Bate bola – Sergio Luiz

Este é o timaço da FEM Campeão do SESI em 1988. A foto pertence ao José Osmar da Vila.

Em pé da esquerda para a direita: Odil, Zé Osmar, Joaquim, Beto, Dóia, Renato, Jacó, Murilo e Natan. Agachados: Geraldo Beleza, Sôsete, Assis, Márcio, Dudi e Fred.

Santa vitória

Como diria Nelson Rodrigues, “toda vitória é santa”, e a do Voltaço sobre o Ypiranga, por 3 a 2, no sábado, 14, em Erexim, não foi diferente. O tricolor de aço quebrou um jejum de 10 jogos sem vitória e beirava o Z4. Pode ser que tenha sido tarde demais para se pensar em subir para a série B, mas devolve ao torcedor a esperança de uma reação e, consequentemente, permanecer na série C, o que já será um grande negócio.
A vitória foi santa, mas não se pode pensar que o pesadelo do rebaixamento já acabou. Não acabou. O Volta Redonda pulou para 6ª posição na tabela, com 18 pontos, cinco atrás do Tombense. Pior: apenas um ponto à frente do Criciúma, que tem 17 pontos. Portanto, não dá para cochilar. Quem viver, verá!

Adversários
O Voltaço, na reta final da fase de classificação, terá três jogos, sendo dois em “casa” (na Ilha do Governador). Amanhã, domingo, 22, pega o São Bento, às 15 horas, no estádio da lusa. No sábado, 28, vai a Santa Catarina para enfrentar o Brusque, líder e já classificado. E no dia 5 de dezembro, joga contra o Londrina, na Ilha do Governado, às 19 horas.

Sonhar
Para os mais otimistas, o Voltaço matematicamente ainda tem chances de se classificar para a próxima fase. Teria que vencer todos os seus jogos e ainda torcer para que Brusque, Londrina, Ypiranga, Ituano e Tombense não vençam seus jogos. Simples assim. Quem acredita?

História
O inesquecível treinador Alfredo Gonzales era mestre em vigiar os jogadores fujões do elenco do Voltaço. Certa vez, ao saber que um deles frequentava a boate No-vacap, em Barra Mansa, resolveu dar uma incerta. Escondeu-se e ficou esperando pelo boêmio. Só que o astuto jogador viu o técnico primeiro e deu a volta para pegar Gonzales pelas costas. Chegou de mansinho e, tocando no ombro do treinador, disse: “Aí o professor, o senhor também é chegado nas primas, né?”. Coitado do treinador, quase morreu de susto ao ser surpreendido. Pois é, foi tosquiar e saiu tosquiado.

Raulino
Quem, assim como eu, esperava que o Voltaço voltasse a atuar no Raulino de Oliveira ainda neste campeonato, pode tirar o cavalinho da chuva. Até agora nenhuma previsão para o início da reforma do estádio. A desmontagem do Hospital de Campanha, inclusive, continua a passos de cágado. Lamentável.

Barra Mansa
O Leão estreou na série B2 empatando com o 7 de Abril, em 1 a 1. A partida foi realizada no CFZ e o time do técnico Valtinho saiu na frente, gol do atacante Vinicius, aos 25 do primeiro tempo. O empate veio aos 13 minutos do segundo tempo, com um gol de Leandrinho. O empate, por ter sido fora de casa, pode ser considerado um bom resultado. O Leão, depois de cinco anos, voltou a jogar na Colônia Santo Antônio, ontem, sexta, 20, feriado, contra o Araruama.

Sub20
Os garotos do Voltaço se classificaram para decidir, contra o Botafogo, o título da Taça Rio, equivalente ao segundo turno do estadual da categoria. Os comandados de Luiz Cláudio eliminaram o Flamengo (a empate em 2 a 2) em jogo disputado no CT Carvalheira. A decisão começa hoje, sábado, 21, às 15 horas, no CEFAT. O segundo jogo será dia 28 no CT Carvalheira. Pena que a maioria dos garotos não seja aproveitada no time profissional..

Deixe uma resposta