‘Sem sorte’

A Loja Maçônica União dos Templários de Volta Redonda entregou na quinta, 23 de maio, a importância de R$ 6.950,00, arrecadados em rifas vendidas por maçons e voluntários das entidades envolvidas em uma campanha, idealizada para ajudar a Apae-VR, a Apadefi e o Lar dos Velhinhos de Volta Redonda. O prêmio era uma camisa oficial do Flamengo, que foi usada por Vinícius Junior no ano passado, antes do craque se transferir para o Real Madri.

O sorteio, usando concurso da loteria federal de quarta, 22, não teve ganhador. É que o bilhete com final 170 não chegou a ser vendido e estava em poder da Apae. A comissão organizadora decidiu, então, entregar o prêmio para a centena do segundo número da extração e, se fosse o caso, assim sucessivamente até o quinto prêmio, conforme os números sorteados: 25.170, 58.355, 38.315, 56.200 e 45.081.

Dentre os mil bilhetes disponibilizados para venda, os cinco não foram vendidos, e a instituição responsável pela venda ainda vai definir o que será feito da camisa de Vinícius Junior, que está autografada pela equipe do Flamengo. Provavelmente, ela será leiloada, conforme critérios que serão estabelecidos pela direção da Loja Maçônica União dos Templários de Volta Redonda.

Deixe uma resposta