Grampos

WhatsApp – O Conselho Tutelar de Volta Redonda, vejam só, que chique, já está usando o WhatsApp pelos telefones 99963-0010 e 99938-1589. A ideia é automatizar, organizar e responder mensagens rapidamente, dando maior celeridade ao atendimento de quem precisa de comunicar com o órgão. Além do WhatsApp, o Conselho Tutelar também atende de forma presencial, por meio de agendamento prévio e os contatos podem ser feitos também através dos telefones: 3339-3337/3339-9610 que funcionam em regime de plantão 24 horas e também pelo número gratuito 08000250485.

Cataratas (I) – A prefeitura de Volta Redonda espera realizar 4,5 mil cirurgias de cataratas. Na segunda, 5, conseguiu fazer 15; na terça, mais 70. Deve ter adotado o ditado de ‘olho em olho’…

Catarata (II) – Na entrevista ‘exclusiva’ que concede toda semana a Dário de Paula, o prefeito Neto ficou todo bobo ao ser elogiado até pelos ouvintes a respeito das cirurgias de catarata. Foi o caso, segundo o radialista, de dona Fátima Azevedo, de Niterói. “Dário, diga ao prefeito Neto que estou agradecendo muito a ele, pois vou fazer a cirurgia dos olhos. Depois de uma semana fui chamada”, disse. O elogio foi compartilhado por Dário: “Neto, gol de placa esse trabalho da cirurgia de catarata. É um trabalho que estava sendo esperado há mais de quatro anos, né, Neto?”. O prefeito, é claro, confirmou: “É verdade, Dário”.

Catarata (III) – Aproveitando o espaço, Neto gabou-se do valor que vai investir para realizar 4,5 mil cirurgias. “O preço que o município está pagando por essas cirurgias não existe em lugar nenhum. Só pra você ter uma ideia, uma cirurgia de catarata, no particular, custa no mínimo 5 mil reais, e Volta Redonda está pagando, conforme licitação, R$ 729, com direito a colírio, tampão e um atendimento especial”, crê.

Catarata (IV) – Provocado por Dário a manter o tema, Neto acabou elogiando um empresário que seria o responsável pelas cirurgias, embora não tenha dito o nome completo dele ou da sua empresa. “(quem achava que não daria certo, grifo nosso) não conhecia o modelo. O doutor André, que é o dono do sistema, já fez mais de 50 mil cirurgias no país. Ele e o Pedro, toda a equipe, estão dando um atendimento VIP para os nossos velhinhos. Eu estou muito feliz de poder estar vendo isso, além do sucesso que tem sido a aplicação da vacina. Nós vamos ficar 8 meses fazendo cirurgias”, comentou, referindo-se, às cirurgias de catarata.

Salários (I) – Conversa vai, conversa vem, Neto acabou revelando que nem todos os funcionários da prefeitura de Volta Redonda tinham recebido o pagamento do mês de junho no último dia do mês, como destacou na semana passada. Faltava pagar os médicos. “Ontem (quarta, 7), o Faria (vice-prefeito e diretor do Hospital São João Batista) exigiu que nós pagássemos hoje (quinta, 8) os médicos do HSJB”, afirmou. “Estão com o mês de junho para ser pago”, completou.

Salários (II) – Foi o bastante para Dário cutucar: “Vai pagar hoje?”, perguntou, levantando a bola para Neto faturar. “Vamos pagar hoje, senão ele (Faria) me mata”, respondeu o prefeito, dizendo que a folha de pagamento dos médicos iria consumir R$ 2 milhões e 600 mil. “Mas o resto do pessoal já está em dia, está rigorosamente em dia. Só os médicos é que estavam em atraso. Na semana passada, pagamos o mês de maio, e o Faria me cobrou, exigiu que eu pagasse o mês de junho hoje. Então, hoje é dia, R$ 2 milhões e 600 mil serão pagos aos médicos do HSJB”, destacou Neto.

Salários (III) – Depois de revelar o quanto gastaria para ficar em dia com os médicos, Neto deixou escapar que o valor seria alto para a máquina. “É muito dinheiro. Ele (Faria) me prometeu que vai rever algumas situações”, disse, sem revelar se entre elas estaria a demissão de médicos.

Pagamentos (I) – Neto foi além. Contou que Faria, que é o ‘melhor vice-prefeito do mundo’, como apregoa, estaria “exigindo um repasse para pagar alguns fornecedores (do HSJB, grifo nosso) que estão com alguns dias em atraso”. “Poucos”, disparou, aproveitando para novamente elogiar seu vice. “De coração, ele (Faria) não deixa mais atrasar, me cobra constantemente”, pontuou.

Pagamentos (II) – Com relação às dívidas deixadas por Samuca, Neto informou que, segundo levantamento feito por Erick Higino, seu secretário de Fazenda, cerca de R$ 100 milhões já teriam sido pagos. “Nós já pagamos do governo passado 100 milhões de reais, e já pagamos, do nosso governo, 380 milhões. Quase 500 milhões de reais foram pagos sem termos condições”, destacou.

Pagamentos (III) – Foi o bastante para Dário perguntar: “Se não tem condições, como pagou Neto, milagre?”. Vejam a resposta do prefeito: “Não, estamos deixando de pagar alguns encargos e estou contando com alguma ajuda do governo do Estado. Já falei isso diversas vezes. Se não fosse isso, não teria condições de pagar”, ponderou. Neto tem razão. Só do governo do Estado o Palácio 17 de Julho recebeu 90 milhões para pôr em dia a folha de pagamento dos médicos de Volta Redonda.

Pagamentos (IV) – A solução, segundo Neto, passa por aumentar a receita sem aumentar impostos. “Mas não é fácil”, admite, garantindo que, apesar de não pagar os encargos sociais, estaria levando a vida baseado em parcerias e pagando apenas prioridades. Há controvérsias.
13º – Uma má notícia para quem era cargo comissionado no governo Samuca. O mês de novembro de 2020 não tem data para ser quitado. Uma má notícia para todos: nem o 13o deverá ser antecipado. “As pessoas me perguntam do 13o. Eu hoje não tenho condições de adiantar, como também não temos condições de pagar os cargos comissionados do governo passado. Isso não é só os que continuaram ou os que saíram, são todos. Ninguém recebeu, e não temos data pra pagar. Vou tentar pagar o mês de novembro, assim que eu puder”, comunicou, sem se preocupar com a reação dos que serão atingidos pela má notícia.

Ausente – A falta de oba-oba na inauguração do anexo da FOA no Hospital do Retiro acabou sendo explicada, meio que involuntariamente, por Neto. O prefeito comentou que não estaria indo às inaugurações por ainda não ter tomado a segunda dose da vacina contra a Covid-19. “Eu não me vacinei com a segunda dose. De vez em quando eu dou até uma saída. Ontem o vereador Sidney (Dinho) me levou perto de Amparo, fomos por Santa Rita de Cássia e voltamos por Amparo”, revelou, mostrando que até ele não segue as regras de isolamento social. Em tempo: Neto deverá tomar a segunda dose da vacina no próximo dia 20.

Candidato – Depois de perguntar sobre o restaurante popular e ouvir a resposta de Neto, Dário de Paula, assim, do nada, lançou a campanha de Neto à reeleição em 2024. Vejam o que ele disse: “Se Deus quiser, você vai ocupar esse posto por um outro mandato também, né, Neto? Vai trabalhar pra isso, né? Volta Redonda precisa de Neto”, disse o radialista. “Hoje são quatro anos. Ganhamos o último recurso na semana passada, ganhamos e ficamos muito felizes com mais uma vitória. Vamos trabalhar muito para recuperar nosso município, destruíram em quatro anos uma cidade”, pontuou Neto, se esquecendo de que, em tese, o seu processo de inelegibilidade ainda não acabou, como mostrou o aQui na edição passada. O processo ainda pode chegar a ser apreciado pelo STF.

Deixe um comentário