terça-feira, janeiro 18, 2022
CasaEditoriasBarra MansaCurtas Barra Mansa

Curtas Barra Mansa

Pastores – O prefeito Rodrigo Drable e a vice-prefeita Fátima Lima participaram na manhã de sexta, 3, do evento ‘Café com Pastores’, promovido pela vereadora Luciana Alves e pelo Conselho de Pastores de Barra Mansa (Copebam). O encontro foi no salão do Ilha Clube, no Ano Bom, e acabou em confraternização de final de ano, com direito a culto, show do cantor gospel Luiz Arcanjo e ainda para que se pudesse debater as ações do Executivo e do Legislativo durante o ano. “É um prazer enorme celebrar com tantos amigos essa ocasião. Estes cafés são ótimas oportunidades para fazermos um balanço, uma reflexão, sobre como as coisas estão e no que podemos melhorar. Gostaria de aproveitar para analisar a Saúde em nosso município: estamos tomando todas as medidas de prevenção contra a Covid-19, e nossos dados e números são positivos. Mas isso não significa que não estamos cientes dos riscos, estamos atentos!”, destacou Drable.

Cartão do Servidor – A prefeitura de Barra Mansa recebeu na manhã de terça, 7, representantes do Icabank, que será responsável pela implantação do ‘Cartão do Servidor’, que poderá adiantar até 30% dos salários aos servidores, ativos e inativos, da administração direta, indireta, autárquica e fundacional. De acordo com o secretário de Administração e Modernização do Serviço Público, Gabriel Ramos Resende, o valor liberado será disponibilizado para compras exclusivamente no comércio local. “Todos os servidores irão receber este cartão, que será isento de juros e taxas. O uso dele será apenas para compras no comércio de Barra Mansa, em lojas previamente cadastradas. Este é um equipamento que irá trazer benefícios para o servidor, que não terá que pagar encargos, e para a economia local, pois com a folha de pagamento atual da prefeitura a expectativa é injetar cerca R$ 3,5 milhões líquidos no comércio da cidade; isso se levarmos em conta a adesão total dos servidores”, crê Gabriel.

Ponte – O prefeito Rodrigo Drable e a vice-prefeita Fátima Lima receberam na tarde de segunda, 6, os secretários estaduais Max Lemos (Infraestrutura e Obras) e Rodrigo Bacellar (Governo) para assinarem a Ordem de Serviço de início da obra de reforma da Ponte do Fórum, como é conhecida a Ponte Vereadora Ruth Coutinho. A ponte, localizada na Avenida Argemiro de Paula Coutinho, no Centro, está parcialmente interditada para o tráfego de veículos desde 2016, em função de danos estruturais sofridos por conta das cheias do Rio Barra Mansa. Os investimentos para a reconstrução somam cerca de R$ 4,8 milhões e os trabalhos devem ser concluídos dentro de 18 meses. ”Conseguimos porque o prefeito tem uma equipe boa. É um prefeito que tem amor ao dinheiro público, que veste a camisa da cidade. Defende Barra Mansa com unhas e dentes. Sou testemunha disso. São mais de quatro anos de luta para resolver a questão desta ponte e conseguimos através do Max. Quero deixar meu agradecimento em nome da população, que está muito feliz por esta importante obra. O governador também está realizando um belíssimo trabalho de reconstrução do Rio de Janeiro”, comentou o deputado estadual Marcelo Cabeleireiro, que também esteve presente ao evento.
Drable não deixou por menos. “A Ponte Ruth Coutinho dá acesso ao Fórum e ao Sesi. A escola Sesi, aqui ao lado, é a maior do Brasil, é a escola-modelo deles com dois mil alunos. Com o encurtamento da ponte há quase cinco anos, o trânsito ficou complicado. Além disso, o ônibus que transporta presos para audiências no Fórum passa por ali. Olha o risco que a gente corre. Me sinto extremamente honrado pela forma com que vocês nos tratam e atendem Barra Mansa”, disse o prefeito aos representantes do governo do Estado.
A estrutura de acesso ao Fórum leva o nome da ex-vereadora Ruth Coutinho, que dedicou a vida às causas filantrópicas. Presente ao evento, a filha dela, que também se chama Ruth (Rutinha), falou sobre a reconstrução e o simbolismo que a ponte representa. “A gente fica feliz quando o Estado vem para o interior e faz um trabalho excelente. Eu amo Barra Mansa. Estava falando aqui sobre a ponte. Ponte são pessoas que auxiliam outras e minha mãe foi muito humanitária, auxiliou muita gente na cidade. É o legado de amor”, pontuou Rutinha.

Natal – A prefeitura de Barra Mansa promoverá amanhã, domingo, 12, mais uma edição do ‘Domingo de Natal’, com uma apresentação especial, das 10 às 14 horas, do músico regional Vitão e de Alex Cohen. O show será na Avenida Joaquim Leite, entre a travessia da Rua Rio Branco e a Praça Matriz. Já no dia 19, será a vez da banda Figurótico e do sambista Dudu Nobre. “A cidade está linda e decorada. Convido os moradores da região para virem consumir em Barra Mansa. É muito mais seguro ir às compras de Natal no comércio de rua, em ambiente aberto, do que ir a um shopping center, fechado e lotado nos fins de semana. Preparamos tudo com muito carinho, com atrações musicais, para que todos possam ir às compras com a família de maneira descontraída e segura”, destacou o prefeito Rodrigo Drable, lembrando que durante os Domingos de Natal, o comércio de Barra Mansa pode funcionar das 8 às 17 horas.

As jovens Evelyn Silva Ferreira, Thaylla Victória Soares Leite e Jamilly Alves Pamplona da Silva, estudantes do Ciep 054 – Maria José Machado de Carvalho, localizado na Vila Maria, em Barra Mansa, faturaram o terceiro lugar na XV FECTI (Feira de Ciência, Tecnologia e Inovação do Estado do Rio de Janeiro).
Elas apresentaram três experiências voltadas para a geração de energia limpa e otimização do uso energético: o dínamo versátil, a placa de energia voltaica e a bobina de transmissão energética. Todas produzidas a partir de lixo eletrônico, como leds, capacitores e bobinas. De acordo com a professora de robótica Alyne Lúcia da Silva Casalli, as peças produzidas integram o Projeto ‘Energize’, que tem o intuito de otimizar o uso da energia, além de facilitar e estimular o acesso à energia limpa. “Outro foco da proposta é a redução da degradação ambiental, a partir do descarte adequado do lixo eletrônico e o reaproveitamento de seus componentes. Desenvolvemos os experimentos no prazo de dois meses. Neste período, as alunas fizeram a inscrição do artigo científico, produziram e gravaram um vídeo sobre o tema e participaram da banca virtual”, detalhou a educadora.

Artigo anteriorDe graça!
Artigo seguinteAcabou, mas não acabou
ARTIGOS RELACIONADOS

LEIA MAIS

“Não enganei ninguém”

Luto sem fim

Grampos

Grampos Barra Mansa

Seja bem vindo!
Enviar via WhatsApp