‘Terceira dose vem aí’

O vereador Renan Cury (Solidariedade) decidiu acompanhar o início da vacinação dos adolescentes na terça, 24, e foi até a Ilha São João para conferir os trabalhos. Depois, decidiu homenagear, com uma moção de aplausos, os profissionais de Saúde. “Eles não medem esforços e em meio a tantas turbulências nos dão esperança”, reconheceu.
Essa não é a primeira vez que Renan demonstra interesse na imunização da população de Volta Redonda. Em junho, ele enviou um requerimento à prefeitura solicitando agilidade na aplicação da segunda dose da Pfizer em gestantes e puérperas. Na época, a liberação da vacina já tinha sido autorizada pelo Ministério da Saúde, mas Volta Redonda ainda não tinha iniciado, por aguardar as notas técnicas do Estado. “Pedi e fui atendido”, comentou.
Há alguns dias, Renan enviou um novo documento à prefeitura, dessa vez para que a imunização alcançasse os adolescentes com comorbidades. “Fizemos dois pedidos. Um para que o horário de vacinação fosse estendido nas unidades de saúde e outro para que os adolescentes com comorbidades fossem vacinados logo. Fui atendido nos dois”, comemorou.
Agora, o vereador aguarda a resposta à mais nova solicitação feita à secretaria de Saúde: a realização de estudo técnico avaliando a possibilidade da aplicação da terceira dose da vacina no município. “Em breve aplicaremos a terceira dose nos idosos”, disparou.
Segundo Renan, o pedido teve como base o aumento do número de infecções e óbitos em pessoas, especialmente idosas, que receberam as duas primeiras doses da vacina. “(…) à medida em que se produz uma contenção do vírus em suas novas variantes, a terceira dose contribuirá para a proteção da população independente da faixa etária”, acredita o vereador. A solicitação, porém, ainda não foi atendida. A prefeitura aguarda o sinal verde do Estado para o início da aplicação da terceira dose. O sinal e as vacinas, claro.

Deixe uma resposta