quinta-feira, novembro 25, 2021
HomeEditoriasBarra Mansa‘Sem despesas’

‘Sem despesas’

Prefeito espera por geração de renda

O prefeito Rodrigo Drable participou na tarde de ontem, sexta, 19, do encontro promovido pela Assembleia Legislativa para debater a Emenda Constitucional (86/21), que criou o Fundo Soberano – uma poupança com recursos dos excedentes dos royalties, entre outras, para ser usada em momentos de crise, com o limite de 30% do saldo em caixa e ainda para financiar o desenvolvimento do |Estado a médio e longo prazos. E Drable não deixou por menos.
Ao lado do presidente da Alerj, André Ceciliano (PT), Drable disse esperar que a poupança gere renda e não despesas aos municípios. “Vimos, nos últimos anos, os royalties sendo utilizados para investimentos em ações que resultavam um comprometimento da receita nos anos seguintes. Que esse dinheiro (do Fundo Soberano) não faça despesas como no passado, no início dos anos 2000. Fizeram despesas e hoje vemos prédios, delegacias… Tudo caindo aos pedaços”, desabafou.
Ele foi além. “Estamos em um momento da economia em que precisamos tirar proveito para fazer investimentos em infraestrutura e fazer com que o dinheiro gere dinheiro”, destacou. “É sensacional a ideia do deputado André Ceciliano de podermos garantir que esses recursos façam a diferença na transformação das matrizes de investimentos de produção de recursos no interior”, avaliou.
O prefeito de Barra Mansa aproveitou para fazer demandas aos deputados, através do presidente da Alerj. “A CCR Nova Dutra tem fechado acesso a empresas e fazendas; locais que geram renda e que foram fundados antes da criação da rodovia. Além desta questão, temos uma área com mais de 1.000 m² em Barra Mansa para ser utilizada para receber empresas. Temos infraestrutura, mas precisamos do acesso ao terreno”, destacou Rodrigo.

Previous articleGrampos Barra Mansa
Next articlePainel gigante
ARTIGOS RELACIONADOS

‘Deu certo’

Grampos Barra Mansa

‘Perdeu!’

LEIA MAIS

COMENTÁRIOS RECENTES

Seja bem vindo!
Enviar via WhatsApp