Grampos Barra Mansa

Compliance – Na manhã de terça, 11, o prefeito Rodrigo Drable reuniu secretários e a vice-prefeita Fátima Lima para anunciar o sistema de compliance a ser desenvolvido na prefeitura de Barra Mansa. A iniciativa passa por coibir ações de fraude e corrupção, além da busca total por transparência na gestão pública, o que colocará, diz o prefeito, Barra Mansa entre as principais cidades do país que, de forma sistemática, criaram normas de conduta, instrumentos, ferramentas de controle e publicidade que previnem ações irregulares, valorizam a conduta ética do servidor, e combatem frontalmente atos de corrupção.
Através do Decreto nº 10.250/2021, Rodrigo criou um grupo de trabalho envolvendo algumas secretarias, sob a supervisão do controlador-geral do município, Rodrigo Amorim, que deverá apresentar o projeto à Câmara, estabelecendo as condutas de relacionamento entre os vários setores da prefeitura e seus respectivos fornecedores, prestadores de serviço, usuários, funcionários, instituições representativas da sociedade e de classe, bem como a própria Casa de Leis. Além disso, será criado um portal de transparência, que permitirá ao munícipe conhecer as informações de gestão em detalhe, desde a folha de pagamento, controle da frota, gerenciamento de contratos, acesso a estoques de produtos etc.

Quiproquó na Casa das Leis – O tempo fechou durante sessão na Câmara de Barra Mansa, quando a vereadora Fernanda Carreiro (PT) se posicionou na defesa dos 25 mortos durante operação da Polícia Civil contra o tráfico de drogas no Jacarezinho, Zona Oeste do Rio. Mostrando-se indignada, a parlamentar definiu a ação policial como um caso de ‘extermínio’. “Hoje eu venho me solidarizar aqui com as vítimas do extermínio acontecido na Favela do Jacarezinho. Foi um extermínio e um descumprimento a uma decisão do Supremo Tribunal Federal”, disparou a petista. Foi rebatida logo a seguir.
Em um tom mais áspero, o vereador Luiz Furlani (PSDB) reagiu e se posicionou contra a fala da vereadora do PT, esquentando o debate. “Eu me solidarizo com o policial que foi assassinado por um bando de vagabundos, traficantes, que usurpa e tira não só a infância das crianças, como a adolescência. Até namoro esses sem vergonha desses bandidos controlam. Solidarizar com bandido é o fim”, disparou. Eita!

Sangue – O Hemonúcleo de Barra Mansa segue em alerta devido à baixa quantidade de bolsas de sangue no estoque. Por semana, são totalizadas em média 100 doações, porém esse número não é capaz de manter a estabilidade da reserva, e serve apenas como reposição. Buscando melhorar a situação, a unidade está à procura de doadores espontâneos que façam parte do grupo O+. “A saída do sangue O+ está muito alta nesse último mês, causando a baixa no estoque. Existe uma grande demanda de hospitais precisando desse tipo sanguíneo, porém, ainda não chegamos ao estado crítico, mas antes que falte, precisamos repor”, disse a coordenadora do Hemonúcleo, Thais Mendes.
Para fazer parte dessa força-tarefa, basta ter entre 16 e 69 anos e ter realizado a primeira doação até os 59 anos, 11 meses e 29 dias. Menores de idade, só mediante autorização dos responsáveis. Além disso, devem estar com a saúde em dia, pesar no mínimo 50 quilos, não ter ingerido bebida alcoólica no mínimo 12 horas antes da doação. Caso tenha feito tatuagem, a pessoa deve aguardar um ano para poder doar.


Vacinação – Barra Mansa atingiu a marca de 60.371 doses aplicadas e 17.653 pessoas com o sistema completo de vacinação. O número foi alcançado no sábado, 8, quando a equipe da secretaria de Saúde aplicou a primeira dose da AstraZeneca em pessoas com doenças cerebrovasculares, imunossuprimidas, com cirrose hepática e doença renal crônica. “Os grupos de risco são preconizados pelo Plano Nacional de Imunização do Ministério da Saúde, que seguimos rigorosamente. É importante destacar que aqueles que fazem parte de algum grupo e que não tenham conseguido tomar no dia marcado, podem vir a qualquer dia que serão atendidos”, explicou o titular da pasta, Sérgio Gomes.

Trânsito (I) – Para conscientizar o público e promover um trânsito mais seguro, a Guarda Municipal de Barra Mansa lançou a campanha “Maio Amarelo”, que procura orientar motoristas e pedestres a respeito da segurança no trânsito. Por conta da Covid-19, as ações serão diferentes este ano e vão conscientizar através de uma propaganda visual, com utilização de cartazes, faixas e letreiros em pontos estratégicos de diversos bairros, entre eles o Ano Bom, Vila Nova, Centro e Boa Sorte. “Queremos chamar a atenção da sociedade, mostrando que o trânsito hoje faz parte da nossa vida, do cotidiano e que devemos nos atentar para os altos índices de acidentes. As campanhas propõem a diminuição desses acidentes. Esse ano o tema é Responsabilidade e Respeito”, afirmou o coordenador do Programa de Educação no Trânsito, inspetor Silva.

Trânsito (II) – Ainda sobre a campanha “Maio Amarelo”, a prefeitura de Barra Mansa, através da Guarda Municipal, promoveu na segunda, 10, uma ação em parceria com as empresas Viação Sul Fluminense e Colitur, para a divulgação da campanha no letreiro dos ônibus. O objetivo era alertar e ensinar a população sobre a segurança no trânsito. “O nosso intuito é chamar a atenção da sociedade para os altos índices de acidentes. Vamos chamar a atenção das pessoas para a conscientização por um trânsito mais seguro, saudável, respeitando as leis, pedestres, condutores de veículos, motoristas de ônibus e aqueles que usam o trânsito no dia a dia. O conjunto dessas ações visa uma harmonia no trânsito para a diminuição dos índices desses acidentes, que em nosso país é muito alto, mas graças a Deus temos conseguido reduzir”, disparou Silva, coordenador do Programa de Educação no Trânsito (PET). A campanha também será divulgada para as crianças das escolas Bartolomeu Anacleto, no distrito de Floriano, e Júlio Branco, no Km 4, através do ‘Projeto Sala de Trânsito’.

Trânsito (III) – Apesar de ser local, a campanha utilizou ônibus das linhas intermunicipais com destino a Volta Redonda. Não é nada, não é nada, não é nada mesmo…

Preguiças – A prefeitura de Barra Mansa reabriu, na segunda, 10, o tradicional ‘Jardim das Preguiças’ (Parque Natural Centenário). Com algumas regras: estão proibidas as aglomerações, além da obrigatoriedade do uso de máscara de proteção facial e a manutenção do distanciamento social. O parque voltou a funcionar das 6 às 20 horas e vai beneficiar quem gosta de caminhar e correr, entre outras. E ainda aqueles que gostam de ficar à toa curtindo a natureza e as preguiças que vivem nas árvores do espaço.

Reeleito – O deputado estadual Marcelo Cabeleireiro (DC) foi reeleito presidente da Comissão da Pessoa com Deficiência da Alerj, durante reunião virtual realizada na manhã de segunda, 10. A deputada Franciane Motta (MDB) foi reeleita para a vice-presidência. “Agradeço a indicação ao cargo de presidente desta comissão tão importante. Vamos dar continuidade ao trabalho que começamos no ano passado e lutar pela dignidade e pelos direitos das pessoas com deficiência que enfrentam muitas dificuldades em nosso estado”, declarou Marcelo.

Presencial – Na manhã de sábado, 8, Marcelo Cabeleireiro (DC) realizou mais um atendimento a cerca de 30 pessoas na sede do Ilha Clube, no Ano Bom. Assuntos relacionados ao esporte e à proteção aos animais foram algumas das demandas recebidas, anunciou, garantindo que elas serão encaminhadas a quem de direito. Moradores de cidades como Volta Redonda e Quatis também estiveram em Barra Mansa para falar com o deputado.

Medidas drásticas (I) – A vereadora Cristina Magno (PP) protocolou na Câmara de Barra Mansa um projeto dos mais interessantes: o que proíbe a contratação de pessoas condenadas por crimes previstos na Lei Maria da Penha para ocupar cargos na administração municipal. O projeto prevê ainda a alteração na redação da Lei Municipal 4.868, de 08 de dezembro de 2020, que fala sobre a Patrulha da Mulher.

Medidas drásticas (II) – Pelo PL, ficam proibidos de assumir função pública em cargos em comissão de livre nomeação e exoneração as pessoas condenadas – com decisão transitada em julgado – por crimes previstos na Lei Maria da Penha. A proibição será aplicada tanto para a prefeitura quanto para a Câmara. “Meu objetivo é preservar os direitos das mulheres, ao mesmo tempo em que tratamos com responsabilidade os cofres públicos. Se aprovada, a lei será uma ação combativa à violência contra a mulher, mostrando que Barra Mansa não compactua com esse tipo de crime. Não podemos permitir que agressores condenados participem do mesmo ambiente no qual mulheres estão dignamente trabalhando e convivendo”, disparou.

Medidas drásticas (III) – Com relação à lei que institui a Patrulha da Mulher na cidade, o projeto de lei de Cristina Magno estipula que a Guarda Municipal realize rondas diárias em localidades onde residem mulheres que possuem medidas protetivas contra agressores. O projeto está aguardando avaliação das comissões internas e depois vai a plenário para votação.
Cursos profissionalizantes – A secretaria de Desenvolvimento Rural de Barra Mansa promove, entre os dias 18 de maio e 24 de junho, diversos cursos profissionalizantes para o setor do agronegócio. As aulas serão em fazendas e sítios do município. Segundo o titular da pasta, Carlos Roberto de Carvalho, o Beleza, os cursos visam aperfeiçoar os serviços e profissionais do município. “Alguns setores têm demanda de mercado, mas não têm mão de obra qualificada. Quero que o produtor vá além de se profissionalizar, que ele tenha ganhos reais com os cursos. Estamos oferecendo esse suporte para quem já trabalha no setor rural e para quem quer iniciar”.
Os interessados devem procurar a secretaria de Desenvolvimento Rural, pelo telefone (24) 2106-3547 ou o Sindicato Rural de Barra Mansa, no (24) 3323-1139

Confira os locais e dia dos cursos
Cultivo Produção de Banana: Dias: 19, 20 e 21 de maio – Local: Fazenda do Salto, Floriano – Estrada do Café, n° 15 (Propriedade Paulo Banana)
Aplicação de herbicidas em pastagem: Dias: 18, 19 e 20 de maio – Local: Fazenda Boa Vista/ Desengano – Estrada Fazenda Arantes nº 1001 Ataulfo de Paiva (Proprietário Jair Medeiros)
Produção de Hortaliças e Controle Biológico: Dias: 25, 26 e 27 de maio – Local: Sítio Zé do Mato (JN Hortaliças) – Horta do Nilton – Estrada João Salles, nº 922, Santa Rita de Cássia
Curso de Tratorista: De 7 a 11 de junho – Local: Fazenda Carfanaum – Estrada da Carfanaum, nº 5500 (Proprietário (José Roberto Meirelles)
Monitoria da Qualidade do Leite – Início do programa: 31 de maio
Manejo racional no abate de bovinos: Dias: 22, 23 e 24 de junho – Local: Propriedade Frederico Amante, Rialto.

Deixe uma resposta