Grampos

Comparação – As relações entre a direção da CSN e o prefeito Samuca Silva estão igual ao atual clima na cidade do aço. Frio, é claro. Já a relação entre a Fundação CSN e o Palácio 17 de Julho estão de vento em popa. O ‘Gibi em Volta’, por exemplo, é fruto desse relacionamento. O projeto do gibi, com tiragem de cinco mil exemplares e que mapeia locais históricos e culturais da cidade do aço, é da prefeitura, e teria sido custeado pelos cofres da FCSN. Quem tiver curiosidade, o gibi pode ser visto em HTTP://gibiemvolta.com.br. E quem quiser escrever algo a respeito do gibi pode mandar sua opinião para [email protected]  

 

Arco da velha (I) – Ao discursar para 220 formandos da Fundação Beatriz Gama, em  evento na terça, 23, no teatro do Colégio Municipal João XXIII, no Retiro, o prefeito Samuca Silva surpreendeu a todos ao informar que é formado em um curso de datilografia. Em época de redes sociais, a maioria não sabe nem o que seria a profissão. Faz sentido.

 

Arco da velha (II) – No mesmo evento, Samuca exagerou ao desabafar contra a ‘máfia dos ônibus’ que, segundo ele, existe em Volta Redonda. Pegou mal ao generalizar.

 

Com o inimigo… – Vereadores da base andam de olho nos corredores do Palácio 17 de Julho. Querem descobrir se é verdadeiro o boato que dá conta que o ex-vereador Jerônimo Telles estaria prestes a ganhar as chaves de uma sala palaciana. Se for verdadeiro, alguns ameaçam deixar a base. Motivo: Jerônimo seria ligado a setores da Igreja Católica, que não apoiam o governo Samuca.

 

Boato – Esse tem tudo para ser verdadeiro: Rafael Capobiango, assessor especial do Palácio 17 de Julho, não estaria circulando pelas salas do governo Samuca. Não, não. Ele não foi demitido. Estaria, segundo uma fonte, curtindo férias na Itália.

 

Ele voltou (I) – Por falar em férias, Maurício Ruiz, titular do Meio Ambiente, já voltou de Portugal. Há quem garanta que seu nome está sendo trabalhado para disputar as eleições de 2020 aqui mesmo em Volta Redonda e não em Miguel Pereira, onde já concorreu a prefeito. No caso da cidade do aço, Ruiz, o plantador de árvores, sairia como candidato a vereador.

 

Ele voltou (II) – A possibilidade de Ruiz mudar seu título de eleitor para Volta Redonda foi confirmada pelo prefeito Sa-muca Silva. “Ele não será candidato a prefeito em Miguel Pereira”, disse.  Quanto à candidatura à Câmara, Samuca desconversou. “Vamos ver”, completou. 

 

Legendas – O prefeito Samuca Silva já fechou a nominata de duas legendas para as eleições do ano que vem. Do PSDB e do PSB. A lista dos nomes  está guardada a sete chaves e Samuca não mostra a ninguém que não faça parte dela. “É segredo de estado”, brinca.

 

Saúde – O prefeito Samuca Silva recebeu, na tarde de segunda, 22, o deputado federal Jorge Braz, que ficou conhecido pela sua atuação à frente do Procon na cidade do Rio de Janeiro. Na pauta, a liberação de R$ 1,3 milhão em emendas parlamentares para Volta Redonda. Segundo Braz, as emendas são para as áreas de saúde (R$ 500 mil), educação (R$ 500 mil), e infraestrutura (R$ 300 mil). Foi a primeira vez que os dois se encontraram. A visita foi agendada pelo vereador Pastor Washington. Nas eleições de 2018, o parlamentar do PRB não se elegeu. Ficou como suplente da legenda e ganhou a cadeira com a morte, em janeiro de 2019, de Wagner Montes.  Em Volta Redonda, Braz obteve 1.460 votos. Detalhe: em 1999, o parlamentar morava com a família em Barra Mansa, onde conseguiu um pouco mais de votos; foram 1.681.

 

Abusadinho – Na tarde de terça, 23, um leitor, que mora no Jardim Normândia, estava saindo de casa quando recebeu a visita do carteiro. Das quatro correspondências que recebeu, duas eram de contas e estavam vencidas. Ao ser informado do atraso, o carteiro limitou-se a dizer que não era problema dele. De quem seria, então? É por essas e outras que os Correios têm mesmo é que passar para as mãos da iniciativa privada. Enquanto for estatal, vai oferecer ‘serviços dignos de uma privada’…

 

Abusado – No último dia 20, em que o aQui circulou com a denúncia de que o motorista do caminhão do lixo que atende o Jardim Normândia só usa a contramão para subir a Rua Wilson Cópio, o irresponsável voltou a fazer o mesmo trajeto. Felizmente, na terça, 23, ele parou de usar a contramão… Que continue dirigindo como manda o figurino.       

 

Imagem – Já o ex-vereador Toninho Oreste, atual secretário de Infraestrutura do governo Samuca, não perdeu tempo e no sábado mesmo, logo pela manhã, mandou uma equipe da pasta tampar os buracos existentes nas proximidades da Escola Municipal Domingos Maia, na São Geraldo. Fez bem, pois até um galho de árvore estava sendo usado pelos moradores para mostrar os riscos de se passar pela rua.

 

A conferir – Maurinho, o empresário que se notabilizou por sonhar em ser candidato a prefeito e que acabou virando ‘assessor especial’ do governo Samuca (já foi demitido, grifo nosso) teria adquirido um helicóptero para suas frequentes viagens entre Volta Redonda e Rio de Janeiro. Tem mais, ele mesmo seria o piloto da aeronave… Faz sentido, se for verdade.

 

Dinheiro – A prefeitura de Volta Redonda já está cuidando do edital para ‘ver’ qual banco vai receber os impostos municipais de 2020. O processo leva o número 5663/2018 e o ‘certame’ (concorrência) será realizado às 9 horas do dia 31 de dezembro de 2019.

 

Inauguração – A reforma do campo de futebol do Siderlândia será inaugurada no próximo sábado, dia 3 de agosto. Os peladeiros agradecem!

 

CNJ – Integrantes do Conselho Nacional de Justiça estão circulando pelo Fórum de Volta Redonda. A presença deles teria deixado muita gente boa de cabelo em pé…

 

Boa novidade (I) – O prefeito Samuca Silva vai anunciar, dentro em breve, a criação de mais uma área de lazer para a população de Volta Redonda. Será na Ilha São João, com recursos federais. Detalhe: a verba já está disponível nos cofres públicos.

 

Boa novidade (II) –  Passa pela criação de um Jardim Botânico, plantio de dezenas de árvores, pista de caminhada, brinquedos etc. Até churrasqueiras serão colocadas em espaço próprio a ser criado para fazer a festa dos voltarredondenses nos feriados e finais de semana.

 

Eleita – A secretária de Cultura de Volta Redonda, Aline Ribeiro, foi eleita na quinta, 25, presidente do Fórum Regional de Políticas Culturais do Médio Paraíba. Também foram eleitos, como vice-presidente, a atriz Viviane Saar, do coletivo Teatral Sala Preta; como primeiro secretário, o presidente da Fundação Cultura Barra Mansa, Marcelo Bravo; e, como segundo secretário, a conselheira de Cultura de Pinheiral, Fabiana Rosa.

 

Ditadura (I) – O TRF-2 determinou que funcionários do Arquivo Nacional avaliem todo o acervo documental que se encontra em posse da CSN, referente ao período em que era estatal, para posterior publicação. Documentos estratégicos, de sigilo empresarial, não serão incluídos na avaliação. A decisão é do juiz/desembargador Antônio Henrique Correa da Silva, na Ação Civil Pública movida pelo MPF.

 

Ditadura (II) – Ainda dentro da decisão, a CSN deverá facilitar o acesso dos funcionários do Arquivo Nacional ao acervo que ela mantém há décadas em seu poder. Os pesquisadores terão até dezembro para finalizar os trabalhos de registro, avaliação e classificação desses documentos.

 

Arcelor – Os trabalhadores da ArcelorMittal aprovaram a proposta da empresa para a renovação do acordo coletivo 2019/2020. Aceitaram um reajuste de 4,5% (abaixo do INPC) de forma parcelada, ou seja, 3% retroativo a 1 de maio e mais 1,5% a partir de outubro. A proposta contempla ainda um cartão-alimentação de R$ 320, com diminuição do percentual de desconto para quem ganha até R$ 2.427,34, e ainda a fixação do piso salarial em R$ 1.514,10. A proposta foi aprovada por 58% dos trabalhadores.

 

Saint Gobain (I) – Os trabalhadores da Saint Gobain aprovaram as propostas de pagamento da PLR e do acordo coletivo 2019/2010. O reajuste salarial será de 5,07% (INPC pleno) nos salários até R$ 4 mil. Acima deste valor, o reajuste será de 3%. O cartão-alimentação passará a R$ 360, com carga extra de R$ 200 até o dia 31 de julho.

 

Saint Gobain (II) – A aprovação do acordo da PLR dos trabalhadores da Saint Gobain contemplou o adiantamento de 50% do benefício já no próximo dia 31. Os valores variam, sendo que o mínimo a ser pago será de R$ 3.967,12.

 

Segurança (I) – Nos dados oficiais do ISP-RJ sobre a violência em Volta Redonda (ver matéria na página 12), um número chama a atenção. O das pessoas desaparecidas. É que ele praticamente triplicou de um ano para cá. No primeiro semestre de 2018, foram registrados 13 casos de desaparecimento na 93a DP. No mesmo período de 2019, foram 46 casos, 33 ocorrências a mais. Muito estranho, e muito angustiante para as famílias afetadas

 

Segurança (II) – A Operação Segurança Presente terá seu efetivo dobrado – passará de 1.000 para 2.000 agentes. O anúncio foi feito pelo governador Wilson Witzel durante coletiva de imprensa sobre as ações e resultados da política de segurança do Estado no primeiro semestre deste ano. 

 

Segurança (III) – Para completar, o secretário de Estado de Governo e Relações Institucionais, Cleiton Rodrigues, divulgou o calendário das expansões da Operação Segurança Presente para este ano. Serão inauguradas bases em Nova Iguaçu, Laranjeiras, Bangu, Botafogo, Austin (em Nova Iguaçu), Duque de Caxias, Barra da Tijuca, Miguel Couto (em Nova Iguaçu), Vila Isabel e Grajaú (20/12). Ou seja, as cidades da região não serão contempladas. Será que eles acham que por aqui está tudo às mil maravilhas? Se pensam, estão errados. É só ler a página 12 desta edição para entender por quê.

 

Segurança (IV) – O deputado federal Antônio Furtado (PSL) comemorou, em entrevista ao Diário do Vale, a redução dos crimes, anunciada pelo governador Wilson Witzel. “A apresentação mostrou uma diminuição dos crimes no estado do Rio. A população já sente essa queda da violência”, disse ao jornal, conforme edição de quinta, 25. Como ex-delegado de Volta Redonda, Furtado não deveria comemorar. Que também leia a página 12 desta edição para saber por que em boca fechada não entra mosca.

 

Pitacos – O deputado estadual Marcelo Cabeleireiro está em rota de colisão frontal com o prefeito Samuca Silva. O primeiro avanço de sinal foi na questão da sede para perícias médicas em Volta Redonda, que o parlamentar quer aparecer como sendo pai da criança. Não satisfeito, o homem dos cabelos grandes de Barra Mansa deu entrevistas anunciando que vai trabalhar para a implantação de um polo metalmecânico na cidade do aço. Que Samuca já tirou do papel desde o ano passado. A colisão tem tudo para fazer vítimas, eleitorais, é claro.           

 

Metalmecânico – Aliás, sem a participação do parlamentar de Barra Mansa, a informação que corre no Palácio 17 de Julho é que falta muito pouco para Volta Redonda criar o tão sonhado polo metalmecânico. Para que isso aconteça, basta que o governador Wilson Witzel assine o projeto de lei de incentivos fiscais que o Estado vai oferecer para viabilizar a vinda das empresas, o que deve acontecer nas próximas semanas.

 

Emprego – O prefeito Samuca anda usando uma matéria do aQui, de julho de 2016, para demonstrar o crescimento na geração de emprego na cidade. É que a reportagem de 2016 mostrava que a cidade perdia uma vaga de emprego a cada hora, ainda na gestão do ex-prefeito Neto. Agora, a cidade está gerando dez empregos por dia, de acordo com dados do Ministério da Economia. Volta Redonda está na liderança de geração de empregos no Estado do Rio nos últimos 12 meses, com saldo positivo de 3.839 vagas. O que corresponde a cerca de dez vagas abertas a cada dia na cidade.

 

Preso – Na noite de quinta, 25, agentes da Coordenadoria de Segurança e Inteligência do MPRJ e da PM de Barra do Piraí conseguiram prender o quarto suspeito de atacar a tiros dois policiais militares que atuam junto ao Grupo de Apoio aos Promotores (GAP/MPRJ), durante uma diligência no Roma, em Volta Redonda. Thiago Felipe de Oliveira, 29 anos, foi preso em um sítio em Vassouras. Os agentes foram baleados na terça, 23, durante investigação no Condomínio ‘Minha Casa, Minha Vida’. O sargento Carlos Vieira Machado, de 43 anos, permanece internado no Hospital da Polícia Militar, na capital. Ele foi baleado na cabeça e rosto, e seu quadro clínico é considerado grave. Na ocasião, também foi baleado de raspão no braço o PM Antônio Carlos Rodrigues Santos. Ele foi medicado e já teve alta. Outros três suspeitos, dois deles menores de idade, foram presos em operação realizada na própria terça-feira.

 

Candidatos – Como as eleições de 2020 já estão batendo na porta, as movimentações nos bastidores da política seguem aceleradas. Samuca, como secretário-geral do PSDB no estado, por exemplo, espera lançar candidatos tucanos nas principais cidades do Sul Fluminense. Já definiu Barra do Piraí, Piraí e Itatiaia. Nas outras cidades, as negociações estão a todo vapor.

 

Legenda – O grupo de Samuca conseguiu mais um partido para chamar de seu: o PSD.

 

Dívidas – Respondendo um requerimento do vereador Sidney Dinho, o prefeito Samuca Silva encaminhou à Câmara os detalhes da dívida municipal. Chega a R$ 1,7 bilhão. É muita coisa!

 

Visita – Quem esteve no Palácio 17 de Julho na manhã de ontem, sexta, 26, foi o chefe de gabinete do deputado federal Professor Joziel (PSL). Ele e Samuca falaram de emendas parlamentares para a cidade do aço, e, claro, das eleições de 2020.

 

Câmara – Ao confirmar sua intenção de ser pré-candidato a prefeito de Volta Redonda, o deputado federal Antônio Furtado colocou seu telhado em exposição. E as pedras começaram a ser atiradas contra ele. Uma delas dá conta que ele teria abrigado em seus gabinetes vários assessores ligados a políticos do PMDB, como Cabral, Pezão e Albertassi.  

 

Asfalto – A empresa responsável pela polêmica obra da rotatória na Rodovia dos Metalúrgicos começou a consertar o asfalto na entrada do Jardim Belvedere, onde houve a maior confusão nos trabalhos. O que durante a obra parecia uma pista de rali, depois do asfaltamento virou a superfície lunar, com imensas crateras, assim que a pista começou a ser usada. Tomara que agora fique bom.

Parece brincadeira – Por falar nas obras da rotatória, uma boa notícia: o grupo CP está cuidando da implantação da pista de caminhada entre o bairro São Geraldo e o acesso ao Jardim Belvedere. No trecho que lhe diz respeito, é claro. O mesmo não se pode dizer do Park Sul, que não está nem aí para refazer a calçada que foi destruída quando da construção do shopping. Depois de quase um ano, limitaram-se a jogar pedrinhas no trecho que passa em frente ao estacionamento do empreendimento. Vale lembrar que, por lei, o Park Sul tem que refazer a calçada.  

 

Nem precisa de legenda.

 

 

Sugestão – A secretaria Estadual de Obras mantém um endereço em Volta Redonda, mais precisamente à Rua 41-C, entre a Vila e Sessenta, que estaria servindo à Emop que, até prova em contrário, não serve para nada. Parece abandonado, como mostra a foto.

Assim, bem que os voltarredondenses próximos ao governador Wilson Witzel poderiam dar alguma ideia de uso para o mesmo, não é? Ou, se preferirem, que o aconselhem a repassá-lo para as mãos da prefeitura de Volta Redonda. No terreno daria para se construir uma ótima escola, um bom posto de saúde e até um posto policial da PM para atender os bairros próximos, incluindo o Laranjal, de fácil acesso. Só não pode é continuar servindo para nada.

Deixe uma resposta