Grampos

Homenagem (I) – Na inauguração da Arena Olímpica, que mudou para Arena Esportiva, o governador Wilson Witzel surpreendeu a todos, inclusive ao prefeito Samuca Silva, ao propor que a unidade fosse batizada com o nome do garoto voltarredondense, Arthur Vinicius, uma das vítimas do incêndio do Ninho do Urubu. “É uma alegria estar aqui hoje, porém, infelizmente, a data de hoje nos faz lembrar que 10 jovens morreram sonhando. Mas nós não vamos deixar que os sonhos deles morram. Por isso, prefeito, que seja Arena Esportiva Volta Redonda Arthur Vinícius”, propôs o governador.

 

Homenagem (II) – A sugestão de Witzel, até prova em contrário, não poderá ser atendida. É que a Arena já teria nome: Nicolau Yabrudi, o seu Nula, antigo comerciante da cidade do aço. A solução encontrada por Samuca foi propor batizar com o nome de Arthur Vinicius, o ex-craque do sub-15 do Flamengo, a pista de atletismo da Arena Seu Nula. Gostaram? Cartas para a redação!

– A inauguração da Arena Seu Nula atraiu mais de mil pessoas. Uma delas se destacou. Era um eleitor-fã do deputado federal Christino Áureo (PP), que usava uma camisa branca onde se podia ver que o parlamentar obteve 47.101 votos nas últimas eleições. O fã foi identificado como sendo Luciano Belletti.

 

Vai vendo (I) – A cerimônia de inauguração da Arena Seu Nula não foi das mais agradáveis. É que, apesar do esforço do pessoal do cerimonial do Palácio 17 de Julho, as autoridades e os convidados ficaram espremidos, suando em bicas, em uma nada confortável sala da unidade. As pessoas tinham que contar os passos para não pisar no pé de ninguém, de tão apertado que estava, sem contar o calor insuportável de 40 graus à sombra.

 

Vai vendo (II) – No meio de tantos burburinhos na ‘salinha’ de cerimônia, muitos reclamavam da falta de organização do evento, que teria ficado a cargo do cerimonial do governo do Estado. Sem contar que o próprio governador Wilson Witzel chegou bem atrasado ao local. Ao invés de chegar às 11 horas, Witzel chegou por volta das 13 horas. O motivo até que foi justificado: Witzel e Samuca foram ao enterro do corpo do jovem Arthur Vinicius, realizado no Portal da Saudade.

 

Lotado – Para quem não sabe, o Portal da Saudade conta atualmente com 15 mil ‘hóspedes’. No sábado, 9, o enterro do garoto Arthur, que jogava no sub-15 do Flamengo, foi o maior de todos os tempos. Não cabia nem mais uma viva alma e os torcedores do Mengão, na ânsia de se despedir do craque, se aglomeravam por todos os cantos do cemitério.     

 

Aman – Witzel também se atrasou por ter prestigiado no sábado, 9, em Resende, um evento na Academia Militar das Agulhas Negras (Aman), que recebia 416 novos cadetes. Detalhe: um dos cadetes é sobrinho de Witzel. Tá explicado, né?

 

HR – Bem que o aQui avisou: terceirizar o Hospital do Retiro seria um risco só. Não deu outra. Segundo uma fonte, os salários dos médicos do HR já estariam atrasando e a insatisfação toma conta das salas de um dos maiores hospitais da região. Os salários de janeiro, por exemplo, ainda não teriam sido pagos… E a adoção de metas, estabelecidas pela ONG Mahatma Gandhi, para médicos e funcionários estaria sendo questionada.  

 

Catraca (I) – A Empresa de Processamento de Dados de Volta Redonda (EPD-VR) quer trocar as 32 catracas de entrada existentes no Raulino de Oliveira. Para que isso ocorra, oferece em troca ‘camarotes e cadeiras na tribuna’ durante os jogos. Será que interessa a alguma empresa?

 

Catraca (II) – Pelos cálculos da EPD, o investimento nas catracas será da ordem de R$ 30 mil. Em troca, ela oferece: cessão de um camarote para 12 pessoas; adesivação de um acesso completo (10 catracas), mais adesivação de parte do ambiente; 15 minutos de inserções no placar antes do jogo; 3 minutos de inserções durante o intervalo do jogo; e indicação de até 4 pessoas para entrar em campo com os jogadores. Bom, né?

 

Catraca (III) – Os interessados podem acessar www.voltaredonda.rj.gov.br. Detalhe: o credenciamento termina na próxima quinta, 21.  O prazo do ‘paitrocínio’ será de 24 meses, contados a partir da data de assinatura do contrato.   

 

Catraca (IV) – A EPD também informa que existe a possibilidade do ‘paitrocinio’ ser mais modesto. De R$ 10 mil. Mas as regalias serão reduzidas. Nesse caso, camarote nem pensar. A empresa leva, por exemplo, apenas 20 ingressos na tribuna e só duas pessoas poderão entrar em campo ao lado dos jogadores, entre outras.  

 

Catraca (V) – O diretor presidente da EPD, Matheus Moreira Cruz, entende que as parcerias das catracas podem gerar benefícios tanto para o município quanto para as empresas. “É uma boa oportunidade para as empresas divulgarem seus trabalhos e conseguirem novos clientes”, crê.

 

Almoço (I) – O ex-prefeito Gotardo Netto mostrou prestígio ao reunir, em sua casa, quase todos os prefeitos da região, como os de Volta Redonda, Samuca Silva, e Barra Mansa, Rodrigo Drable, além de alguns vereadores e ainda o deputado estadual Marcelo Cabeleireiro e o presidente da Alerj, André Ceciliano, em torno de um churrasco, realizado no sábado, 9, com direito à deliciosa costela do Cacaio. Witzel, acompanhado da primeira dama e da filha, estava à vontade e apresentou seus planos para os políticos durante mais de uma hora.

 

Almoço (II) – Ao encerrar a apresentação, Wilson Witzel não deixou por menos. Deu a entender que vai buscar sua reeleição, mas com um objetivo único: disputar, depois, a presidência da República. Políticos, os políticos locais mostraram que gostaram do que ouviram.

 

Cidades – Titular da secretaria das Cidades do governo Witzel, Juarez Fialho, apesar de bem jovem (tem 33 anos) e ser desconhecido de quase todos os presentes, mostrou jogo de cintura. Ao invés de Witzel, ele saiu de mesa em mesa para cumprimentar e se apresentar aos convidados. Depois, ficou, como disse Witzel, responsável por atender aos pedidos dos prefeitos. E já saiu da festa com uma lista de reivindicações.

 

Limites – O que o governador não percebeu foi o mal estar entre Samuca e Rodrigo Drable, que passaram bons momentos se estranhando bem em frente à churrasqueira da casa de Gotardo. Durou pelo menos uns 20 minutos. Logo que o bate-boca acabou, Samuca foi-se; Rodrigo ficou e pôde sentar-se entre Witzel e Marcelo Cabelereiro, por quase uma hora, todos bem à vontade.

 

‘Meu presidente’ – O deputado estadual Marcelo Cabeleireiro estava feliz como nunca. Ao ser abraçado pelo presidente da Alerj, André Ceciliano, o parlamentar de Barra Mansa não se conteve. “Esse é o meu presidente”, exclamou, mostrando estar mais do que satisfeito pela eleição de Ceciliano, que é do PT, legenda da qual Cabeleireiro já fez parte. Os dois, dizem, podem engrossar o quadro de filiados do PSC, legenda que Gotardo conseguiu para filiar Witzel, então um ilustre desconhecido.

 

Mais um – O presidente da Associação dos Moradores do Açude, Alan Cunha, foi taxado como inimigo por Samuca Silva, durante entrevista a Dário de Paula. “O Alan é um crítico; ele não reconhece o que nós fizemos pelo Açude. Ele, na realidade, é um opositor a esse governo. O Alan é claramente isso”, disparou Samuca, ao responder sobre as obras do orçamento participativo do Palácio 17 de Julho para o Açude.

 

OP – Quanto ao orçamento participativo, Samuca explicou que todas as obras que farão parte do orçamento participativo digital serão votadas pela população, a partir de março. “As obras indicadas pelos presidentes das Associações são votadas pela população. Ela é quem sabe o que é prioridade. Com a escassez absurda de recursos, nós temos que escolher as prioridades”, pontuou. “A prioridade (de 2018, grifo nosso) foi levar água para o Açude. Aumentamos a capacidade da elevatória que fica no Retiro, e isso ele não reconhece”, completou Samuca. “Fizemos uma visita nos postos de Saúde do Açude e não vio Alan Cunha lá. Nós temos que ter a responsabilidade de criticar, mas também elogiar, então, menos, meu amigo”, ironizou. “Todas as obras do Orçamento Participativo que forem interessantes para a comunidade, nós vamos fazer”, prometeu o prefeito aos moradores dos bairros Açude I, Açude II etc.

Aciap-VR (I) – Joselito Magalhães, o polêmico presidente da Associação Comercial de Volta Redonda vai, finalmente, deixar o cargo. Nada a ver com as estripulias que tem feito como presidente da Aciap e secretário do governo Samuca. É que a entidade vai passar por eleições para escolher um novo presidente. Será no próximo dia 26, a partir das 19 horas. Joselito não será candidato, mas seu grupo tentará eleger uma dupla infernal, formada por Maycon Abrantes (presidente) e Maurinho Pereira (vice-presidente). O primeiro é o vice-prefeito, além de presidente da Cohab-VR; o segundo foi assessor especial de Samuca e é presidente do Sindicato das empresas de Construção Civil.

 

Aciap-VR (II) – Mas que Maycon e Maurinho não cantem de galo, não. É que uma chapa concorrente foi lançada para tentar acabar com o ‘poder do mesmo grupo’ que domina a Associação Comercial há anos. É formada por Luiz Fernando, para presidente, e Rogério Loureiro, de vice. “Juntos pela Aciap-VR” é o slogan da chapa 2, que, se for eleita, vai criar um calendário permanente para a realização da Rua de Compras, contemplando todo o comércio de Volta Redonda. E não apenas alguns centros comerciais, como a atual diretoria, comandada por Joselito, fez desde que Samuca assumiu o Palácio 17 de Julho.

 

Eleição – O prazo para a inscrição parase candidatar a presidente da Aciap-VR termina na quinta, 21. Quem se habilita? O cargo é tipo ‘o de prefeito’: todo mundo diz que é um abacaxi, mas tá todo mundo de olho nele.

Da série perguntar não ofende – A BR-393 foi ou não municipalizada no trecho que passa por Volta Redonda? Se foi, por que a Polícia Rodoviária Federal estaria metendo o bedelho em algo que não lhe diz respeito, como o acidente registrado na manhã de domingo, 9, no acesso à via nas proximidades da agência dos Correios? 

Autoestima – A Associação dos Aposentados e Pensionistas de Volta Redonda promove na segunda, 18, às 14h30min, no Centro de Prevenção à Saúde do Idoso Roque Garcia Duarte, uma oficina temática sobre autoestima e bem-estar com a psicóloga Selma Elisa. O centro fica à Rua 535, nº 835, Nossa Senhora das Graças. Informações pelo telefone 2102-0902 ou pelo e-mail [email protected]

Empregos – Em nota à imprensa, o Palácio 17 de Julho dá conta que a CBSI (Companhia Brasileira de Serviços de Infraestrutura) estaria prestes a gerar mil vagas de emprego para obras na CSN. As contratações seriam feitas até o meio do ano.

Polo – Anunciado com festas em Volta Redonda, em evento com a presença de Pezão, então governador, Benjamin Steinbruch, presidente da CSN, e Samuca Silva, prefeito, o falado polo metalmecânico, que seria criado com cerca de 10 empresas ligadas à siderúrgica, pode não sair do papel. Motivo: sem incentivos fiscais (que seriam concedidos pelo governo Bolsonaro), os empresários estariam dispostos a ficar onde estão. Longe de Volta Redonda, é claro. 

Vagas – A CSN abriu oportunidades para 151 profissionais na UPV. Há vagas para eletricista de automóveis e industrial, operador de máquinas, mecânico industrial e mecânico de automóveis. Mais informações em www.csn.com.br.

 

Sonhos de verão – Pelo menos dois políticos importantes do Sul Fluminense sonham em se candidatar a deputado federal em 2022. Os dois querem ir para Brasília… Um, para a Câmara; o outro, para o Palácio do Planalto.

 

Filho  – Nelsinho, filho de Nelsinho (ex-deputado estadual), foi nomeado por Samuca para a direção administrativa do futuro ‘Hospital Santa Margarida’ (será que vai manter esse nome quando entrar em operação?). Para o Banco VR de Fomento, em substituição a Nelsinho Filho, quem assume é Daniel Renna, até então assessor especial do prefeito.

 

Nissan – O Sindicato dos Metalúrgicos notificou a montadora Nissan por conta do excesso de jornada no banco de horas aos sábados, na fábrica de Resende. Segundo a entidade, a empresa é obrigada a pagar as horas extras realizadas de segunda a sábado, com um adicional de 65% sobre a hora normal.

 

Peugeot – A montadora francesa, instalada em Porto Real, ainda não se recuperou da crise de mercado. Resultado: reduziu em 25% os salários dos seus colaboradores. Era isso ou demissão.

 

Land Rover – Os trabalhadores da Jaguar, em Itatiaia, aprovaram a proposta da empresa para o acordo coletivo 2019/2020. Conquistaram um vale-alimentação de R$ 320; a renovação do banco de horas por mais 12 meses; redução de jornada de 44 horas para 42 horas semanais, sem redução de salário; manutenção dos valores bases de PPR com discussão nos indicadores; garantia de emprego por seis meses e o adiantamento da 1ª parcela do 13º salário para ontem, sexta, 15. No total, 148 trabalhadores disseram sim à proposta, contra 15 que optaram pelo não.

 

Escolinha – A Transporte Excelsior iniciou na segunda, 4, a 27ª Turma da Escolinha de Motoristas com 12 alunos. Durante seis meses, ‘os estudantes’ passarão por treinamento prático e teórico e, após a conclusão do curso, serão contratados pela Excelsior como motoristas profissionais. A escolinha de formação de motoristas da Excelsior é anual e já existe há mais de 20 anos.

 

Saint Gobain – O Sindicato dos Metalúrgicos pediu a anulação da eleição da Cipa da Saint Gobain. A justificativa do órgão classista é que o calendário para a realização do pleito não foi repassado ao Sindicato. O silêncio da empresa foi visto por Silvio Campos, presidente do Sindicato, como uma ‘atitude unilateral e arbitrária’. Um ofício foi encaminhado à empresa solicitando o cancelamento e pedindo uma nova data para a eleição.

 

CAT – O Sindicato dos Metalúrgicos está apurando a informação repassada por trabalhadores da Saint Gobain de que a empresa estaria omitindo acidentes de trabalho em suas dependências. Pior, não estaria emitindo a Comunicação de Acidente de Trabalho. A denúncia ainda dá conta que quem retorna de licença por acidente está correndo risco de demissão.

 

Alzheimer – A Apaz (Associação de Parentes e Amigos de Pessoas com Alzheimer) ainda está aceitando inscrições de interessados em participar do curso de cuidadores de pacientes portadores da doença. Os interessados devem procurar a secretaria do Gacemss, na Vila, das 9 às 12 horas e das 13 às 17h30min. O curso sai por R$ 40 e os alunos recebem um kit com o material didático. Detalhe: as aulas são às sextas-feiras.  Mais informações em 99988-1764 (Whatsapp) ou pelo 3343-3033

 

Pé de guerra – A paz deixou de reinar na sede do Inea em Volta Redonda. Literalmente pode-se dizer que o bicho está pegando entre a titular do posto, Daniela Vasconcelos, e um dos seus diretores, que ela teve que en-golir goela abaixo pela direção estadual do órgão.

 

Suspense (I) – Aliás, ganha um doce quem revelar o nome do padrinho político de Daniela Vasconcelos, ex-secretária de Meio Ambiente do governo Samuca, que foi nomeada pelo governador Wilson Witzel para comandar o Inea no Sul Fluminense. Dica: seria um parlamentar da Baixada Fluminense.

 

Suspense (II) – A mesma oferta de guloseima de graça serve para quem disser o nome do ‘pai político’ do barramansense Horacio Delgado, que assumiu a poderosa secretaria de Infraestrutura e Obras do governo Witzel, com quem se reuniu na quarta, 13, com direito a postagem da foto no Instagram do governador.

 

Triagem Odontológica – O curso de Odontologia do Uni-FOA promove na segunda, 25, das 13 às 16 horas, mais uma Triagem Odontológica de adultos, crianças e adolescentes, até os 16 anos. A atividade será na Clínica Integrada do curso, no campus Olezio Galotti, em Três Poços.

 

Vizinhos do Paraíba  (I)– O vereador Luciano Mineirinho (PR) promoveu uma reunião entre algumas autoridades locais ligadas ao Meio Ambiente. Na pauta, a concessão (ou falta) de alvará de funcionamento para as empresas instaladas às margens do Rio Paraíba. “Houve um entendimento claro entre as partes de que os empresários de Volta Redonda não continuem sendo prejudicados”, avaliou o parlamentar.

 

Vizinhos do Paraíba (II) – No debate, o secretário de Meio Ambiente do governo Samuca, Maurício Ruiz, teria deixado claro que, caso o Inea não cumpra sua parte, a Procuradoria da União deverá processar o órgão por descumprimento de acordo.

Ruiz está responsável pelo processo, que se arrasta na Justiça há sete anos, e diz que tratará o assunto com pontualidade. “O objetivo é conceder licenças de forma permanente. Em dezembro, assinei uma portaria concedendo alvarás provisórios no prazo de seis meses, até que tudo seja resolvido da forma legal”, esclareceu, conforme relato da assessoria de Mineirinho.

 

PRB – No sábado, 9, em evento realizado em Pinheiral, o secretário estadual de Agricultura, o ex-senador Eduardo Lopes, conseguiu filiar muita gente boa de voto de Volta Redonda e Barra Mansa ao PRB da Igreja Universal. Entre eles, Guto Nader, que anda se assanhando em sair candidato à sucessão de Rodrigo Drable. O engraçado é que ao lado de Guto, na mesa diretora dos trabalhos (foto), estava Bruno Marini, também pré-candidato a prefeito em Barra Mansa. Ao contrário de Guto, Bruno não se filiou à legenda. 

 

Dupla infernal (I) – Os eleitores de Volta Redonda (não os da Aciap-VR) foram surpreendidos durante a semana com um vídeo onde Maurinho, vice do vice na eleição para Associação Comercial, aparece ao lado do deputado federal Antônio Furtado. Os dois, sorridentes, estavam em um evento da construção civil e Furtado prometeu apoio a Maurinho, que já sonhou em ser prefeito da cidade do aço.   

 

Dupla infernal (II) – Será que Maurinho e Furtado estariam negociando uma aliança para 2020? Pouco provável. É que, para amigos, Furtado disse que o apoio é apenas para assuntos ligados à Construção Civil. Ainda bem…  

Voltaço – O vereador Edson Quinto (PR) bem que tentou, na manhã de ontem, sexta, 15, promover a paz entre dirigentes do Voltaço, como o vice-presidente Flávio Horta Júnior, o presidente do Conselho Deliberativo, Murilo Pragana, a financeira do clube, Sabrina Maciel, e o prefeito Samuca Silva. os dois lados andam se estranhando por conta do aluguel do Estádio Silvio Raulino. Samuca diz que não cobra, e os dirigentes dizem que são cobrados. Na verdade, deveriam pagar aluguel sim, como também todos os outros clubes profissionais de futebol.

 

A conferir – A filiação de Samuca Silva ao PSDB do D (Dória) teria sido combinada em um escritório dos Jardins, um dos bairros mais famosos de São Paulo. Entre os presentes, estariam João Dória, Samuca Silva e o mega empresário Benjamin Steinbruch, presidente da CSN.

PRB – No sábado, 9, em evento realizado em Pinheiral, o secretário estadual de Agricultura, o ex-senador Eduardo Lopes, conseguiu filiar muita gente boa de voto de Volta Redonda e Barra Mansa ao PRB da Igreja Universal. Entre eles, Guto Nader, que anda se assanhando em sair candidato à sucessão de Rodrigo Drable. O engraçado é que ao lado de Guto, na mesa diretora dos trabalhos (foto), estava Bruno Marini, também pré-candidato a prefeito em Barra Mansa. Ao contrário de Guto, Bruno não se filiou à legenda.

Deixe uma resposta