dos bares e dos carros de som.

Cadeira – O vereador Jari (PSB) pode ser chamado a ocupar uma cadeira de deputado estadual. É que o primeiro suplente do partido, Rubens Bomtempo, tenta assumir a prefeitura de Petrópolis em uma ação que corre no TSE. Se for bem sucedido, deixa a Alerj. O titular da vaga é Renan Ferreirinha, hoje secretário de Educação do Rio de Janeiro. Importante: se for chamado, Jari só assume como deputado estadual se não precisar se afastar em definitivo do cargo de vereador. É que, se Renan resolver voltar para a Alerj, Jari pode ficar sem ser parlamentar no Rio e em Volta Redonda.

Mestrado – O UniFOA abriu as inscrições para os Programas de Mestrados da instituição: Mestrado Profissional em Ensino em Ciências da Saúde e do Meio Ambiente (até 25/07) e Mestrado Profissional em Materiais (até 28/08). Mais informações pelo WhatsApp (24) 3340-8445, pelo telefone (24) 3340-8388 ou [email protected]

Deixe uma resposta