quarta-feira, maio 25, 2022
CasaEditoriasEsporteBate bola - Sergio Luiz

Bate bola – Sergio Luiz

A foto é do time da SOM (Superintendência de Oficinas Mecânica) da CSN, tirada em 1983, no campo da Fazenda Santa Cecília. Pertence ao acervo do Osvaldo Bondinho. Em pé da esquerda para a direita: Chamar, Dinamite, Apulam, Toninha Inambu, Madeira, Mico, Sorriso, Ivan e Gonzaga. Agachados : Lio Carepa, Amarelinho, Piroquinha, Rogério, Serginho Chaverinho, Bodinho e o técnico Darcio.

 

Reta final

O Voltaço já está quase pronto para o carioca de 2022. Fez a pré-temporada em Volta Redonda e em São Paulo, nos Centros de Treinamentos das divisões de bases de Corinthians e Palmeiras. Participou de alguns amistosos, perdendo para a Portuguesa Santista por 3 a 0; vencendo a Portuguesa de Desportos por 1 a 0, com gol de MV, na festa do cinquentenário do Estádio do Canindé. Antes, já tinha perdido para o São José dos Campos por 1 a 0.
Agora o técnico Neto Colucci terá mais alguns dias para definir equipe e estilo de jogo para a estreia na próxima quarta, 26, às 19 horas, no Raulino de Oliveira contra o Vasco. O tricolor de aço tem se saído bem nos últimos estaduais, sempre aparecendo entre os cinco primeiros ao final da competição, à frente de Vasco e Botafogo. Chegou a ficar na terceira colocação, em 2020, mas perdeu o posto para a Portuguesa em 2021.
A tradicional boa campanha nos estaduais deve-se a alguns fatores. Como os demais times pequenos, o Volta Redonda começa cedo a treinar. Tem mais. Os grandes iniciam o torneio com times mesclados, com muitos jogadores do sub20, o que facilita a vida dos pequenos.
O estadual será um bom teste para o Voltaço e para os reforços que contratou. Vamos ver se dão no ‘couro’ e se estarão em condições de disputar a série C, ou se a diretoria terá que mandar todo mundo embora e montar outro time. Quem viver verá!

Reforços
A diretoria do Voltaço anunciou a contratação de mais um reforço. Trata-se do atacante Hugo Cabral, 33 anos, que estava no futebol árabe. O jogador assinou contrato até o final do estadual. É a terceira vez que Hugo veste a camisa do Volta Redonda: antes atuou nos estaduais de 2015 e 2016.

Perguntar não ofende
Por que o contrato do Hugo Cabral vai somente até o final do estadual? Se o atleta é bom, conforme dizem, por que não o seguram até o final do ano? Não dá para entender. Fica a impressão que a ideia é dar vitrine para o jogador ser futuramente negociado. Ou seja, não estariam nem aí para a disputa da série C.

Repatriar
No futebol brasileiro existem milhares de jogadores, mas os dirigentes do Voltaço insistem em repatriar jogadores cujo prazo de validade estaria por um fio. No atual elenco, por exemplo, além do Hugo Cabral, temos Pedrinho, Dilsinho e Grasson, que já passaram por aqui, sem muito brilho.

História
Essa aconteceu em um jogo de várzea em Jamapará, divisa com a minha Além Paraíba. Chovia muito e um treinador, conhecido pelo apelido de Zé Cocada, gritava à beira do campo, para orientar os seus jogadores, principalmente Deco Tijolão, um super becão. Em um lance dentro da área, Zé Cocada gritou: ”Limpa essa bola, limpa essa bola Decoooo!”. Obediente, Tijolão não conversou: pegou a bola com as mãos e a limpou na camisa. Imediatamente, o juiz marcou o pênalti. O transtornado Zé Cocada passou a mão num pedaço de bambu e partiu atrás do becão que, assustado, corria e gritava: ”Pô, foi o sinhô que mandou limpar a bola, sô!”. É mole?

Copa do Brasil
O Voltaço terá como adversário na primeira fase da Copa do Brasil, a forte equipe do Tuntum, do Maranhão. O primeiro jogo, ainda sem data, será na casa do adversário, no Estádio Rafael Seabra, com capacidade para 7.000 torcedores. Ah, pela primeira vez, o Tuntum vai disputar uma competição nacional. Fundado em 1º de junho de 2021, subiu para a série A do Campeonato Maranhense e garantiu uma vaga na Copa do Brasil sendo campeão da Copa FMF, uma seletiva maranhense.

Raulino
Em entrevista ao Programa Dário de Paula, o prefeito Neto garantiu que vai liberar o Raulino de Oliveira para os jogos do Voltaço. Para o de quarta, 26, às 19 horas, contra o Vasco, serão disponibilizados 10.000 ingressos, que estarão à venda a partir das 9 horas de segunda, 24, no setor laranja do estádio. Serão 1.000 gratuidades para idosos acima de 60 anos nas arquibancadas, sendo que estudante vai pagar meia. Preço do ingresso: R$60,00 arquibancada. Importante: Será necessário apresentar a carteira de vacinação com as duas doses já aplicadas.
Estádio Luso
Enquanto o Maraca estiver em obras, Flamengo e Fluminense vão mandar seus jogos no Estádio da Portuguesa, na Ilha do Governador. Isso se a enrolada Federação não mudar a tabela novamente, né?

Bola fora
Para Flamengo, Fluminense, Vasco e Botafogo, que este ano foram eliminados prematuramente da Copa Cidade de São Paulo. Não deu. Para o Voltaço também.

Bola dentro
Para a garotada do Resende, que fez uma boa campanha na Copinha, caindo diante do Botafogo nos pênaltis. O grande feito foi ter eliminado o Corinthians, o maior vencedor da competição por 10 vezes.

Artigo anteriorSó de barco
Artigo seguinte‘Tá osso’
ARTIGOS RELACIONADOS

LEIA MAIS

Lazer

Mudo e com a mão no bolso

Seja bem vindo!
Enviar via WhatsApp