Nota Oficial

Neném, presidente da Câmara, ao ser procurado pelo aQui, negou categoricamente o seu envolvi-mento no esquema de extorsão. Mas confessou que chegou a ser informado da negociação. “Ele (Paulinho do Raio-X) me mostrou a conversa em que o prefeito fazia a proposta”, disparou, garantindo ter aconselhado Paulinho do Raio-X a denunciar Samuca. “Eu falei para ele ir à polícia e denunciar o prefeito; essa foi a minha participação”, disse Neném ao aQui. Ainda na noite de quarta, Neném soltou a nota oficial, que republicamos na íntegra logo abaixo:
“Em primeiro lugar, quero tranquilizar todos os meus amigos, eleitores e familiares: Não tenho, nunca tive e jamais terei qualquer tipo de envolvimento em esquemas de extorsão ou armações políticas. Cabe à Justiça determinar onde começou extorsão e onde isso virou uma grande armação para salvar um governo arruinado diante da opinião pública.
Em segundo lugar, quero lamentar que nossa cidade esteja sendo obrigada nos últimos três anos a conviver com pessoas de nível tão baixo quanto o praticado pelo atual prefeito Samuca Silva e o vereador Paulinho do Raio-X. Em quatro mandatos, jamais pedi propina, jamais me pediram propina e jamais me ofereci para receber propina. Isso é coisa de bandido. Se alguém como o vereador Paulinho do raio-X pediu propina ao prefeito Samuca Silva, é porque tinha esperança de receber. Isso, por si só, é lamentável.
Agora, vamos aos fatos:
Tive acesso ao termo de declaração que o prefeito Samuca Silva prestou à Coordenação de Investigação de agentes com foro especial, onde este relata os fatos ocorridos com o vereador Paulinho do Raio X, sendo que neste depoimento o prefeito cita meu nome algumas vezes.
Diante disso, é oportuno elucidar os seguintes esclarecimentos:
1) O prefeito Samuca Silva relata que no dia 29/02/2020 teve um encontro com o vereador Paulinho do Raio X, às 10h em uma sala comercial localizada no Pontual Shopping.
Neste encontro, o vereador Paulinho do Raio X afirmou ao prefeito que poderia fortalecer sua base aliada na Câmara Municipal e que nesta conversa o prefeito teria questionado a Paulinho as condições para que recebesse o fortalecimento do apoio político ofertado.?
Que em troca do apoio político, Paulinho do Raio X pediu aprovação de três projetos de lei de sua autoria, uma parcela de R$ 40.000,00 e mais pagamentos mensais de R$ 25.000,00 até o término do mandato.
Que nesta conversa, Paulinho do Raio X afirmou ao prefeito que faria o possível para conseguir o apoio de mais dois vereadores em prol do prefeito.
Segundo consta na declaração do prefeito, após terminar a reunião, por volta das 12h08m, o vereador Paulinho do Raio X entrou em contato novamente com o Samuca solicitando imediatamente um novo encontro.
Assim, Samuca alega que retornou ao local para este segundo encontro, e nesta oportunidade Paulinho do Raio X havia dito que teria conseguido o apoio de mais dois vereadores (eu e Carlinhos Santana).
Quanto a este ponto, supõe-se que Paulinho do Raio X teria entrado em contato comigo no dia 29/02/2020, entre os horários de 11h e 12h. Contudo, este é o primeiro ponto inverídico do depoimento do prefeito Samuca Silva, pois neste dia e horário eu estava no meu sítio com meus familiares, onde não tem sinal de celular. Embora a produção de prova negativa seja impossível, eu coloco o meu telefone celular à disposição das autoridades competentes, inclusive com a quebra do sigilo telefônico, para demonstrar que este contato telefônico nunca ocorreu entre eu e Paulinho de Raio X.
2) No depoimento do prefeito Samuca Silva, este afirma que nunca teve contato direto comigo para tratar desse assunto específico, mas que o vereador Paulinho do Raio X seria o meu interlocutor.
Trata-se, porém, de mais uma mentira amplificada pelo prefeito, não havendo nenhuma prova de que eu tenha ligação com o vereador Paulinho do Raio X, e muito menos tenha autorizado ele falar em meu nome sobre qualquer assunto, de qualquer natureza.
3) No depoimento, o prefeito Samuca Silva afirmou que teria recebido uma ligação minha, para tratar de um requerimento da Câmara Municipal que, para o Samuca, “não fazia o menor sentido naquele momento”, e assim o prefeito interpretou aquela ligação como um “sinal direito” de que eu estava a par da situação proposta pelo vereador Paulinho do Raio X.
Trata-se, porém, de mais uma ilação e leviandade do prefeito Samuca Silva, pois não fiz nenhum tipo de ligação para o prefeito entre os dias 29/02/2020 e 03/03/2020 (dia da votação do impeachment). Tal afirmação trata-se de uma tentativa leviana de me vincular ao suposto esquema de corrupção praticado entre Paulinho do Raio X e o prefeito.
Quanto a este ponto, eu coloco o meu telefone celular à disposição das autoridades competentes, inclusive com a quebra do sigilo telefônico, para demonstrar que este contato telefônico com o prefeito Samuca Silva nunca existiu.
Além dos fatos acima narrados, verifica-se diversos pontos de inconsistência no depoimento do prefeito Samuca Silva, onde ele mesmo afirma que nunca teve contato direto comigo e que não pode afirmar que eu participei deste suposto esquema, mas, mesmo assim, tenta a todo momento me envolver nos crimes praticados pelo vereador Paulinho do Raio X.
É importante ressaltar ainda, que atento às diversas inconsistências no depoimento do prefeito Samuca, o Desembargador João Batista Damasceno, ao conceder Habeas Corpus ao vereador Paulinho do Raio X, fez questão de destacar que: “Em vários momentos do depoimento do prefeito ELDERSON FERREIRA DA SILVA o mesmo faz interpretação de comportamentos do paciente, ao invés de afirmar a ocorrência concreta”.
Feitas essas considerações, diante das mentiras afirmadas pelo prefeito Samuca Silva em seu depoimento, bem como as supostas afirmações feitas pelo vereador Paulinho do Raio X, estarei entrando nesta quinta feira (dia 12/03/2020), com uma Queixa Crime contra o prefeito Samuca Silva pelo crime de calúnia e difamação, bem como estarei entrando com uma interpelação judicial para que o vereador Paulinho do Raio X se manifeste acerca das informações contidas no depoimento do prefeito. Além disso, estarei solicitando na justiça a quebra do meu sigilo telefônico, bem como a quebra do sigilo telefônico do vereador Paulinho do Raio X e do prefeito Samuca Silva.
Da mesma maneira, lembro que como Presidente da Câmara Municipal ajudei a aprovar com rapidez a instalação de uma CPI para apurar o caso em âmbito do Poder Legislativo. Adianto agora que vou pedir aos meus pares, de situação e oposição, que aprovem a convocação imediata do Prefeito Samuca Silva para prestar esclarecimentos devidos.
Continua na próxima página…

Deixe uma resposta