Geral

Reuso – O Saae-VR passou a colocar em prática um projeto de soluções sustentáveis, com base em estratégias para o reaproveitamento ou reuso da água. Ela é utilizada como parte do processo de tratamento em uma das suas maiores estações de tratamento de esgoto, a ETE Santa Cruz. E vem sendo usada para a irrigação de áreas verdes, limpeza de equipamentos, molhar as árvores e jardins no entorno da estação, limpar as grades da unidade, a caixa de areia, a calha, molhar o pátio externo, desobstrução de redes coletoras e aguar jardins públicos. A água de reuso vem sendo utilizada para atividades que exigem qualidade de água não potável, mas sanitariamente segura.

Móveis usados – Na terça, 17, a prefeitura de Volta Redonda começou a implantar o projeto “Recuperando a Casa”, que pode gerar uma economia de até R$ 200 mil por ano. A proposta consiste na reforma e reparos de cerca de 35% dos materiais e eletrodomésticos que estão atualmente nos depósitos do governo. Muitos seriam descartados como sucata. A ideia é reparar móveis e eletrodomésticos que estão inutilizados. A equipe responsável pela execução dos trabalhos é composta por marceneiros, eletricistas e refrigeristas. Entre os materiais que serão recolhidos e recuperados estão cadeiras, mesas, ares-condicionados, bebedouros, geladeiras, freezers, ventiladores e microondas.


Atacarejo – Uma boa notícia para os consumidores de Volta Redonda e cidades vizinhas. O grupo BIG inaugurou na manhã de quinta, 19, a primeira loja do Maxxi Atacado no estado do Rio, confirmando assim noticia exclusiva veiculada pelo aQui em uma de suas últimas edições. Localizada nas antigas instalações do Walmart, vizinho do Spani, na Rodovia dos Metalúrgicos, a nova loja emprega cerca de 150 pessoas. Oferece mais de 230 vagas de estacionamento. Detalhe: o Maxxi Atacado trabalha com quase sete mil itens incluindo alimentos, produtos de higiene e limpeza e perecíveis que atendem às necessidades tanto do consumidor quanto dos comerciantes da região.
O Maxxi tem foco em consumidores e comerciantes de todos os tamanhos e segmentos. “O formato atacarejo ganhou bastante força nos últimos tempos e acreditamos no potencial de crescimento desse segmento. A região passa a contar com uma opção que traz como diferencial o sortimento, preço, atendimento, autosserviço e experiência de compra, focando em todos os públicos, desde pequenos a grandes comerciantes e consumidores finais”, explica Beto Alves, diretor-executivo de Atacado do Grupo BIG.
O Big, ex-Walmart Brasil e que foi adquirido pelo grupo Carrefour em março deste ano pelo preço de R$ 7,5 bi, opera hoje com 392 unidades e cerca de 50 mil funcionários em 18 estados brasileiros, além do Distrito Federal. São 7 bandeiras entre hipermercados (BIG e BIG Bompreço), supermercados (Super Bompreço e Nacional), atacado (Maxxi Atacado), clube de compras (Sam’s Club) e lojas de vizinhança (TodoDia), além de postos de combustíveis.

Deixe um comentário