Corrente do bem

Para aumentar o estoque de bolsas de sangue no Hemonúcleo de Barra Mansa, uma corrente do bem foi formada, envolvendo o Clube de Antiguidades Automotivas de Volta Redonda (CAAVR), que realizará hoje, sábado, 22, das 9 às 12 horas, no estacionamento frontal da Santa Casa de Misericórdia, uma exposição de carros antigos, visando aumentar os números de doadores, que, por conta da pandemia, teve uma queda de 60%.

.O provedor da Santa Casa de Barra Mansa, Getúlio Pereira, espera que a corrente do bem dê resultados. “Nossa maior preocupação é que a baixa no estoque atrapalhe os procedimentos de urgência e emergência na instituição. Mas acredito que iniciativas como a do CAAVR garantirão bons resultados. Estamos confiantes e contando com a contribuição do maior número de pessoas possível”, disse.

Já o coordenador do Hemonúcleo, Sérgio Mu-rilo Conti, destacou que as pessoas devem ficar tranquilas em relação à doação. “Não coloca-remos a saúde de ninguém em risco, todas as medidas de segurança estão sendo tomadas. Os doadores podem ficar tranquilos. pois em nosso ambiente de trabalho são realizadas constantes higienização e manutenção. Nosso objetivo é ajudar os necessitados e, para isso, não pode-mos colocar em risco as pessoas que querem fazer o bem”, garantiu Sérgio.

Durante o evento, serão expostos cerca de 20 veículos, que fazem parte do acervo do clube. Importante: para doar, é necessário estar alimentado, ter entre 16 e 69 anos e pesar acima de 50 kg. No momento da doação deve ser apresentado um documento oficial com foto. Além disso, os voluntários devem ter dormido pelo menos seis horas antes da coleta. Exercício físico e álcool são proibidos nas 12 horas anteriores. Fumantes devem evitar o cigarro até duas horas antes da doação. É recomendável ainda que o voluntário não tenha feito tatuagem, piercing ou maquiagem definitiva no período de 12 meses.

Deixe uma resposta