Curtas 1258

‘Mulheres: Mãos à Obra’
Em reunião com o prefeito Neto, os titulares da secretaria de Políticas para Mulheres, Idosos e Direitos Humanos (Smidh) e da Fevre (Fundação Educacional de Volta Redonda) acertaram a retomada do projeto ‘Mulheres: Mãos à Obra’, lançado em 2011. A ideia é voltar a oferecer cinco cursos gratuitos na área de construção civil para as volta-redondenses. “Estamos resgatando importantes projetos para a população e esse, além de valorizar, vai ampliar as oportunidades para as mulheres ingressarem no mercado de trabalho”, justificou Neto.
Serão disponibilizados cursos profissionalizantes, geridos pelo Centro de Qualificação Profissional Aristides de Souza Moreira (CQP), de pedreiro, eletricista predial, bombeiro hidráulico, acabamento e revestimento predial, além de pintura. O primeiro, o de pedreiro, deverá começar em agosto. Cada curso deve durar cerca de três meses, com certificação da Fevre.
As participantes receberão vale-transporte e material, sendo que uma aula inaugural está prevista para acontecer no próximo dia 16, véspera do aniversário da cidade do aço. Segundo a secretária de Políticas para Mulheres, Idosos e Direitos Humanos, Glória Amorim, o projeto chegou a qualificar 80 mulheres no mandato anterior do prefeito Neto. “Queremos levar a essas mulheres a possibilidade de ter um rendimento mais rápido. Como a secretaria é de políticas públicas, a ideia é fazer essa política pública de igualdade de gênero. Dar autonomia, empoderar, elevar a autoestima da mulher”, explicou.

 

Leilão de 123 veículos
A Guarda Municipal de Volta Redonda vai promover um leilão on-line no dia 27, a partir das 11 horas, de 123 veículos apreendidos e removidos por infrações relacionadas ao código de trânsito. De acordo com o comandante da GM, João Batista, todos foram vistoriados pelo Detran/RJ e os proprietários foram notificados, tendo o prazo de 30 dias para regularizarem todas as pendências para retirarem seus veículos.
“Os veículos foram recolhidos por diversos motivos, sendo mais comum os por abandono, trazendo transtornos à população, pois eram utilizados para atos ilícitos, além de contribuir para a proliferação de animais peçonhentos”, explicou, citando que entram nestes dados, motocicletas que foram recolhidas por seus condutores não possuírem CNH (Carteira Nacional de Habilitação), ou estarem com os equipamentos de segurança inexistente ou inoperante.
Serão leiloados 72 motos, 7 carros para serem regularizados pelos arrematantes e 43 veículos como sucata para serem prensados (somente empresas especializadas no ramo de prensagem). Para participar, os interessados devem se cadastrar desde já pelo site www.edgarcarvalholeiloeiro.com.br. A visitação será permitida nos dias 22, 23 e 26 de julho, das 9 às 11h30min, e das 14h30min às 17 horas.

 

SuperaRJ
A Defensoria Pública do Rio e o governo do Estado criaram um canal para resolver problemas para quem teve negado o pedido de auxílio de renda mínima oferecido pelo Estado, o SuperaRJ. A contestação poderá ser solicitada a partir do app Defensoria RJ e da Central de Relacionamento com o Cidadão (CRC), através do 129, e será encaminhada pelos(as) defensores(as) diretamente ao gabinete instituído.
A iniciativa foi organizada pelas coordenações Cível e do Núcleo de Fazenda Pública e Tutela Coletiva da Capital. Segundo a Defensoria, o fluxo se dará a partir do recebimento da reclamação, informada pelo defensor por meio de um formulário e repassada ao gabinete do SuperaRJ.
A partir da consulta aos órgãos responsáveis, o recurso será examinado pelo Estado no prazo de sete dias e, caso seja mantido o indeferimento, o próprio gabinete do SuperaRJ submeterá a decisão à Câmara de Conflitos para análise das informações. O resultado definitivo será enviado por e-mail.
O SuperaRio é um auxílio do governo do estado que pode ser solicitado por pessoas com renda familiar mensal per capita igual ou inferior a R$ 178 e inscritas no CadÚnico nas faixas de pobreza extrema ou pobreza; trabalhadores que tenham perdido vínculo formal de trabalho com salário mensal inferior ao valor de R$ 1.501, a contar de 13 de março de 2020, e estejam sem qualquer outra fonte de renda. O desempregado já pode solicitar o benefício no mês posterior à última parcela do seguro-desemprego, caso se enquadre nas demais exigências; profissionais autônomos, trabalhadores de economia popular solidária, agricultores familiares, microempreendedores individuais, agentes e produtores culturais, aos profissionais autônomos, inclusive os agentes e produtores culturais, às costureiras, cabeleireiros, manicures, esteticistas, maquiadores, artistas plásticos, sapateiros, cozinheiros, massagistas, empreendedores sociais e os negócios de impacto social, desde que cumpram um dos itens anteriores.
São nove parcelas até janeiro de 2022. Os pagamentos são operacionalizados a partir da entrega de um cartão e a conta pode ser monitorada através do aplicativo, permitindo transferências ilimitadas. Os saques podem ser feitos em caixas 24h, sendo permitido um por mês. A partir do segundo saque uma tarifa é cobrada.
O beneficiário recebe R$ 200 com adicional de R$50 por filho menor, limitado a dois filhos. Famílias incluídas no conceito de pobreza extrema, cadastradas no CadÚnico, e responsáveis por crianças ou adolescentes, pessoas com deficiência e idosos e que não sejam beneficiárias do Bolsa Família ou outro benefício concedido pelo Governo Federal, exceto beneficiário de auxílio emergencial federal/municipal fazem parte dos grupos prioritários para o pagamento.
Todas as informações sobre o benefício estão disponíveis aqui: https://www.superarj.rj.gov.br/

 

Contrata-se médicos
A Associação dos Aposentados e Pensionistas de Volta Redonda está contratando médicos para trabalharem em Volta Redonda e também no Posto Avançado de Barra do Piraí. As vagas são para ‘pessoas jurídicas’ que prestem serviços nas áreas de homeopatia, reumatologia e urologia para o Centro de Saúde da cidade do aço. E de angiologia, cardiologia, otorrinolaringologia, psiquiatria, reumatologia e urologia para a cidade vizinha.
Os interessados em participar em Volta Redonda deverão enviar currículo para a Comissão Permanente de Análise para Prestação de Serviços, à Rua 535, nº 835 – Jardim Paraíba – Volta Redonda – CEP 27215-450. O envelope deverá conter externamente a seguinte identificação:
Associação dos Aposentados e Pensionistas de Volta Redonda;
Centro de Prevenção à Saúde do Idoso;
À Comissão Permanente de Análise para Prestação de Serviços;
Carta convite n.º 001/2021.
Já os de Barra do Piraí podem encaminhar currículo à Comissão Permanente de Análise para Prestação de Serviços, Rua Cristiano Otoni, nº 206 – Centro – Barra do Piraí/RJ – CEP 27123-240. O envelope deverá conter externamente a seguinte identificação:
Associação dos Aposentados e Pensionistas de Volta Redonda;
Posto Avançado Carlos Pereira Braz;
À Comissão Permanente de Análise para Prestação de Serviços
Carta convite n.º 002/2021.
O Edital está disponível em www.aapvr.gov.br. Já as dúvidas poderão ser esclarecidas pelos telefones (24) 2102-1987 (Volta Redonda) ou (24) 2443-9004 (Barra do Piraí).

Deixe uma resposta