quarta-feira, maio 18, 2022

Grampos

Futebol Arte – Foi com bolo de aniversário, refrigerantes e, claro, com uma boa pelada, que os “atletas” que fazem parte do Futebol Arte, da Associação dos Aposentados e Pensionistas de Volta Redonda, comemoraram os 17 anos do projeto, que acontece no miniestádio da Ilha São João, em Volta Redonda, e no Central Sport Clube, de Barra do Piraí. Segundo a gerente da Diretoria de Cultura, Raquel Almeida Ribeiro de Oliveira, o Futebol Arte, que na cidade do aço, é praticado às quartas e sextas, das 7 às 10h30min, além de proporcionar lazer, ajuda na preservação da saúde. “Muitos falam que, depois que começaram a jogar futebol, deixaram de procurar os médicos”, explicou.

Federal (I) – Na sua entrevista a Dário de Paula na manhã de quinta, 24, o prefeito Neto prometeu criar um outdoor para agradecer aos deputados federais que andam ajudando o seu governo. A tática, é bom lembrar, já lhe rendeu problemas com a Justiça.

Federal (II) – Para justificar a estratégia, Neto garantiu que Volta Redonda vai virar um canteiro de obras, graças à ajuda dos parlamentares. “Em breve essa cidade, se Deus quiser, vai virar um canteiro de obras, e a participação do Deley (ex-deputado federal) foi fundamental”, justificou, aproveitando para destacar o papel de Deley, hoje seu assessor, que seria um especialista em abrir gabinetes em Brasília para convencer os deputados a destinar emendas para Volta Redonda. “Sou muito grato ao Deley, pois mesmo não sendo deputado, ele tem ajudado muito VR”, justificou.

Federal (III) – “Nós vamos fazer um anúncio de rádio, talvez televisão, outdoor, para agradecer todos os deputados que ajudaram Volta Redonda”, insistiu. “Dessa vez foram muitos”, disparou, anunciando que a major Fabiana (Fabiana Silva de Souza Poubel), do PSL, teria doado R$ 1 milhão para Volta Redonda. “O Beto e a Maria Lúcia, filhos do Pezão, foram importantíssimos aí com a Fabiana, que eu não conheço pessoalmente”, completou.

Federal (IV) – Ainda falando sob sua estratégia de agradecer aos parlamentares, Neto anunciou que faz isso apenas para “mostrar um pouquinho a importância de a região ter deputados eleitos”. “O importante não é que sejam da nossa região, é que tenham compromissos com a região, com o nosso estado”, pontuou, destacando entre eles a figura do Dr. Luizinho. “Eu fico feliz quando vejo a atuação do Doutor Luizinho. Demos a sorte dele ser parceiro do Renan (Cury), que tem ajudado muito Volta Redonda como vereador e tem ajudado muito nosso município através do doutor Luizinho”, completou.

Contas – O inferno astral do ex-prefeito Samuca Silva parece ser eterno. O Tribunal de Contas do Estado enviou na segunda, 20, para a Câmara de Volta Redonda, os pareceres das contas de 2019 e 2020 da prefeitura. Em ambas, o parecer foi pela reprovação. A tendência é de que os vereadores votem novamente a favor da rejeição.

Privilégio – O vereador Walmir Vitor (PT) quer agradar aos advogados de Volta Redonda. Ele apresentou o Projeto de Lei 056/2021, que visa garantir reserva de vagas de estacionamento em vias públicas para os advogados nas redondezas de fóruns e outros órgãos de justiça. Menos, camarada, menos…

Contorno – A Câmara de Volta Redonda aprovou a criação de uma Comissão de Inquérito para apurar as responsabilidades pelos acidentes na Rodovia do Contorno. A presidência ficou com o vereador Rodrigo Furtado. Walmir Vitor será relator e Vampirinho será membro.

Clínica – Volta Redonda pode ganhar uma Clínica Municipal para recuperação de dependentes químicos. Pelo menos é o que quer o vereador Jorginho Fuede, que ingressou com o Projeto de Lei 038/2021 na Câmara.

Homenagem – Recém chegado à Câmara, o vereador Raone Ferreira já aprendeu a fazer agrados. Só essa semana, apresentou duas moções de aplausos para agradar amigos. Ou melhor, para agradar aos padres Tiago Signorini e Alércio Carvalho.

Encontro – Após o carnaval, mais especificamente no dia 7 de março, o prefeito Neto irá receber os vereadores da cidade do aço para um bate-papo. Na pauta, vários temas espinhosos, como as enchentes e o reajuste dos vereadores.

Sangue – A prefeitura de Volta Redonda publicou em suas redes sociais e enviou para a imprensa um pedido para a população doar sangue no Hemonúcleo da cidade antes do Carnaval: na quinta, 24, e ontem, sexta, 25, de 7 às 13 horas. Será que não dava para montar uma campanha de pelo menos uma semana? Detalhe: agora, o Hemonúcleo, que fica no Hospital São João Batista, reabre apenas na quinta, 3.

Pagamento – A prefeitura de Volta Redonda antecipou o pagamento do funcionalismo público municipal para ontem, sexta, 25, antes dos feriados de Carnaval. “Temos mantido a promessa que fizemos ao funcionalismo de pagar os salários em dia, e sempre no último dia útil de cada mês. Desde que assumimos, pagamos folhas atrasadas, voltamos a pagar no mês trabalhado, e agora conseguimos antecipar para os servidores poderem aproveitar o período de Carnaval”, afirmou Neto. De acordo com a secretaria de Fazenda, foram pagos um total de R$ 32 milhões.

Cães – A prefeitura de Volta Redonda multou em R$ 27 mil um homem que foi flagrado abandonando cinco cães na Rodovia do Contorno. O fato ocorreu em janeiro, e agora a secretaria de Meio Ambiente está investigando um segundo pelo mesmo ato. Foi no dia 23, quando a pasta recebeu imagens de uma câmera de segurança de um imóvel localizado à Rua 5, no Monte Castelo, mostrando um homem abandonando uma caixa que estaria com filhotes de cachorro. O homem já foi identificado e o caso está sendo apurado.

Exclusivo – O Tribunal de Contas do Estado, através do acórdão nº 23388/2022, suspendeu a licitação da prefeitura de Volta Redonda para compra de uniformes escolares que seria feita no valor de R$ 5 milhões. Um dos motivos é que o Palácio 17 de Julho estaria restringindo o número de empresas concorrentes. A secretaria de Educação deverá fazer um novo edital e enviar para submissão do TCE. Enquanto isso, cerca de 39 mil alunos seguem sem novos uniformes.

Política – O deputado/vereador Jari de Oliveira (PSB), de um partido de esquerda, está prestes a contratar um marqueteiro para sua campanha. Detalhe: o mesmo que fez a campanha de um bolsonarista de carteirinha.

Festa – A Praça da Colina foi palco de uma verdadeira bagunça de estudantes universitários na terça, 24. A festa varou a madrugada com carro de som e bateria de torcida organizada. Fogos de artifício explodiram à uma hora da madrugada. A fiscalização passou longe.

Greve (I) – O Sindicato dos Servidores Públicos de Volta Redonda deflagrou na segunda, 23, uma greve do funcionalismo público. A entidade reivindica reajuste salarial na ordem de 10,18%. Outra pauta é que teria servidores que recebem R$ 1,1 mil de salário, quando o salário mínimo nacional está em R$ 1.212,00. Apesar da mobilização e atos na Praça Sávio Gama, a adesão à paralisação ainda é pequena e nenhum serviço público teria sido afetado.

Greve (II) – Em entrevista a Dário de Paula, o prefeito Neto comentou o tema e disse ser um direito dos servidores fazerem greve, mas que se a paralisação não estiver dentro da lei, ele irá descontar do salário os dias que os servidores ficaram parados. “Eu lamento muito, mas o que eu mais lamento é que as crianças ficaram dois anos sem ter aula e no momento que conseguimos voltar à normalidade, o auxiliar de educação, o servente, não vão trabalhar”, disparou, ressaltando que nenhum servidor recebe menos que o salário mínimo, já que são somados as gratificações e vale-alimentação.

Greve (III) – Provocado por Dário de Paula, Neto voltou a falar que é sua obrigação descontar os dias que não foram trabalhados. “A lei manda descontar, se eu não fizer isso é crime”, disse. “O salário está na conta amanhã (sexta, 25). Ninguém se lembra mais que a folha estava três meses atrasadas e nós colocamos em dia, e estamos há um ano pagando antes da virada do mês, mas vamos lá”, completou, ressaltando que o próprio sindicato sabe da situação financeira do município.

Greve (IV) – Neto completou ainda que iria receber representantes dos servidores públicos em seu gabinete ontem, sexta, 25. “Nós vamos sentar para conversar, não nos recusamos a conversar com ninguém, mas nós temos as nossas dificuldades. Só Deus sabe o que estamos fazendo para vencer, e vamos vencer, porque temos pessoas competentes nos ajudando”, acrescentou.

Saae – Que Neto se prepare para um novo movimento grevista, dos funcionários do Saae-VR. A previsão é de que cruzem os braços a partir do dia 7. Motivo: o Palácio 17 de Julho teria mandado PC, presidente da autarquia, voltar a pagar o salário mínimo de R$ 1.100, e não R$ 1.200,00, que passou a ser o mínimo oficial estabelecido pelo governo Federal.

Artigo anteriorGrampos
Artigo seguinteLazer
ARTIGOS RELACIONADOS

Grampos

Grampos

Grampos

LEIA MAIS

Seja bem vindo!
Enviar via WhatsApp