quarta-feira, maio 25, 2022

Curtas VR

Mudando para VR
O secretário de Ordem Pública, tenente-coronel Luiz Henrique Monteiro Barbosa, recebeu a visita do chefe da 5ª Delegacia de Polícia Judiciária Militar (DPJM), tenente-coronel Renato Assis Ferreira, para acertar a transferência do órgão de Barra do Piraí para Volta Redonda. Discutiram ainda o fortalecimento da integração das forças de segurança atuantes no Sul Fluminense.
Luiz Henrique foi além. Colocou à disposição todas as ferramentas disponíveis no Centro Integrado de Operações de Segurança Pública – Ciosp, bem como as informações colhidas pela Central de Atendimento Único – CAU. Com o sigilo garantido para os denunciantes, a 5ª DPJM é subordinada à Corregedoria Geral da Polícia Militar e tem como principal objetivo a prevenção de crimes e delitos por servidores, além de receber elogios e sugestões. “Estamos aguardando a transferência desta unidade para Volta Redonda, que já foi autorizada pelo prefeito Neto e pela Polícia Militar, fortalecendo ainda mais a segurança na cidade”, pontuou o secretário.

Comendo de graça


Munir Francisco, que é pré-candidato a deputado estadual, recebeu durante a semana o secretário estadual de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos, Matheus Quintal, para acertar os ajustes para que o governo do Estado assuma a gestão do Restaurante Popular de Volta Redonda. “Vamos assumir o Restaurante Popular da cidade. A medida dará fôlego às finanças do município e o Estado seguirá fazendo o que se propôs: garantir a segurança alimentar da população. E em Volta Redonda não poderia ser diferente”, disse Quintal.
No encontro, Munir aproveitou para solicitar que seja mantida a gratuidade no Restaurante Popular para a população em situação de rua assistida pelo Centro POP. “Achamos importante dar continuidade ao benefício para estas pessoas e o secretário se mostrou sensível ao tema. Ele prometeu avaliar a possibilidade e viabilizar assinatura de um Termo de Cooperação Técnica para permanecer com as gratuidades”, contou Munir.
O Restaurante Popular funciona normalmente no Aterrado, mas quando passar para a gestão estadual, terá capacidade de ofertar até 500 cafés da manhã por dia, ao preço de R$ 0,50. Também serão servidos até mil almoços por R$ 1.

Em manutenção


A secretaria de Cultura de Volta Redonda está aproveitando o recesso escolar de janeiro para fazer a manutenção em equipamentos culturais, onde o público-alvo é formado por estudantes. O Memorial Zumbi e a Biblioteca Municipal, que ficam na Vila, passam por reparos na infraestrutura e recebem serviços internos até a próxima segunda, 17.
A Biblioteca Municipal Raul de Leoni, mais que receber pequenos reparos, está fechada para que a equipe que atua no local intensifique a digitalização de livros para ampliar o acervo disponível nas plataformas digitais. Hoje, cerca de 10 mil exemplares, que compõem o acervo das duas bibliotecas, podem ser consultados on-line pelo público em geral, no site: https://cultura.voltaredonda.rj.gov.br, aba Biblioteca Online.
O sistema, que permite aos usuários consultarem virtualmente exemplares disponíveis por meio do site da secretaria de Cultura de Volta Redonda, foi lançado em comemoração ao Dia Nacional do Livro, celebrado em 29 de outubro. A “Biblioteca On-line” é um sistema virtual para consulta de exemplares nas duas bibliotecas municipais de Volta Redonda: Raul de Leoni e Estação Cidadania.

Zoológico é a opção para as férias escolares
O Zoológico de Volta Redonda está disponibilizando atividades especiais para o período das férias. A grande novidade é que a partir de terça, 18, os pedalinhos do Zoo voltarão a ser oferecidos ao público. Segundo Jadiel Teixeira, coordenador do zoo, devido às chuvas não foi possível reabrir o espaço esta semana. “Estamos fazendo a limpeza de alguns espaços no peladinho para que possamos retornar já na próxima semana”, disse Jadiel Teixeira, coordenador da unidade.
Outra novidade são as atividades desenvolvidas pela secretaria de Cultura, através do projeto ‘Desenhando no Zoo’, para crianças desenharem e pintarem livremente, estimulando a criatividade e as habilidades artísticas. Tem mais. Cerca de 50 livros estarão disponíveis para leitura no zoológico. As atividades vão até o dia 30 de janeiro.

Artigo anteriorRecicláveis da CSN
Artigo seguinteProcissão suspensa
ARTIGOS RELACIONADOS

À procura de vagas

Curtas

Vai uma gelada?

LEIA MAIS

Lazer

Mudo e com a mão no bolso

Seja bem vindo!
Enviar via WhatsApp