Octogenária

80 anos serão comemorados de forma virtual

Há 80 anos nascia, numa reunião liderada por Getúlio Vargas, a Companhia Siderúrgica Nacional. Marco da industrialização no Brasil, a história da maior siderúrgica da América Latina ainda se confunde com a da construção de Volta Redonda. Imponente, a CSN acumulou ao longo de oito décadas uma relação de amor e ódio com a cidade do aço, embates com o Sindicato dos Metalúrgicos, prejuízos e lucros, muitos lucros. A CSN, pasmem, chegou aos 80 anos com uma performance de dar inveja às mais novinhas: em plena pandemia, conseguiu ser uma das empresas mais lucrativas em 2020, e em 2021 já acumula ganhos respeitáveis para uma oitentona.
A comemoração dos 80 anos, porém, não terá festas e nem aglomerações. A empresa vai festejar suas oito décadas de maneira virtual e sanitariamente segura. Não haverá churrascos, coletivas à imprensa, distribuição de bottons, latinhas ou canetas. Não terá homenagens aos funcionários com 20, 25 ou 30 anos de casa, muito menos bolo de aniversário. Bem adaptada à pandemia, o ‘parabéns’ será em uma live com transmissão para ‘convidados’. Como se não bastasse, a siderúrgica vai aproveitar a programação virtual para comemorar também os 60 anos da Fundação CSN – marcados para 20 de abril.
Com o tema ‘Semana CSN’, as homenagens começaram ontem, 9 de abril, e vão se estender até a próxima terça, 13, com uma programação que conta com lives, debates sobre temas relevantes para a Cultura e a Educação e ainda a apresentação dos Tambores de Aço da Fundação CSN. “A apresentação foi gravada previamente, seguindo todos os protocolos de segurança contra a Covid-19”, avisou a empresa. No espetáculo, 18 músicos bolsistas do projeto Garoto Cidadão farão apresentações com samba de raiz, músicas caribenhas e até sucessos de Michael Jackson.
As comemorações pelos 80 anos da CSN e os 60 anos da Fundação CSN seguem com uma exposição intitulada Memória-História-Futuro, com projeções de fotos do fotógrafo de J.R. Duran feitas no interior da UPV. Além delas, haverá ainda uma seleção de imagens históricas da empresa pertencentes ao Centro de Documentação da CSN (Cedoc), reunidas em uma mostra no Centro Cultural Fundação CSN.
As imagens do Cedoc-CSN narram a linha do tempo desde a construção da Companhia, fazendo uma reflexão sobre a formação de Volta Redonda e os primeiros trabalhadores da UPV, até a privatização. Quanto às lives, a FCSN convidou o gestor da Escola Técnica Pandiá Calógeras, Bruno Marcato, para falar sobre Educação Pensada para o Futuro e bater um papo com professores e alunos da ETPC acerca da influência da educação em suas jornadas de vida. Outra live aguardada é a que marca o lançamento do livro em comemoração aos 20 anos do Projeto Garoto Cidadão – também comemorado em abril –, com a participação de ex-alunos do projeto. As lives serão transmitidas no canal da Fundação CSN no Youtube.

Trajetória
Enquanto a Fundação CSN prepara uma programação virtual para estudantes da ETPC e integrantes dos projetos sociais da empresa, os executivos da CSN comemoram, em São Paulo, a retomada do crescimento da siderúrgica no mercado. A CSN, para quem não sabe, foi uma das empresas com melhor desempenho na bolsa de valores em 2020. As ações da octogenária bateram em empresas muito mais novas e modernas, inclusive empresas concorrentes, e atingiram ganhos superiores a 110%. Em 2021, a siderúrgica já registrou outro feito: abriu o capital da CSN Mineração, conseguiu levantar mais de R$ 5,2 bilhões com a oferta de ações e registrou alta dos papéis de quase 10% só na estreia.
A CSN deve anunciar, até o início de maio, o balanço financeiro obtido no primeiro trimestre de 2021 (janeiro, fevereiro e março). Se as projeções acompanharem o último trimestre de 2020, a empresa poderá acumular novo crescimento, com resultados positivos em termos de lucro líquido e Ebitda. O que vale ressaltar aqui é que a CSN tem se mantido no azul mesmo durante a pandemia. Ela disparou nas vendas do e-commerce, e foi beneficiada pela alta do dólar, o que acabou impulsionando para cima as exportações, impactando de forma positiva nos resultados da CSN.
Programação on-line
Exposição Memória-História-Futuro
Data: 13/04 às 14 horas
Disponível: no site do Centro Cultural Fundação CSN<https://centroculturalfcsn.org.br/centro-cultural-por-todas-nos/>

#FundaçãoCSNFaz60: Lançamento do livro “Garoto Cidadão 20 anos de muitas histórias”
Data: 13/04 às 19 horas
Disponível: Canal do Youtube<https://www.youtube.com/c/CentroCulturalFunda%C3%A7%C3%A3oCSN/> Centro Cultural Fundação CSN

#FundaçãoCSNFaz60: Educação pensada para o futuro
Data: 13/04 às 18 horas
Transmissão ao vivo: Canal do Youtube<https://www.youtube.com/c/CentroCulturalFunda%C3%A7%C3%A3oCSN/> Centro Cultural Fundação CSN

Deixe uma resposta