Grampos

Sonho – Todo vereador sonha em ser prefeito, certo? Errado. O vereador Neném, atual presidente da Câmara de Volta Redonda, quase virou prefeito – se Neto fosse afastado do palácio 17 de Julho, caberia ao parlamentar assumir a prefeitura até que novas eleições fossem disputadas –, e ontem, sexta, 12, ele revelou que este não era o seu sonho. Nem será. “A vitória do Neto no TSE foi melhor para a nossa cidade”, avaliou, garantindo não ter vontade de disputar uma eleição para prefeito. “Meu sonho é ser deputado”, disse. “Quem sabe vai chegar a minha hora”, contou.

Sonho – Todo vereador sonha em ser prefeito, certo? Errado. O vereador Neném, atual presidente da Câmara de Volta Redonda, quase virou prefeito – se Neto fosse afastado do palácio 17 de Julho, caberia ao parlamentar assumir a prefeitura até que novas eleições fossem disputadas –, e ontem, sexta, 12, ele revelou que este não era o seu sonho. Nem será. “A vitória do Neto no TSE foi melhor para a nossa cidade”, avaliou, garantindo não ter vontade de disputar uma eleição para prefeito. “Meu sonho é ser deputado”, disse. “Quem sabe vai chegar a minha hora”, contou.

Sincero – Na manhã de quinta, 11, ao ser entrevistado por Dário de Paula sobre o fim da novela no TSE, Neto se mostrou otimista. Mas foi sincero ao falar sobre a possibilidade de perder e ter que deixar o Palácio 17 de Julho. “Se acontecer, eu vou sair do mesmo jeito que entrei. De cabeça erguida”, pontuou. “Nós precisamos tirar Volta Redonda dessa lama que ela está”, disse, alfinetando seu principal adversário, o ex-prefeito Samuca Silva, que torcia, é claro, pela sua derrota no TSE. “Volta Redonda vai voltar a ser uma referência nesse país como sempre foi!”, sentenciou. Com os 5 a 2, que o prefeito arregace as mangas…

Reajuste – Na mesma entrevista, Neto revelou, vejam só, que já concedeu reajuste salarial a praticamente todos os médicos plantonistas que trabalham para o Palácio 17 de Julho. “Eu já disse para o pessoal que nós elevamos o salário do médico plantonista. Todos, com raríssimas exceções, tiveram algum reajuste”, disparou. “Mesmo com toda dificuldade financeira”, acrescentou. “Estamos trabalhando muito, muito, muito, para dar a volta por cima, e vamos dar”, sentenciou.

Hospital – Neto contou ainda que o salário de fevereiro já foi todo quitado e, inclusive, teve recursos para mandar para os interventores do Hospital São João Batista. “Ontem (quarta, 10) nós enviamos para o Hospital São João Batista 3 milhões e 600 mil de reais, aproximadamente, para pagar os médicos”, contou, voltando a bater na tecla que no mês que vem já estará pagando os salários dentro do próprio mês. “Eu garanto a vocês que até abril eu vou pagar dentro do mês, e vou pagar. O salário de fevereiro nós pagamos até o dia 5 (março), mas não é o que eu quero”, disse, garantindo ainda que o mês de março, infelizmente, ele não vai conseguir pagar até o dia 31.

CCs – Provocado por Dário a falar do pagamento dos cargos comissionados do governo Samuca que ainda não receberam seus salários, nem o 13o, férias etc, Neto, até prova em contrário, foi sincero. “Eu gostaria de ter pagado, mas dei prioridade ao funcionalismo público. Mesmo assim, não consegui pagar o 13º de ninguém”. Já com relação ao 13o, o prefeito garantiu que um dia ele sai. “Não tenho dinheiro, mas vou pagar”. Que Deus o ouça.

Deixe uma resposta