Grampos

Cimento – A CSN vai construir uma nova cimenteira. Será no complexo industrial portuário de Maruim, no Sergipe, e o investimento será de R$1 bilhão, com a geração de 2,5 mil empregos diretos e 10 mil indiretos na fase da construção da fábrica. A cimenteira poderá produzir até 2,8 milhões de toneladas de cimento.

Porto – A CSN retomou as negociações para vender o terminal portuário Sepetiba Tecon, em Itaguaí.  A intenção da empresa estava na geladeira, mas agora ela retomou o movimento para vender o terminal.

Café com pão – O Sindicato dos Metalúrgicos conseguiu a retomada do desjejum para os trabalhadores do turno da CSN. Desde o dia 10 de fevereiro, os que fazem turno e que entram às 7 horas para trabalhar têm direito ao café da manhã.

Sem função – O vice-prefeito Maycon Abrantes, segundo uma fonte do meio Jurídico, consultada pelo aQui, não precisa se preocupar em ‘dar as caras’ no Palácio 17 de Julho. Nem precisa cobrar de Samuca que lhe dê uma salinha para ‘trabalhar’, como Nelsinho, vice de Neto, tinha – quase um andar no Plaza. É que Maycon não tem função definida e não tem horário a cumprir. “Ele ocupa um cargo de expectativa”, dispara a fonte. Ou seja, só ‘trampa’ se o prefeito renunciar, for cassado ou se o mesmo morrer. Maldade…

Risco – Uma boa notícia: a prefeitura de Volta Redonda vai arrumar a ponte existente nas proximidades do Colégio Macedo Soares, na Vila, que foi tema de um ‘Grampo’ na edição passada. Ela foi atingida durante as chuvas do ano passado. 

Pouco caso – O secretário de Meio Ambiente de Volta Redonda, Maurício Ruiz, o ‘homem das árvores’, está se lixando para quem mora ou passa pela Colina. Está se lixando também para a opinião pública. O galho da foto, que caiu de uma árvore na manhã de domingo, 8, na pracinha ao lado da Rua Riachuelo, até ontem, sexta, 21, não tinha sido recolhido pelo setor competente da pasta ou quem quer que seja. Se é que a pasta tem gente competente, né?

Saindo – Mas que os voltarredondenses não desanimem. Ruiz parece estar disposto a ir embora. É que, segundo uma fonte, no final de março ele vai pedir demissão e vai de mala e cuia para sua cidade, Miguel Pereira, onde pretende disputar uma vaga de vereador. Que seja eleito. Vamos torcer…

Fazendo água (I) – Outro que podia pegar o boné e retornar para Barra Mansa é o presidente do Saae-VR, José Geraldo, o Zeca. Sua administração é um caos e os problemas de falta de água vão se acumulando, afetando a imagem do próprio prefeito Samuca Silva. Na noite de segunda, 17, moradores de Três Poços fizeram um protesto contra a falta de água no bairro. Para interromper o trânsito na avenida que liga Volta Redonda a Pinheiral, passando pela Fundação Oswaldo Aranha, eles atearam fogo em pneus e ficaram horas gritando “queremos água, queremos água”. 

Fazendo água (II) – O prefeito Samuca Silva foi um dos primeiros a receber um dos vídeos do protesto em Três Poços. E não gostou nada, nadica de nada, do que viu. Pior. Teria ficado irado por não ter sido informado por Zeca. “Ele falhou”, teria dito em uma roda de amigos.

Advertência – Por falar em Zeca, em dezembro, conforme edital publicado em jornais, a direção do Saae-VR advertiu publicamente uma empresa – a Vinaque Comércio de Alimentos – por não entregar materiais constantes de uma nota de empenho. Foi além. Forneceu o telefone de contato para quem quisesse obter mais informações a respeito do caso. Fica e pergunta: isso pode?   

Mais uma – Enquanto esconde as mazelas da autarquia que dirige, Zeca, presidente do Saae, vai jogando a culpa pela falta de água em Volta Redonda em terceiros, como a Light. “Sem luz, a bomba não funciona”, argumenta. Sobrou até para a represa do Funil. “Abriram as comportas, tive que fechar as torneiras”, alega. Isso quando não joga a culpa na tubulação nova, que teria sido comprada na China no governo anterior. Coisa que ninguém prova ter acontecido.  

Asfalto (I) – Mas nem tudo está perdido. A prefeitura de Volta Redonda vai aplicar mais de 120 toneladas de massa asfál-tica na Avenida Jaraguá, no Retiro.  O investimento será de R$ 2,5 milhões no recapeamento das vias do bairro, através do programa ‘Orgulho de Volta’.

Asfalto (II) – Depois da Avenida Jaraguá, serão atendidas as avenidas Beira Rio, Paulista, Mineiros, Ceará e Goiás. O serviço está sendo executado pela secretaria de Infraestrutura, comandada por Toninho Orestes.

Asfalto (III)  – O prefeito Samuca Silva precisa mandar recapear o asfalto da Rodovia dos Metalúrgicos no trecho que vai da entrada do Hospital Unimed ao Portal da Saudade. E mandar a conta do serviço ao patriarca da família Campos Pereira, dono do cemitério. Quem passa pelo local diz que a obra feita pelo grupo CP é digna de um filme de horrores.

Sangue – O Núcleo de Hemoterapia de Volta Redonda, anexo ao Hospital São João Batista, lançou a campanha “Neste Carnaval escolha o seu bloco:  A, B, AB ou O e entre na nossa folia”. O objetivo é garantir o estoque de sangue para os dias de festa.

O Hemonúcleo, para quem não sabe, atende a sete unidades hospitalares: o Hospital São João Batista, o Hospital do Retiro, o Hospital do Idoso e o Cais Aterrado, além do Hinja, em Volta Redonda. Atende também o Hospital Municipal de Pinheiral e da Agência Transfusional, que fica no Hospital Municipal Flávio Leal, em Piraí.

O Banco de Sangue funciona no Hospital São João Batista, de segunda a sexta, das 7 às 13 horas. Mais informações em 3339-4242 – ramais: 235/236.

Creche – Na terça, 18, o prefeito Samuca Silva participou da inauguração da obra de reforma e revitalização da Creche Madre Tereza de Calcutá, que atende a mais de 130 alunos de quatro turmas que funcionam em tempo integral. A unidade ganhou uma nova pintura, telhado novo, e os pontos de infiltração foram retirados, em um investimento de R$ 25 mil.

Erramos – O aQui errou ao noticiar que o arquiteto e urbanista Sérgio Fernandes, hoje presidente do IPPU-VR, já teria comandado o órgão no governo Georges Leonardos, prefeito nomeado de Volta Redonda. Ele só teria comandado a Cohab-VR nos tempos da ditadura.

Presídio – Sérgio Fernandes, segundo uma fonte, quando ainda era subsecretário estadual de Infraestrutura do governo Wilson Witzel, foi o autor do projeto do Presídio Vertical que querem empurrar para cima do governo Samuca. 

Gorjetas – Bares, restaurantes, hotéis e demais estabelecimentos do mesmo gênero terão que deixar bem claro no cardápio e na conta quando a mesma é entregue ao cliente o valor da taxa de serviço e da gorjeta, além do aviso de que ambos são de pagamento opcional. A decisão é do Tribunal de Justiça do Rio e já está em vigor.

A conferir (I)– O deputado federal Antônio Furtado (PSL) teria perdido apoio do prefeito de Resende, Diogo Balieiro. Se for verdade, será o segundo apoio que o delegado perde só em 2020. O primeiro foi do prefeito de Porto Real, Ailton Marques.

A conferir (II) – Há quem garanta também que Furtado e Rodrigo Drable (prefeito de Barra Mansa) já não andam falando a mesma língua. Motivo: Drable só quer saber de Rodrigo Maia, o poderoso presidente da Câmara.

Hospital (I) – A segunda judicialização envolvendo o imóvel da CSN, agora com a direção do Hospital das Clínicas (leia-se CFV) pode custar caro a Leonardo Annechino Marques, que comandava a empresa criada pelos médicos por determinação da Justiça. É que boa parte dos cotistas da empresa (são cerca de 150 médicos), não estaria mais concordando com os métodos da sua administração. Muito menos com a decisão de brigar com a CSN. 

Hospital (II) – Entre os médicos, segundo uma fonte, já existiria até um movimento para convocar uma assembleia para destituí-lo da função de administrador do Hospital das Clínicas.     

Hospital (III) – O temor dos médicos é que a briga acabe gerando prejuízos à empresa e um dano irreparável a quem investiu no negócio. Dos 150 médicos que criaram a CFV, a maioria comprou uma cota da sociedade anônima por R$ 10 mil à época. Alguns venderam as cotas que tinham antes do quiproquó e não se arrependem disso. Outros, entretanto, estão com medo de não ter retorno do investimento.

Tucano – O novo coordenador regional do PSDB na região é Alexandre Martins, atual secretário de Governo de Barra Mansa. Há quem garanta que ele será pré-candidato a vice-prefeito na chapa de Drable.

PSC – O presidente regional do PSC, Felipe Pereira, teria fechado com Rodrigo Drable para que este passe a coordenar as atividades do partido dos peixinhos no Sul Fluminense.   

Peixinhos (I) – A informação acima é de uma fonte e ela garante que Tiago Martins, ex-homem forte da Associação dos Aposentados e Pensionistas de Volta Redonda e presidente do diretório do PSC na cidade do aço, também teria fechado com Rodrigo Drable. Deve, inclusive, assumir um cargo no governo barramansense logo depois do carnaval.

Peixinhos (II) – A ida de Tiago para o governo Drable mostra que o prefeito de Barra Mansa deve passar a comandar, por tabela, o PSC de Volta Redonda. O que, na prática, deve complicar a ida do prefeito Samuca Silva para o partido do governador Wilson Witzel. “Samuca queria ir para o PSC, mas queria a executiva da legenda tanto em Volta Redonda quanto em Barra Mansa, e o governador não concordou”, garante a fonte, pedindo anonimato.    

Peixinhos (III) – Aliás, Samuca e Witzel trocaram dois dedos de prosa, apenas os dois. O encontro foi no Palácio Guanabara, e os dois teriam acertado a filiação do prefeito ao PSC. 

Sextou – O buraco no asfalto da famigerada rotatória da Rodovia dos Metalúrgicos abriu de novo. É a sexta vez que uma cratera surge no meio da curva desde que a rotatória foi inaugurada, em julho do ano passado. 

Convocado (I) – A tropa de oposição ao prefeito Samuca Silva conseguiu aprovar na sessão de terça, 18, a convocação do secretário de Saúde, Alfredo Peixoto, para prestar esclarecimentos sobre o contrato da OS AFNE (Associação Filantrópica Nova Esperança), que assumiu o Hospital São João Batista.

Convocado (II) – Os parlamentares chegaram a pedir votação nominal, e Maurício Pessôa – atual líder do governo – disse que o ideal seria que Alfredo fosse convidado e não convocado. Foi quando o vereador Jari lembrou que o secretário de Saúde já tinha sido convidado anteriormente para falar sobre a OS Mahatma Gandhi, que administra o Hospital do Retiro e teria feito pouco caso do convite. “Não estou aqui para convidá-lo mais”, disparou Jari, recebendo apoio de Dinho, vereador da situação. 

Convocado (III) – Tirando os ausentes Edson Quinto, Fernando Martins e Tigrão, e o voto contrário de Maurício Pessôa, a convocação de Alfredo Peixoto foi aprovada com 16 votos, incluindo os vereadores que dão sustentação ao governo Samuca.   

Sem cobrança – As empresas de serviços públicos – como luz, água e telefone – não poderão cobrar de terceiros o pagamento de contas em atraso para que haja o religamento dos serviços no imóvel. É o que determina o projeto de lei 2.704/17, do deputado André Ceciliano (PT), que busca impedir que as empresas cobrem do inquilino o pagamento de contas antigas. A medida foi aprovada pela Alerj e o texto seguirá para o governador Wilson Witzel, que tem até 15 dias úteis para sancionar ou vetar.

Multas (I) – Os recursos de multas ambientais por infrações cometidas nos municípios que margeiam a Baía de Guanabara deverão ser revertidos para programas de despoluição da baía. A determinação é do Projeto de Lei 2.048/16, que a Alerj aprovou na quinta, 20, em segunda discussão. O texto seguirá para o governador Wilson Witzel, que tem até 15 dias úteis para sancionar ou vetar.

Multas (II) – Por que cargas d’água os ilustres parlamentares não incluíram a mesma tese para destinar os recursos das multas cometidas nos municípios que margeiam o Rio Paraíba para despoluir o velho Paraíba? Dá pra explicar???

Cortesia – O deputado estadual Gustavo Tutuca, que recentemente retirou sua pré-candidatura à prefeitura de Volta Redonda, esteve com Samuca. Deve ter ido lhe avisar que, se for concorrer a algum cargo, será a prefeito de Piraí, sua terra natal.

Mudando – Vereadores de oposição a Samuca dão sinais de que não acreditam mais que vão conseguir tirar o prefeito do Palácio 17 de Julho antes do fim do seu mandato. Tanto que Granato, vereador que virou de oposição e se diz candidato a prefeito, disse que Samuca fica até o final de ano no cargo. “Ele tem até 31 de dezembro pra aprender a ser prefeito”, disparou. Apesar de criticar o prefeito, deixou claro que Samuca fica.

Oposição – Tem vereador oposicionista a Samuca que anda quietinho, quietinho, pelo mesmo motivo. “Não queremos parecer com Michel Temer e nem com Eduardo Cunha”, disse, fazendo alusão ao impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff. Faz sentido.

Salário – O prefeito Samuca Silva deu um presente aos servidores de carreira da prefeitura de Volta Redonda: pagou os salários dos concursados e dos inativos ontem, sexta, 21. Vão poder curtir a Festa de Momo com bufunfa no bolso.

Autismo (I) – A prefeitura de Volta Redonda entregou, na quinta, 20, a revitalização da Escola Especializada Professora Dayse Mansur, no Aterrado, que atende 70 alunos com Transtorno do Espectro Autista (TEA) e deficiência intelectual. Samuca fez questão de agradecer aos pais dos alunos por confiarem no seu trabalho. “Estou emocionado em poder fazer parte dessa educação que transforma. O que muda uma sociedade é uma obra como essa, de uma unidade escolar que atende alunos especiais”, avaliou.

Autismo (II) – A Escola Especializada Professora Dayse Mansur é mantida totalmente com verba municipal, beneficiando 70 alunos de 6 a 16 anos, divididos em 16 turmas.

Calote – As empresas e prestadoras de serviço não poderão cobrar dívidas por meio de ligações telefônicas sem que os consumidores sejam avisados previamente por carta ou e-mail.

Na faixa – Quem usa a Rodovia dos Metalúrgicos não está entendendo a confusão de faixas e mudanças de trânsito no local, principalmente no trecho após o Hospital da Unimed, em direção ao Jardim Tiradentes.  Está confuso e perigoso.

No sentido oposto, o desafio para os motoristas são os buracos. Que a prefeitura andou tapando, de novo. Vamos ver até quando vai durar o reparo.

Túnel 20 – Uma boa notícia para quem mora nas proximidades – ou passa – do Túnel 20, localizado na Água Limpa: a reforma do túnel será inaugurada em 19 de março. A informação é do presidente do Furban, Ronie de Oliveira Machado. Aliás, será um dos últimos eventos em que Ronie vai poder comparecer antes de se desincompatibilizar para sair como pré-candidato a vereador em Volta Redonda.

Bloco da Vida – Considerado o maior do país voltado para a terceira idade, o Bloco da Vida vai desfilar na terça, 25, a partir das 19 horas, na Rua 14, na Vila. O samba-enredo deste ano será “Do Alto a Terra é Azul”, tendo como tema central a questão do meio ambiente. A escola vai para a rua com 600 integrantes e quatro carros alegóricos.

Deixe uma resposta