Curtas – 1230

Reciclando
Taí uma lei sustentável que vai agradar em cheio a ambientalistas e consumidores em geral. Já está em vigor a Lei 9.121/20, que regulamenta a venda de produtos eletrônicos que foram reparados, reembalados e realocados no mercado de consumo. De autoria do deputado estadual Marcelo Cabeleireiro (DC), a normativa vai evitar que toneladas de lixo eletrônico sejam descartadas no meio ambiente. A boa notícia é que, por se tratar de produto reparado, o preço tem tudo para ser mais competitivo.
Segundo o texto da lei elaborada por Cabeleireiro, a garantia dos produtos deverá seguir determinações do Código de Defesa do Consumidor, a exemplo do que já ocorre com produtos novos. Neste caso, o fornecedor deverá informar as características e o atual estado do produto. “A embalagem deve destacar quando os produtos foram reembalados (em caso de devolução pelo consumidor), recondicionados (submetido novamente a processo industrial), além de um certificado com descrição do processo ao qual eles foram submetidos. O fornecedor que não fizer isto estará sujeito a multa”, explicou o parlamentar de Barra Mansa.
A lei foi sancionada pelo governador em exercício, Cláudio Castro, e já está valendo.

Albinismo
Outra proposta do deputado estadual Marcelo Cabeleireiro que teve visibilidade nesta última semana foi o Projeto de Lei 3.121/20, que inclui no calendário oficial do estado do Rio a Semana Estadual de Conscientização do Albinismo. Se for sancionado, a data deverá ser lembrada no dia 13 de julho de cada ano, com campanhas publicitárias, seminários, palestras, cursos e até políticas públicas por parte dos gestores municipais. Segundo o deputado, a proposta visa chamar atenção para essa condição genética que afeta uma em cada 17 mil pessoas no mundo.
“A população albina precisa ser lembrada pelo poder público e pela sociedade. Para isso, precisamos entender sobre o tema e os desafios que essas pessoas enfrentam”, destacou. Ainda de acordo com o texto do Projeto de Lei, o albinismo é uma condição genética rara que se caracteriza pela ausência de melanina – responsável pela pigmentação da pele, cabelos, pelos e olhos, funcionando como um agente protetor contra os raios ultravioletas. Com a falta da melanina, o albino se torna vulnerável ao sol e luzes fortes, tornando-se suscetível a deficiências visuais, envelhecimento precoce e até câncer de pele.

Boxes vazios
Termina na próxima quarta, 16, o prazo para que interessados em ocupar um box nos Mercados Populares se inscrevam no site da prefeitura de Volta Redonda. (www.voltaredonda.rj.gov.br). Ao todo, serão sorteados 30 boxes, sendo 22 no Aterrado, 7 na Amaral Peixoto, e um no Retiro. Do total, 10% serão destinados a pessoas com deficiência. O sorteio será no dia 17, a partir das 9 horas, através de uma live que será transmitida pelas redes sociais da prefeitura.
Poderão participar microempreendedores individuais que residem em Volta Redonda há pelo menos 3 anos e que estejam com situação regular cadastral, tributária e fiscal. Os comerciantes informais, que trabalham em casa ou como ambulantes, também poderão se inscrever no processo. Os proponentes interessados não poderão ter vínculo empregatício (público ou privado).

 

Defesa dos animais
O Plano de Proteção e Defesa dos Animais de Volta Redonda, apresentado à população durante audiência pública no início desse mês, via zoom, será enviado para aprovação na Câmara ainda este ano. O documento propõe diretrizes e estabelece ações para implementação de políticas públicas de assistência aos animais, num período de 10 anos (de 2021 a 2030).
Segundo o secretário de Meio Ambiente, Marcus Vinícius, o Marcão, o Plano de Proteção e Defesa dos Animais foi criado de forma democrática entre o poder público municipal, com a participação de sete secretarias, e a sociedade civil, representada por ONGs (Organizações Não-Governamentais) ligadas ao Conselho Municipal de Proteção e Defesa dos Animais, criado em 2017. “O documento consolida e garante a ampliação de todas as melhorias já implementadas durante os últimos quatro de governo”, ressaltou.
Quem quiser conferir o plano na íntegra, inclusive com detalhes sobre as ações já executadas até agora, basta acessar o link https://bit.ly/Plano-Municipal-Proteção-e-Defesa-dos-Animais.

Parque Natural Municipal
A população de Volta Redonda conta com um novo espaço de lazer, totalmente natural, inaugurado pela prefeitura na semana passada. Trata-se do Parque Natural Municipal, localizado às margens da Rodovia dos Metalúrgicos, numa área de 1,2 milhão de m², que une espaços públicos de convivência à Mata Atlântica preservada. O local foi implantado e doado ao município por uma empresa do setor imobiliário como forma de compensação ambiental pela liberação de um novo empreendimento do grupo. O Parque Natural Municipal vai ficar aberto das 8 às 16 horas e será monitorado pela Guarda Ambiental
O espaço de convivência inclui três praças com mesas e bancos, aparelhos de ginástica funcional e parquinho infantil; dois mirantes; anfiteatro; sede administrativa com banheiros e portal de acesso; tudo construído com eucalipto certificado; além de locais reservados para os visitantes plantarem árvores, duas quadras de vôlei e futvôlei, dois lagos e trilhas radicais. O acesso às áreas de convivência é garantido por cerca de cinco quilômetros de vias dentro do parque. O visitante que optar por passar o dia, deve levar seu próprio lanche e água. Também é permitido entrar no parque com bicicletas, porém, a entrada de animais de estimação está proibida.

Startup
Um jovem voltarredondense é o mais novo milionário no mercado de startup de tecnologia. Com apenas 26 anos, Jota Junior acabou de lançar sua segunda empresa, a Alude – especializada em statup de tecnologia voltada para corretores de imóveis. Formado em Ciência da Computação, com passagens pela Universidade de Columbia (NY) e Massachusetts Institute of Technology (MIT), o jovem levantou 3,3 milhões de dólares em investimentos para sua empresa. Atualmente é um dos fundadores da Smartlike, companhia de automação de marketing focada no Instagram.
A Alude é uma empresa de tecnologia que fornece um software capaz de automatizar a burocracia enfrentada pelos corretores imobiliários. Com um processo de locação 100% online, a startup pretende atuar em parceria os profissionais do setor, para que eles possam dar mais segurança e oferecer uma experiência rápida, segura e cômoda para seus clientes. Com os recursos, a startup pretende aprimorar o produto e escalá-lo, aumentando a distribuição para os corretores.

Anedotas
O escritor, ator, poeta, jornalista e compositor com mais de 200 canções, Raphael Bruno, lançou sua 107 obra literária, intitulada ‘e-Anedotas’. O autor, que é natural de Penedo, já vendeu suas obras em diversos países, incluindo França, Alemanha, EUA, Inglaterra, Índia, Japão, Austrália e Espanha. Seu primeiro trabalho literário foi com o livro Músicas e Poesias, em 2016. No ano seguinte, criou seu canal de humor que leva o seu nome aderindo seguidores de todo o país. E não parou mais. Raphael redigiu inúmeras frases de otimismo, crônicas, matérias, poesias e roteiros, além de idealizar diversos personagens. Suas obras são encontradas na Amazon, Perse, Saraiva, Livrorama e Clube dos Autores.

Deixe uma resposta