quinta-feira, novembro 25, 2021
HomeGERALPainel gigante

Painel gigante

Volta Redonda vai ganhar um dos maiores painéis instagramáveis de arte urbana do interior do estado do Rio, com 120 metros, ao ar livre. Com o tema “A Retomada”, será uma homenagem ao principal gerador de empregos do município: o setor de comércio e serviço, que reagiu durante a pandemia, superando os obstáculos de um dos períodos mais difíceis dos últimos tempos. Também vai mostrar a união dos setores públicos e privados, além do reconhecimento ao apoio da população ao comércio local. O mural será feito pelo artista plástico Marcelo Eco, reconhecido internacionalmente, e será um marco de esperança, trazendo otimismo para os próximos anos. O trabalho de preparação começou na quinta, 18, mas foi prejudicado pela chuva que caiu sobre a cidade do aço durante todo o dia de ontem, sexta, 19.
O cenário para receber essa obra de arte urbana foi o muro do Clube Umuarama, na Vila, por onde passam centenas de pedestres e veículos diariamente. A iniciativa é uma parceria entre a Câmara de Dirigentes Lojistas de Volta Redonda (CDL-VR) e a secretaria de Cultura local. O objetivo é criar os chamados “ambientes instagramáveis”, valorizando a arte urbana, onde moradores e visitantes possam fazer fotos e divulgar a cidade nas redes sociais.
Será a primeira vez que Marcelo Eco fará um trabalho no interior do Rio. Ele já fez diversas exposições pelo Brasil e também em outros países, como Alemanha, Holanda, Argentina, Itália, França, Espanha, Egito, Angola e Tailândia. Entre os trabalhos, destaque para um mural gigante com 20 x 32 metros, Greenpeace, “Salve o Rio Tapajós”, pintado nas Olimpíadas Rio.
Com traços únicos, que o identificam logo que se vê os murais gigantes, com rostos geométricos, faces com queixos pontudos, e imagens bem coloridas, o artista aceitou o convite de criar em Volta Redonda uma proposta diferente, que eternize essa mudança do perfil econômico da cidade, que hoje tem no comércio, de diversos segmentos, o maior potencial de crescimento e desenvolvimento. Também simboliza essa virada da economia, a integração e a união para manter Volta Redonda como a cidade polo do Sul do Estado, referência do setor, e que mais gera emprego e cresce, impulsionada pelo empreendedorismo.
Segundo o presidente da CDL-VR, Gilson de Castro, a ideia de criar o mural partiu de uma proposta do secretário de Cultura, Anderson Souza, que também é um dos artistas plásticos mais renomados da região. “Quando o Anderson nos trouxe essa ideia de criar ambientes que virem cenários para fotografar, divulgando a cidade, unimos nossa vontade de homenagear o comércio, com algo que marcasse essa força de um povo trabalhador, simbolizando tanto quem investe, os empresários, quanto quem trabalha, e, claro, os consumidores. Queremos mostrar essa rede que ajuda a movimentar a economia, a manter os empregos, criar renda, principalmente depois desse período difícil, vivido durante a pandemia, por todos nós. Será um grande presente para Volta Redonda”, comentou.
Para o prefeito Neto, o mural em homenagem ao comércio, faz parte de um projeto maior, que é o de resgatar a autoestima da população, valorizando quem mora e trabalha no município e dar ainda mais visibilidade à cidade. “Queremos deixá-la mais bonita, mais moderna e atraente para visitantes, que ajudam a movimentar também a economia da cidade. E fazer isso com uma obra de arte urbana, acessível a todos, registrando esse reconhecimento a quem emprega e gera renda, é um passo importante nessa nova Volta Redonda que estamos construindo”, acrescentou.
Para Anderson Souza, secretário de Cultura, o painel, além de atrair pessoas para fotografar e divulgar a cidade, cria um legado para Volta Redonda, deixando-a mais moderna, entrando num circuito cultural, que vem crescendo nos últimos anos, com a influência cada vez maior das redes sociais, que servem de canais de divulgação. “O Marcelo Eco é um artista conhecido mundialmente, e quem curte arte já identifica as obras dele logo que vê. Saber que tem um painel gigante na nossa cidade, feito por um artista plástico tão importante, renomado, com certeza, vai incentivar o turismo, e mais pessoas vindo a Volta Redonda é sinônimo também de maior movimento nos diversos setores da economia”, comentou.

Previous article‘Sem despesas’
Next articleCom Covid-19
ARTIGOS RELACIONADOS

LEIA MAIS

COMENTÁRIOS RECENTES

Seja bem vindo!
Enviar via WhatsApp