Grampos

Cadeira – Victória Steinbruch assumiu uma das sete vagas do Conselho de Administração da CSN Mineração. A indicação foi de seu pai, Benjamin Steinbruch. Victória é assessora do pai desde 2020.

Resultados (I) – Na quarta, 24, a CSN divulgou os resultados financeiros do quarto trimestre de 2020 e surpreendeu. Obteve um lucro líquido de R$ 3,9 bilhões, muito acima do R$ 1,1 bilhão apurado no quarto trimestre de 2019. Aliás, a alta foi de 70,9% em comparação ao mesmo período de 2019.

Resultados (II) – A CSN Mineração acompanhou o bom desempenho da CSN no quarto trimestre, e alcançou um lucro líquido de R$ 1,341 bilhão, representando um crescimento de 88,5%. No acumulado do ano, a Mineração lucrou R$ 4.030 bilhões, indicando um avanço de 10% ante o ano anterior.

Resultados (III) – O bom desempenho da CSN Mineração se deu, segundo a empresa, à forte recuperação do mercado chinês no último trimestre de 2020. Esse resultado acelerou a demanda por minério de ferro, fazendo com que os preços se elevassem e o resultado financeiro fosse bom.

Resultados (IV) – Vale lembrar que a mineração hoje é a menina dos olhos do Grupo CSN. A empresa realizou uma oferta pública de ações (IPO) na bolsa de valores e deu certo. O ativo embolsou cerca de R$ 2,8 bilhões, o que vai ajudar a empresa a cumprir com sua meta de endividamento.

Resultados (V) – As vendas de aço subiram 10% na comparação anual, alcançando o volume de 1,229 milhão de toneladas. Já as vendas do minério de ferro, o atual queridinho da CSN, somaram 8,638 milhão de toneladas. A produção de aço chegou a 898 mil toneladas no quarto trimestre de 2020 e a de minério de ferro, 7,8 milhões.

Resultados (VI) – O banco suíço Credit Suisse elevou o preço-alvo da CSN de R$ 51,50 para R$ 53,00, e a recomendação de “compra” (de ações) foi reiterada.

IPTU 2020 – Termina amanhã, domingo, 28, o prazo para o pagamento do IPTU 2020 de Volta Redonda, com 7% de desconto, sem multa e sem acréscimo. Para imprimir a guia de pagamento é só clicar no banner ‘IPTU 2020’, disponível no site www.voltare
donda.rj.gov.br, e informar o número da inscrição imobiliária do imóvel. O pagamento pode ser feito nos bancos Itaú, Caixa Econômica, Bradesco, BB (pelo autoatendimento) ou nas casas lotéricas.

IPTU 2021 – Já o pagamento do IPTU 2021, com desconto de 18% para quem liquidar a fatura em cota única, vence no próximo dia 10 de março. Depois desta data, o desconto para pagamento à vista cai para 10% – vencendo em 31 de março. O contribuinte também poderá optar pelo pagamento integral, sem desconto, em seis parcelas, com a primeira vencendo 31 de março. As demais vencem em 30 de abril, 31 de maio, 30 de junho, 30 de julho e 31 de agosto.

Cortando na pele – Pela portaria 172/2021, o engenheiro Paulo Cesar, o PC, cortou uma série de direitos que os funcionários do Saae-VR tinham até a entrada em vigor do Decreto nº 16.531, de 13 de janeiro de 2021, assinado pelo prefeito Neto, considerando estado de calamidade pública no âmbito da administração fiscal e financeira do município de Volta Redonda. Entre as medidas suspensas estão: a venda do abono pecuniário referente a 10 (dez) dias de férias; o adiantamento das férias; a gratificação de substituição de servidores em férias ou afastados temporariamente, por qualquer motivo; a venda de 1/3 (um terço) da licença-prêmio e licença-jubileu; e ainda o adiantamento da primeira parcela do 13º salário de 2021. A choradeira pode ser ouvida no Palácio 17 de Julho.

Boate – O balanço da atuação da força-tarefa da prefeitura de Volta Redonda durante o Carnaval foi marcado pela interdição da Igreja Assembleia de Deus, no Laranjal. Mas chamou atenção que, entre a noite de sábado (20) e a manhã de domingo (21), outra boate foi interditada, a Black Jack; o Auê já tinha sido interditado, e um suspeito de organizar festas clandestinas foi levado para a delegacia, entre outros casos.

Sítio – Na manhã de domingo, 21, a Guarda Municipal foi até um sítio na estrada da Fundação Beatriz Gama e acabou com uma ‘festa de música eletrônica’ que acontecia no local. São abusados, não é? Pior é quem vai aos eventos clandestinos sabendo que está colocando a vida em risco, e a de seus parentes e amigos também.

Prisão – Sinal dos tempos: um homem, não identificado, foi preso por agentes da Guarda Municipal de Volta Redonda na tarde de sábado, 20, depois de ter assaltado uma mulher na Avenida Carlos Chagas, no São Lucas. Com o suspeito, os GMs encontraram uma carteira com documentos e dinheiro, além de um celular, um cordão e uma aliança. O espertalhão preso era de São Gonçalo, na Baixada. Pelo visto, queria ‘brincar o carnaval’ na cidade do aço.

Lata velha – Por falar na GM, a corporação mantém uma operação contínua de recolhimento de veículos abandonados nas ruas do município. Até o dia 17 de fevereiro, por exemplo, 77 veículos tinham sido recolhidos, sendo que 73 foram regularizados pelos seus donos. Os demais foram para o depósito municipal.

Marcando espaço – Para estar mais perto dos eleitores de Volta Redonda e cidades vizinhas, a deputada estadual Célia Jordão (Patriota) instalou um escritório na Rua Norival de Freitas, 18, no Aterrado. Vale lembrar que ela é de Angra dos Reis, e é mulher do prefeito Fernando Jordão.

Marcando presença – O evento político contou com a presença, entre outros, de Neném, presidente da Câmara de Volta Redonda, Bruno Oliveira (vereador de Barra Mansa), e Granato e Carlinhos Santana, ex-vereadores por Volta Redonda, que estavam sumidos do mapa depois de terem naufragado nas eleições de 2020.

Máscaras – Em entrevista na manhã de quinta, 25, durante programa Dário de Paula, Neto anunciou que a partir de ontem, sexta, 26, a Guarda Municipal iria agir nas ruas… distribuindo máscaras. “A Guarda vai a todo vapor para as ruas para distribuir máscaras. Não vai deixar ninguém andar sem máscara nas ruas de Volta Redonda”, prometeu. Só não disse o que vai fazer quando encontrar os ‘sem máscaras’.

Nomeado – Com data retroativa a 1 de janeiro, o prefeito Neto nomeou Carlos Alberto Moutinho Saldanha de Vasconcelos como subsecretário de Saúde de Volta Redonda. O que nos obriga a perguntar: o cargo não era de Maria Lúcia Cautiero Horta Jardim, a mulher de Pezão, que já tinha sido nomeada, conforme consta do Decreto Municipal n° 16.549, de 25 de janeiro de 2021? Ou a cidade pode ter vários subsecretários em uma mesma pasta???
Nomeada – Aliás, a mulher de Pezão, conforme consta do órgão oficial de Volta Redonda, ganhou uma nova função, além de subsecretária: vai responder pelo Departamento do Fundo Municipal de Saúde, com data retroativa a 4 de janeiro.

A conferir – A Justiça Eleitoral está investigando os candidatos que obtiveram pouquíssimos votos nas eleições para a Câmara de Volta Redonda, principalmente as mulheres do PSL, legenda comandada pelo deputado federal Antônio Furtado. Segundo uma fonte, os partidos e os candidatos estão sendo notificados a prestarem informações. A notícia vai deixar muita gente com diarreia.

Covid-19 (I) – Na segunda, 22, a prefeitura de Volta Redonda recebeu “mais 300 doses da Coronavac” para a aplicação em idosos de 89 anos completos. Não é nada, não é nada, não é nada mesmo. Barra do Piraí, por exemplo, recebeu mais de 1.000 doses. No mesmo dia, Pinheiral recebeu 310 doses, e Resende recebeu 1.490 doses. Foi o bastante para os internautas detonarem a gestão de Conceição Souza, secretária de Saúde. Quem bateu doído foi o vereador Renan Cury.

Covid-19 (II) – Ao falar sobre a vacinação em sua página do Facebook, Renan foi questionado pelos seguidores a respeito do cadastramento inútil dos idosos, feito pela secretaria de Saúde. “Não era pra ter aberto. Foi um erro da secretaria de Saúde”, avaliou o parlamentar. “Um baita erro”, disparou para outro seguidor.
Covid-19 (III) – Sorte de Conceição, por enquanto, é que a cidade recebeu mais 3 mil doses e tratou logo de espalhar que Volta Redonda é até agora o município que mais pessoas já vacinou contra a Covid-19 em toda a região. Teria aplicado 9.026 doses até quinta, 25, incluindo a vacinação de janeiro.

Covid-19 (IV) – Com as 3 mil doses que chegaram, a prefeitura começou a vacinar os idosos de 84 a 87 anos. Os acima de 88 anos continuam sendo vacinados. Além deles, também serão contemplados os profissionais de Saúde que atuam em hospitais de Volta Redonda.

Vacina (I) – Nem tudo está perdido. Os idosos acima de 60 anos internados nas instituições de longa permanência foram os primeiros a completar o ciclo de imunização contra a Covid-19. Segundo a secretaria de Saúde de Volta Redonda, todos já receberam a segunda dose da Coronavac. Os cuidadores também foram vacinados.

Vacina (II) – Os 20 idosos do Asilo Dom Bosco, mantido pela AAP-VR, receberam a primeira dose no dia 20 de janeiro e a segunda, no dia 9 de fevereiro. Já os idosos do Lar dos Velhinhos receberam a segunda dose da vacina no dia 11 de fevereiro.

Liberada (I) – Por unanimidade, o Supremo Tribunal Federal referendou decisão liminar do ministro Ricardo Lewandowski que autorizou os estados, os municípios e o Distrito Federal a importar e distribuir vacinas contra a Covid-19 registradas por pelo menos uma autoridade sanitária estrangeira e liberadas para distribuição comercial nos respectivos países, caso a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) não observe o prazo de 72 horas para a expedição da autorização.

Liberada (II) – A decisão prevê também que, caso a agência não cumpra o Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação contra a Covid-19 apresentado pela União, ou que este não forneça cobertura imunológica a tempo e em quantidades suficientes, os entes da federação poderão imunizar a população com as vacinas de que dispuserem, previamente aprovadas pela Anvisa.

Dúvida – Procurado na manhã de ontem, sexta, 26, para dizer se vai aproveitar a brecha criada pelo STF para comprar vacinas contra a Covid-19, o prefeito Neto, segundo sua assessoria, ainda vai estudar a possibilidade. “Assim que toda burocracia estiver resolvida, Volta Redonda terá todo interesse em adiantar a vacinação”, disse, dando a entender que se as regras forem claras, a cidade poderá adquirir vacinas extras para a população.

Pedágio – A partir da zero hora deste sábado, 27, passam a vigorar as novas tarifas de pedágio da Via Dutra. A tarifa para carros de passeio será alterada de R$ 15,20 para R$ 14,20, nas praças de pedágio de Moreira César, Itatiaia e Viúva Graça; de R$ 3,70 para R$ 3,50 nas praças de pedágio de Arujá, Guararema Norte e Guararema Sul; e de R$ 6,70 para R$ 6,20 na praça de pedágio de Jacareí. Ajuda?

CCs – Leitora enviando e-mail para a redação para protestar contra o que ela entende ser uma omissão dos jornais. “Ninguém fala mais nada sobre o pagamento dos cargos comissionados, dispensados no dia 1 de janeiro, dando a impressão de que está tudo bem”, escreveu, referindo-se ao CCs do governo passado e que foram dispensados pelo governo Neto. “Como um deles, digo que temos a receber desde o mês de novembro”, completou. “Da forma que a mídia replica a notícia dá a entender que o atual prefeito resolveu parte do problema, não é verdade. Embora cargo comissionado, trabalhei, assim como muitos outros. Situação injusta e desleal. Precisamos da imprensa para apertar o cerco”, finalizou. E aí, Neto, o que tem a dizer?

Inativos – No final da tarde de ontem, sexta, 26, Erick Higino, secretário de Fazenda, confirmou a liberação do pagamento dos benefícios de fevereiro a todos os inativos da prefeitura de Volta Redonda. A ordem de pagamento foi enviada aos bancos e o dinheiro deverá ser liberado a partir de segunda, 2.

IPTU – Também ontem, segundo Higino, a prefeitura passou a atender quem tem pendências de IPTU e dívida ativa a partir das 9 horas, aumentando o horário de expediente em mais duas horas por dia.

Maldade (I) – Durante entrevista com o radialista-vereador Betinho Albertassi, o prefeito Neto tomou ciência de um caso inusitado. Uma ouvinte teria ligado para o programa para denunciar a falta de médicos no Hospital do Retiro. Para repercutir a denúncia, Betinho ligou para Márcia Cury, diretora da unidade, e esta teria mandado buscar a paciente na casa dela para que visse que não havia falta de médicos. Segundo Betinho, o problema poderia estar com as atendentes dando informação errada a quem liga procurando atendimento. “Com certeza existe essa possibilidade”, comentou Neto.

Maldade (II) – Segundo Neto, o final de semana (dias 20 e 21) teria sido muito ruim. “Muito ruim com a falta de médicos”, justificou. “Sábado, eu acompanhei de perto. O Hospital São João Batista não tinha (médico). Nós vamos consertar”, prometeu. “Não queremos mais que faltem médicos para a população de Volta Redonda!”, acrescentou.

Maldade (III) – Não foi só o Fato Popular que ouviu reclamações pela falta de médicos. O aQui também recebeu. Veja o comentário enviado ao jornal por uma grávida, que procurou atendimento no Hospital São João Batista na noite de domingo, 21: “Gente… Que caos, não tem médico”, escreveu.

Reação – Ainda sobre Saúde, Neto garantiu a Betinho Albertassi que a falta de médicos nos postinhos e nos próprios hospitais da rede vai acabar. “Estamos tomando as providências. Pagamos os salários de janeiro para os médicos, para todos eles, para não faltarem mais…”, comentou. Ou seja, os salários estão em dia… “Nós vamos discutir essa situação, pois quem quer fazer um governo para os mais necessitados não pode deixar faltar médicos”, disparou Neto, anunciando que espera, a partir da próxima semana, que muita coisa mude na Saúde de Volta Redonda. “Não vai mais faltar médicos a partir do mês que vem!”, crê.

Internado – Munir Francisco, secretário de Ação Social da prefeitura de Volta Redonda e irmão do prefeito Neto, foi internado em um hospital da cidade por ter contraído a Covid-19.
Ontem, sexta, 26, segundo informações do Palácio 17 de Julho, Munir estava bem e a previsão é que ele possa deixar o hospital ainda neste sábado.

Deixe uma resposta