Grampo Barra Mansa

No pátio – A manhã de sábado, 10, foi de visita. Ao lado do secretário de Saúde, Sérgio Gomes, o prefeito Rodrigo Drable esteve vistoriando as obras do Pátio de Manobras. Ficou superanimado. “Quando o estacio-namento de cima vier para baixo, além de nós termos oito vezes mais vagas, teremos a oportunidade de aumentar as calçadas para dar mais conforto e aumentar o movimento do comércio em Barra Mansa. Com isso, a gente gera emprego e a cidade, que vai ter fluidez de trânsito, ficará muito melhor. Será uma cidade muito mais bonita, para a gente se orgulhar”, pontuou. “É a realização de um sonho de 81 anos, que agora se torna realidade. Vários outros estão por vir”, prometeu, indo além. “A gente segue trabalhando, animados com tudo que está acontecendo. Porque o que era sonho, o que era ilusão que muitos venderam, está acontecendo de verdade”, avaliou.

Concurso – A prefeitura de Barra Mansa está convocando 362 aprovados em concursos públicos realizados no ano passado. Inicialmente, serão chamados 137 profissionais das áreas de Saúde, 221 da Educação e quatro procuradores do município. Os convocados deverão comparecer na prefeitura em até 30 dias.

Jogos Olímpicos – A prefeitura de Barra Mansa recebeu na terça, 13, a visita do vice-cônsul geral do Japão no Rio de Janeiro, Takashi Goto. Esteve visitando escolas e falou aos alunos sobre as Olimpíadas e Paralimpíadas de Tóquio e também da cultura do país. O encontro com o prefeito Rodrigo Drable ocorreu na Fazenda da Posse. Foto: Paulo Dimas

Conto de fadas – Para contribuir com a democratização da Cultura e oferecer uma programação de qualidade, a Fundação Cultura Barra Mansa, em parceria com a ArcelorMittal, vai promover amanhã, domingo, 18, o projeto ‘Diversão em Cena’ em formato drive-in, no Parque da Cidade. O evento irá exibir o espetáculo ‘Cinderela – Pocket Show’, escrito por Charles Perrault.
A apresentação poderá ser conferida também pelo Facebook @diversaoemcena. O presidente da Fundação Cultura, Marcelo Bravo, afirmou estar otimista com a realização do projeto. “Nunca houve nada parecido na cidade. Desde o começo da pandemia planejamos uma ação com drive-in e finalmente chegamos a um formato que não afeta o processo de vacinação, garantindo ainda a segurança de todos. A ArcelorMittal é uma grande parceira da cidade, com uma equipe sensível, criativa e muito competente. Somos privilegiados por abrigar essa empresa consciente e comprometida com o desenvolvimento cultural e social”, ressaltou
O projeto ‘Diversão em Cena’ foi criado em 2010 e é considerado o maior programa de formação de público de teatro infantil do Brasil. Com o início da pandemia da Covid-19, o projeto lançou a versão on-line, que oferece ao público uma programação com espetáculos adaptados para a plataforma digital de forma gratuita. As transmissões acontecem também por meio do canal da Fundação ArcelorMittal.

Varejo – Na terça, 20, Barra Mansa vai receber, às 19h30min, a jornada de relacionamento ‘Rio de Mãos Dadas pelo Interior’, promovida pelos sindicatos filiados à Fecomércio RJ. Liderada pelo Sicomércio de Barra Mansa, esta primeira edição no município terá como tema o setor de varejo e irá oferecer palestra e mentorias individualizadas para pequenos e médios empresários. A iniciativa faz parte do projeto ‘Rio de Mãos Dadas’, série de ações que visa incentivar a retomada da confiança da população fluminense e o envolvimento das pessoas em um clima de positividade que permeie este novo ano e ajude a superar o difícil 2020. Para participar, as inscrições podem ser feitas pelo link https://www.rdmdpelointerior.com.br/varejo-barra-mansa.

Ajuda – Para auxiliar os empresários em tempos de pandemia, a prefeitura de Barra Mansa, em parceria com a Caixa Econômica, está oferecendo uma linha de crédito do Pronampe (Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte). O incentivo pode chegar a R$ 150 mil e, para solicitar o financiamento, é necessário que os interessados compareçam à agência de posse da comunicação da Receita Federal recebida em 2021, onde constam seus dados de faturamento de 2019 e 2020, para validação das informações obrigatórias de enquadramento no programa.

Queimadas – A secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável de Barra Mansa está promovendo fiscalizações ambientais por diversos pontos da cidade para combater as queimadas urbanas. Titular da pasta, Vinicius Azevedo ressalta que a população pode ser aliada comunicando as ocorrências. “Caso presenciem queimadas provocadas, comuniquem imediatamente a secretaria de Meio Ambiente, para que as penalidades na forma da lei sejam aplicadas. As comunicações são feitas de forma anônima e segura”, garante. De acordo com a Lei de Crimes Ambientais, 9.605/1998, artigo 54, causar poluição de qualquer natureza em níveis que resultem ou possam resultar em danos à saúde humana, ou que provoquem a mortandade de animais ou a destruição significativa da flora, está sujeito à reclusão, de um a quatro anos, e multa que varia de R$ 5 mil a R$ 50 milhões. As denúncias podem ser feitas pelo telefone (24) 2106-3408 e pela plataforma on-line disponível no site da Prefeitura de Barra Mansa, através do site www.barramansa.rj.gov.br.

Liberdade (I) – Na manhã de segunda, 12, a prefeitura de Barra Mansa realizou a operação “Voo Livre”, para apurar denúncias de aves silvestres mantidas em cativeiro. Durante a ação, a Guarda Ambiental percorreu alguns bairros e apreendeu 51 pássaros criados irregularmente; dentre eles, estão espécies como: coleiro, trinca-ferro, canário-da-terra e tico-tico. “Mesmo não sanando todas as problemáticas relativas aos crimes contra a fauna, ações como essas servem para conscientizar a população da proibição dessas práticas e possibilitam que, eventualmente, essas aves vivam em liberdade novamente, após serem avaliadas e reabilitadas para a soltura”, disse o secretário de Meio Ambiente, Vinicius Azevedo.

Liberdade (II) – Os animais apreendidos são encaminhados para o Centro de Triagem de Animais Silvestres. De acordo com o artigo 29 da Lei Federal 9.605, de 1998, regulamentado pelo artigo 24 do Decreto 6.514, de 2007, manter animais silvestres em cativeiro, sem a devida licença ou autorização do órgão competente, é crime. Se houver resistência por parte do violador em entregar os animais, a multa pode variar de R$ 500 a R$ 5 mil por espécie, e o infrator poderá ainda responder administrativa e criminalmente. As denúncias de crimes ambientais podem ser feitas diretamente com a gerência de Fiscalização Ambiental, pelo telefone (24) 3322-9100, de segunda a sexta, das 8 às 17 horas.

Sangue – O Hemonúcleo de Barra Mansa está convocando a população para que ajude a repor o estoque da unidade, que se encontra bem abaixo do esperado. Detalhe: a unidade precisa de todos os tipos sanguíneos e as doações podem ser feitas de segunda a sexta, das 7 às 11 horas. Para doar, é necessário ter entre 16 e 69 anos. Para o idoso, a primeira doação deve ser feita até 59 anos, 11 meses e 29 dias. Menores de idade só podem doar mediante autorização dos responsáveis. Além disso, deve estar com saúde em dia, pesar no mínimo 50 quilos, e não ter ingerido bebida alcoólica no mínimo 12 horas antes da doação. Caso tenha feito tatuagem, a pessoa deve aguardar 1 ano após a realização.

Deixe uma resposta