Cultura digital

Hacktudo’ terá edição on-line e gratuita no Sul Fluminense

Depois de anos fazendo sucesso no Rio de Janeiro, o ‘Hacktudo’, um festival de cultura digital, vai ser realizado fora da capital, com apoio de empresas, como a CSN, e agentes locais. A versão, 100% gratuita e on-line, vai acontecer entre os dias 22 de fevereiro e 6 de março, e a programação prevê múltiplas atividades culturais, práticas e de entretenimento, como hackathons, conferência, arena maker, exposições, entre outras.
“O festival é um grande encontro para ensinar, engajar e integrar pessoas de todas as idades, desde crianças até idosos, sobre as novidades do mundo digital e da tecnologia, incluindo empreendedores, profissionais e executivos do mercado de comunicação, tecnologia e inovação”, explicou Miguel Colker, um dos idealizadores do evento.
Uma das principais atrações do ‘Hacktudo’ é o Hackathon CSN Inova, uma maratona de programação de 36 horas ininterruptas. Estudantes universitários e de ensino técnico terão a oportunidade de desenvolver projetos que ofereçam soluções tecnológicas aplicáveis para um desafio proposto pela CSN Inova.
Os três melhores projetos, selecionados por uma banca avaliadora, serão contemplados com prêmios que somam R$ 35 mil. As inscrições para Hackathon CSN Inova se encerraram na quarta 3, mas podem ser prorrogadas pela produção do festival até quarta, 10. As inscrições para Hackathon CSN Inova foram prorrogadas pela produção do festival até quarta, 10. Mais informações em www.hack tudo.com.br.
Transformador
Segundo Colker, o ambiente tecnológico e o potencial criativo da região levaram a organização do Hacktudo a escolher o Sul Fluminense para abrigar a primeira edição fora do Rio de Janeiro. “Por meio de pesquisas, detectamos na região uma grande capacidade voltada para tecnologia, inovação, sustentabilidade e empreendedorismo. Decidimos então aterrissar no Sul Fluminense trazendo um evento totalmente online, gratuito e com atrações que vão dar visibilidade e desenvolver ainda mais o potencial das cidades”, completou Colker.
OUTRAS ATIVIDADES
HackLAB
Oficinas que prometem deixar o Hacktudo ainda mais divertido. Por meio de parcerias locais, serão oferecidas oficinas de programação de robôs de Lego, fábrica de memes e MINEWORLD:
modelando micromundos em 3D. Diversão garantida para crianças e adolescentes.
HackExpo
Duas incríveis exposições virtuais vão marcar o Hacktudo. Uma do artista recifense Jota Azevedo, que já esteve presente em outras edições do evento, trará muita tecnologia e inovação com o tema “Expo Robô”. Já a outra será uma homenagem ao artista Cafi, falecido em 2019. Nomeada “No Céu da Placa Mãe”, a exposição mostrará todo o processo de transformação da foto analógica para a digital.
HackMaker
Como a cultura Maker veio para ficar, o evento dará a oportunidade para os participantes colocarem a mão na massa e compartilharem experiências. Serão apresentados projetos como Casa Inteligente, Umidificador Automatizado, Batalhas de Robôs e muito mais.
HackDelas – Serão três encontros online voltados especificamente para o público feminino, com o objetivo de introduzir conceitos relacionados à inovação e tecnologia. A iniciativa de empoderamento feminino e igualdade de gênero tem como inspiração o quinto objetivo de Desenvolvimento Sustentável da ONU.
O HACKTUDO edição Sul Fluminense é realizado pela Araucária Agência Cultural e conta com o patrocínio e parcerias de empresas que apostam nas propostas do projeto, entre elas a CSN Inova, ETPC, Fundação CSN, M4U, além do apoio da comunidade Rio Sul Valley e da coprodução da Tr1vor.
Serviço
HACKTUDO Sul Fluminense – Festival de Cultura Digital
Atividades 100% online e gratuitas
Data: 22 de fevereiro a 06 de março.
Acesso irrestrito e gratuito pelo portal: www.hacktudo.br

Deixe uma resposta