Grampos Barra Mansa

Ponte do Fórum – A secretaria estadual de Infraestrutura e Obras publicou na segunda, 13, o edital de obras para a construção de uma nova ponte de acesso ao Fórum de Barra Mansa. O investimento será da ordem de R$ 4,8 milhões e prevê a substituição da Ponte Vereadora Ruth Coutinho, parcialmente interditada em função de danos estruturais sofridos por conta das chuvas que ocorreram em Barra Mansa. “Esta ponte serve de acesso principal a importantes espaços e prédios de uso público, e, por isso, temos pressa em resolver uma demanda antiga dos moradores da cidade”, explicou o secretário da Pasta, Max Lemos. Com previsão de início para o próximo mês de novembro, as obras devem ser concluídas em 18 meses.

Compras – Apesar da Covid-19, a secretaria de Desenvolvimento Econômico, Tecnologia e Inovação de Barra Mansa manteve a realização do ‘Domingo de Compras’ na Avenida Joaquim Leite, no Centro. E garante que fez o maior sucesso, já que a atração contou com uma exposição de carros antigos, apresentação da Banda Sinfônica de Barra Mansa, feira de artesanato, estandes de secretarias municipais, torneio de basquete 3×3, food trucks com comidas mexicana e de boteco, e muito chopp artesanal. Como mostra a foto, a pasta apostou todas as suas fichas que as aglomerações geradas não vão provocar um aumento dos casos de Covid-19 em Barra Mansa. Que assim seja…

Força-tarefa – O coordenador de Água e Esgoto do Saae-BM, César Carvalho, lembra que a instituição está preocupada em garantir o uso racional de água e pode até criar um sistema de racionamento diante das necessidades da população. “Em Barra Mansa existem inúmeros imóveis que não dispõem de caixa d’água, com ligação direta às redes de abastecimento de água do Saae. Com as chances reais do abastecimento ocorrer uma vez ao dia, e em casos mais extremos, de haver rodízio no sistema de abastecimento, quem não tiver caixa d’água em seu imóvel terá o fornecimento comprometido. Vale lembrar que atualmente o fornecimento de água acontece quase 24 horas e, com a crise hídrica, esse procedimento não será mais possível”, explicou.

Hospital – Na segunda, 13, tendo ao lado o secretário de saúde, Sérgio Gomes, o prefeito Rodrigo Drable esteve vistoriando as obras do novo pronto-socorro da Santa Casa de Misericórdia.

Vacinação – A secretaria de Saúde de Barra Mansa, através da Vigilância em Saúde, realizará no próximo sábado, 25, e domingo, 26, de forma gratuita, a vacinação antirrábica de cães e gatos que vivem na área urbana da cidade. A imunização, direcionada para animais a partir de quatro meses de idade, e para aqueles que têm o ciclo de 12 meses da última vacinação expirado, prevê imunizar pelo menos 18 mil animais, sendo que, deste total, 15% serão felinos. A vacina será aplicada nas 48 unidades de saúde do município, além de 19 unidades móveis, das 8 às 16 horas. Quem por algum motivo não conseguir vacinar seu pet poderá se encaminhar à Clínica Veterinária Municipal, no Santa Rosa, mediante agendamento prévio pelo telefone (24) 3324-7917. Na área rural, a imunização será efetuada em outubro.

Ciências – A secretaria de Educação de Barra Mansa deu mais um passo importante para o ensino das ciências e tecnologias na rede pública de ensino. Trata-se da implantação de laboratórios de iniciação científica em 20 escolas, sendo que cinco delas já estão em pleno funcionamento. Responsável pela pasta, Marcus Vinícius Pires de Barros contou que a iniciativa gera um grande diferencial no dia a dia, já que posiciona os alunos frente à construção humana e coletiva dos conceitos e experiências científicas e tecnológicas. “Recen-temente, um grupo de alunos teve a oportunidade de desenvolver experimentos acerca da qualidade da água, realizando testes para detectar o indicador do PH, traçando parâmetros mediantes outros resultados e valorizando o serviço ofertado pelo Serviço Autônomo de Água e Esgoto da nossa cidade. Com isso, avançaram na construção de conhecimentos e na formação da consciência coletiva”, disparou.

Doação de sangue – O Hemonúcleo de Barra Mansa está convocando a população para ajudar na reposição do estoque da unidade, em especial do tipo sanguíneo ‘O’ negativo e ‘O’ positivo. As doações devem ser feitas de segunda a sexta, das 7 às 11 horas, no Hemonúcleo, que fica no centro da cidade, anexo à Santa Casa de Misericórdia. A unidade também pede a ajuda de doadores espontâneos para os grupos de sangue ‘O’ negativo, ‘O’ positivo, ‘B’ negativo, ‘B’ positivo e ‘A’ positivo. Além disso, pede para que as doações sejam feitas antes da vacinação contra a Covid-19, para que o período de inaptidão pós-vacina não afete ainda mais o estoque.
Segundo a coordenadora da unidade, Thais Mendes, o número de doações está abaixo do esperado. “As doações diminuíram muito nas últimas semanas. Estamos aproveitando a parceria com a secretaria de Assistência Social, que está cedendo o estacionamento do setor para os doadores, para dar mais um incentivo”, revelou, acrescentando que o estacionamento fica na Rua Oscar da Silva Marins, 155.
Para doar, é necessário ter entre 16 e 69 anos. A primeira doação deve ser feita até 59 anos, 11 meses e 29 dias. Menores de idade só podem doar mediante autorização dos responsáveis. A pessoa deve estar com saúde em dia, pesar no mínimo 50 quilos e não ter ingerido bebida alcoólica no mínimo 12 horas antes da doação. Caso tenha feito tatuagem, a pessoa deve aguardar um ano para doar.

Deixe um comentário