Curtas 1262

Cursos on-line
O Memorial Zumbi dos Palmares, em parceria inédita com o Masp Escola (Museu de Arte de São Paulo), está com inscrições abertas para alguns cursos de férias para quem tem interesse em uma modalidade rápida e intensiva e que serão transmitidos virtualmente pelo site: https://masp.org.br/masp-escola
As inscrições são direcionadas para alunos negros, sendo que o Memorial Zumbi irá oferecer duas bolsas exclusivamente para o público, que poderá se inscrever presencialmente na sede do Memorial, na Vila, das 9 às 11 horas.
As aulas vão abordar temas gerais da história da arte, desde estudos aprofundados sobre artistas de destaque da coleção até tópicos específicos dos ciclos anuais de exposições.

CURSOS ON-LINE DISPONÍVEIS
A Arte Negra Como Escrita da História: Palavras, Imagens e encenações – Período: Até 5 agosto – Conteúdo gravado – Horário: Terças e quintas – 18h30min às 20h30min – Professora Maria Dolores Rodriguez
Mais informações em: masp.org.br/masp-escola/a-arte-negra

Leituras da Arte do Brasil na Coleção do Masp
Período: Até 9 de agosto – Horário: Segundas e quartas – 19 às 21h30min –
Professora Luiza Interlenghi
Mais informações em: masp.org.br/masp-escola/leituras-da-arte-do-brasil

A Ditadura Pela Perspectiva Travesti
Período: Até 10 de agosto – Horário: Terças e quintas – 19 às 21 horas –
Professora Amara Moira
Mais informações em: masp.org.br/masp-escola/ditadura-perspectiva-travesti

Introdução À História da Arte Pelo Acervo do Masp
Período: de 2 a 6 de agosto – Horário: Segunda a sexta – 19h30min às 21h30min – Professor Felipe Martinez
Mais informações em: masp.org.br/masp-escola/introducao-historia-arte2021

 

Mês da Juventude
Mais de 70 atividades serão realizadas em Volta Redonda no período de 2 a 31 de agosto para comemorar o Mês da Juventude, incluindo o Dia Internacional da Juventude, que acontece em 12 de agosto. Na segunda, 2, por exemplo, o primeiro grupo da campanha “Universitário Sangue Bom” vai promover a doação de sangue para o Hemonúcleo de Volta Redonda. Durante o mês, cinco grupos de estudantes farão a doação.
Até o fim de agosto, a programação híbrida inclui lives com temas variados como marketing na atualidade, políticas públicas para juventude, justiça restaurativa, trabalho e educação, meio ambiente com ICMbio (Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade), ansiedade e espiritualidade, empreendedorismo, apresentações de dança, DJs e bandas. Também serão realizadas oficinas de culinária, esporte e lazer. Uma visita guiada ao Zoológico está programada para o dia 10.
Nos dias 7 e 14, serão realizadas as Pré-Conferências On-line pela plataforma Google Meet. No dia 7, a discussão vai abordar o tema “Direito a Cidade – Território e Mobilidade Urbana, Meio Ambiente e Sustentabilidade, Segurança Pública e Acesso à Justiça”, das 9 às 12 horas; e no dia 14 o tema será “Direitos Humanos – Cultura, Esporte e Lazer, Diversidade e Igualdade, Comunicação e Liberdade de Expressão”, no mesmo horário.
A Conferência Municipal da Juventude com tema “Novas Perspectivas para a Juventude” encerra a programação do Mês da Juventude nos dias 30 e 31 de agosto. O evento será no Auditório da Escola Técnica Pandiá Calógeras (ETPC).

 

Mestres da Poesia


O Grêmio Barra-Mansense de Letras (Grebal) estreia neste sábado, 31, o quinto sarau virtual “Mestres da Poesia”. A exibição, em vídeo, será às 18 horas, na página do Facebook, com declamações do livro “Viagem ao Meu Interior”, da autora local Natália Faria. Os interessados podem conferir essa e outras edições passadas pelo link: https://facebook.com/grebal.
A edição de hoje contará com os declamadores Ceminha Guedes, Estélia Meg, Indieslay Meneguiti, João Pedro Barros, o presidente do Grebal, Paulo Rangel, além da participação da autora. Já a atração musical, em voz e violão, fica por conta de Abrahão Lincoln Graciosa Machado. O sarau tem ainda apoio técnico de Cida Dutra, Indieslay Meneguiti e Rita Rangel. Para compor as apresentações, o Grebal abre espaço para que artistas da região também apresentem seus trabalhos. Interessados podem entrar em contato pelo WhatsApp (24) 99912-1975 ou pelo e-mail: [email protected]

 

Estação Cidadania


A Estação Cidadania, antiga Praça CEU, segue com inscrições abertas para oficinas culturais, esportivas e sociais, que são gratuitas, desenvolvidas em parceria pelos governos municipal e federal. O espaço, localizado na Vila Rica/Tiradentes, é administrado pela prefeitura, gerenciado conjuntamente pelas secretarias de Ação Comunitária (Smac), Esporte e Lazer (Smel) e Cultura (SMC).
Na área cultural, estão sendo oferecidas as oficinas de teatro, fotografia no celular, canto, violão, capoeira, cores vivas, dança e ritmos. E também já estão em andamento quatro novas oficinas aprovadas pela Secretaria Municipal de Cultura (SMC), através da Lei Aldir Blanc, para crianças com idade a partir de seis anos, adolescentes e adultos.
As oficinas temporárias são: Caixinhas de História, Podcast e Oficina de DJ. As oficinas acontecem de segunda a sexta com vagas no período da manhã e à tarde.
Na parte esportiva há vagas para as oficinas de ioga, dança de salão, games (jogos de estratégia) e expressão corporal. O Cras oferta ainda oficinas de artesanato – às segundas, das 8h30min às 11 horas e das 13h30min às 16 horas. E oficina de manicure às quintas-feiras no mesmo horário.

A primeira
Maria Gomes Exposito, de 83 anos, sofreu de catarata nos dois olhos por cerca de cinco anos. A redução da visão chegava a 50% e atividades simples do dia a dia ficaram comprometidas. “Ela só via vultos, tropeçava e estava com insegurança. Não via nem mesmo o meu rosto. Decidimos fazer um plano de saúde para operá-la e a Unimed tem qualidade, é o melhor plano para o idoso que precisa de carinho e atenção”, lembrou Vanessa Exposito, filha de Maria.
A realidade da idosa não é isolada, a catarata corresponde a 51% dos casos de cegueira no mundo. Mas essa semana Maria ganhou uma nova perspectiva. Ela foi operada no Hospital Unimed Volta Redonda e se tornou o primeiro caso do recém-inaugurado Centro Cirúrgico Oftalmológico. Em cerca de 15 minutos de operação a paciente viu sua vida transformada. “Vou poder sair e arrumar uma cozinha. Eu quero passar alguns dias em Paraty”, animou-se a idosa logo depois da cirurgia, que foi feita pela equipe do oftalmologista Dr. Márcio Salgueiro, com suporte de anestesia do Dr. Jayber Godoy.
Com um investimento de R$ 2 milhões, o Centro Cirúrgico Oftalmológico do Hospital Unimed Volta Redonda tem capacidade para procedimentos dos mais simples até os de alta complexidade. A estrutura possui 8 leitos e 1 sala cirúrgica dedicada à oftalmologia, recepção própria e farmácia satélite e um dos diferenciais é permitir a presença do acompanhante no leito antes e após o procedimento.

Deixe uma resposta