Geral

A ‘Furiosa’ renasceu

Um grupo de ex-alunos da ETPC (Escola Técnica Pandiá Calógeras) que tocava na tradicional fanfarra da escola nos anos 60, 70 e até 80, começou a se encontrar aos sábados na praça que leva o nome da unidade para ‘matar as saudades’ dos velhos tempos, revivendo, por exemplo, os nove títulos de campeã nacional de fanfarras. Os encontros deram certo, foram atraindo outros ex-alunos, que decidiram montar uma nova fanfarra, que está ensaiando os primeiros acordes nas tardes de sábado, a partir das 15h30min, como mostra a foto.
Tendo como incentivadores, Gilberto Caldas, Chôco e Henrique, entre outros, eles decidiram ensaiar com as músicas escritas pelo professor Emil Savelli. “É muito emocionante para mim, e para muitos outros, ouvir a fanfarra tocando as músicas do meu pai”, comentou Emil, um dos mais entusiasmados com o novo projeto e que é filho do professor Savelli, autor das partituras. Ele vai além. Lembra que os instrumentos foram comprados pelos ex-alunos e sugere que a “Furiosa”, como a fanfarra era conhecida, ganhe apoio tanto da CSN quanto da prefeitura de Volta Redonda. “A Fanfarra da ETPC engrandeceu os nomes da CSN e da cidade do aço. Seria muito bom se eles apoiassem esse lindo projeto”, pondera. “Que venham ver a apresentação da velha e nova Fanfarra da ETPC. É um ótimo programa para a família”, avalia.

 

A secretaria da Pessoa com Deficiência da prefeitura de Volta Redonda vai iniciar um curso básico de Libras destinado aos servidores lotados nos órgãos da administração direta e indireta do Palácio 17 de Julho. As inscrições estão abertas e poderão ser feitas no saguão da prefeitura, das 9 às 16 horas. As vagas são limitadas, gratuitas, e o curso terá a duração de três meses, com grupos na parte da manhã e da tarde, com início marcado para os dias 22 e 23, no auditório da Smac. As aulas serão sempre às quartas-feiras, das 9 às 11 horas, e às quintas, das 14 às 16 horas.

A Fundação Beatriz Gama (FBG) está com inscrições abertas para vários cursos profissionalizantes, e o que é melhor: tudo de graça. As aulas serão apenas uma vez por semana, das 8 às 11 horas, vão começar em 10 de outubro e destinam-se a quem deseja se qualificar como barbeiro, cabeleireiro, depiladora, manicure e profissional na área de realização de eventos. Os interessados podem se inscrever pessoalmente na sede da FBG, que fica na Estrada Santa Rita, Nº 3000, no Retiro. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone: (24) 3341-4920 (horário comercial).

A secretaria de Esporte e Lazer de Volta Redonda está oferecendo aulas de forró para iniciantes no ginásio da Ilha São João. A atividade, totalmente gratuita, será composta por duas turmas, uma às 18h30min e outra às 19h20min, com um total de 20 alunos em cada horário. Para participar é fácil, basta realizar uma pré-inscrição on-line pelo link https://bit.ly/cursoforro-ilha ou de forma presencial no local e horário das aulas. Podem participar pessoas a partir de 10 anos.

A dança de salão se tornou mais uma opção de esporte e lazer para aqueles que procuram se divertir em Volta Redonda. As aulas estão sendo oferecidas no ginásio poliesportivo Neri Migliori, no Açude 1, e ainda existem algumas vagas, sendo que as inscrições podem ser feitas no local com o professor Ivan Santos, coordenador do ginásio, e sua equipe.

 

Família Acolhedora


Na manhã de segunda, 13, como mostra a foto, três famílias de Volta Redonda foram certificadas como “Família Acolhedora”, recebendo o documento das mãos de Munir Francisco, secretário de Ação Social. A partir de agora, elas estão aptas a receber em suas casas, por períodos temporários, crianças e adolescentes de até 17 anos, que estejam em situação de risco social. Em compensação, enquanto estiverem cuidando dos jovens, receberão um salário mínimo do Fundo Municipal de Assistência, que deve ser usado exclusivamente para as despesas dos acolhidos.
Segundo a coordenadora do Serviço de Acolhimento Familiar, psicóloga Ana Claudia, com o programa, as crianças e adolescentes terão a oportunidade de uma convivência em ambientes tranquilos e que favorecerão o seu desenvolvimento durante o período de acolhimento. “O Serviço de Acolhimento Familiar é fundamental, pois oportuniza a criança e ao adolescente de se desenvolver num ambiente familiar, humanizado e tranquilo. É uma chance que eles têm de receber um cuidado individual, o que contribui muito para melhoria da autoestima”, destacou.
Entre as participantes que receberam o certificado de conclusão estava Isabella Garcia, que acolheu, pela primeira vez, um bebê de 1 mês e 15 dias. “Estou muito feliz por ter a oportunidade de acolher e plantar uma semente no coração desse menininho e tantos outros que nossa família acolherá no futuro. Este projeto da Smac é muito importante e gera um marco na vida dessas crianças, que desde novas, já têm histórias de vida muito difíceis”.
Os interessados em participar do programa podem pedir mais informações pelo telefone é (24) 3339-9565 ou através do e-mail: [email protected] Mais detalhes no site: https://new.voltaredonda.rj.gov.br/20-campanhas/campanhas-2/91-familia-acolhedora.

Deixe um comentário