quinta-feira, novembro 25, 2021
HomeColuna SocialColuna Social

Coluna Social

A volta-redondense Ana Júlia de Andrade Oliveira (ver foto), de apenas 16 anos, nova Miss Teen eleita pelo Miss Mister Top Star Brasil 2021, ressaltou que a cultura dos concursos de beleza está cada vez mais em evidência. Segundo ela, a competição não envolve apenas a aparência física, mas leva em consideração a postura das candidatas diante da sociedade e as causas sociais. Com o título de Miss Mister Top Star Brasil 2021, que ocorreu entre os dias 8 e 10 de outubro, Ana Júlia já soma quatro títulos e busca o quinto, o Miss Universo Rio de Janeiro 2023.
De acordo com a jovem, começar a competir aconteceu de forma natural, através de divulgações no Instagram. Após participar do primeiro, tomou gosto e não parou mais. “Minhas redes sociais começaram a crescer e ter mais movimentação”, disse Ana Júlia, que mora na Sessenta. “Para concorrer neste concurso, além de ter que aprender inglês, também é necessário estar engajado em uma causa social, usar a faixa e a coroa para algo maior que nós mesmas. Temos que ter representatividade. É muito mais que um simples concurso de beleza”, avaliou, explicando que os concursos possibilitaram a ela um crescimento significativo no Instagram (@oliveiraa.anajulia). “O foco é usar a internet para crescer como influenciadora, investir em marcas e parcerias para ter cada vez mais retorno e conseguir ajudar outras pessoas a crescerem também”, citou, dando uma dica para quem deseja concorrer. “Se preparar, acreditar em si e nunca desistir são coisas fundamentais para alcançar qualquer sonho”, finalizou.

 

Dia Nacional do Doador Voluntário
O Núcleo de Hemoterapia de Volta Redonda vai promover, entre os dias 22 e 26, a Semana do Doador Voluntário de Sangue, com destaque para o dia 25, quando vai comemorar o Dia Nacional do Doador Voluntário. A ideia é simples: aumentar as doações de sangue no período que antecede as festas de fim de ano, quando a demanda por hemocomponentes é maior. O Banco de Sangue funciona no Hospital São João Batista e a captação de doadores é feita das 7 às 13 horas, de segunda a sexta.
O coordenador técnico do Núcleo de Hemoterapia, o médico hematologista Luiz Gonzaga Lula de Oliveira Lima, afirmou que a campanha pretende conscientizar a população sobre a importância de doar sangue e, principalmente, valorizar o doador voluntário. “Estas pessoas altruístas, que comparecem para doar espontaneamente, merecem nossos agradecimentos e os parabéns. Elas fazem a diferença, salvam vidas”, disse.
Dr. Lula, como é conhecido, acrescentou que, desde julho, período em que passou a comandar o Banco de Sangue de Volta Redonda, existe um déficit de doações em relação às transfusões realizadas. “O ideal seriam 600 doações por mês e, de maio a outubro deste ano, setembro foi o mês com mais coletas, 426 no total, e mesmo assim o número de transfusões foi maior”, contou, lembrando que doar sangue não oferece risco ao doador, que, antes de fazer o procedimento, passa por triagem clínica. “O Núcleo de Hemoterapia de Volta Redonda conta com equipe multiprofissional e é responsável pela captação, coleta, processamento, imunohematologia e expedição das bolsas. Apenas a sorologia é feita no HemoRio”, destacou.
Quem pode ser doador de sangue
Pessoas entre 16 e 69 anos (menores de 16 e 17 anos precisam da autorização dos pais ou responsáveis);
Estar em boas condições de saúde (quem apresentar febre, gripe ou outras infecções não deve doar sangue;
Pesar no mínimo 50 kg;
Estar descansado (ter dormido pelo menos 6 horas nas últimas 24 horas);
Estar alimentado (se comer alimentos gordurosos, é necessário aguardar por 3 horas antes de doar);
Apresentar documento original com foto, que permita o reconhecimento do candidato, emitido por órgão oficial;
Aguardar 2 dias se foi vacinado contra a Covid-19 com a vacina CoronaVac;
Aguardar 7 dias se foi vacinado contra a Covid-19 com outro imunizante.

A secretaria de Cultura de Volta Redonda, em parceria com o UniFOA, deu início à Semana da Consciência Negra com o lançamento do documentário “Palmares, da Palha ao Concreto: uma História de Resistência”. O curta-metragem, que foi exibido na noite de quinta, 18, na sede do Clube dos Palmares, foi produzido por alunos do terceiro ano do curso de Publicidade e Propaganda da Instituição.
O documentário conta a história de luta do Clube, pioneiro no movimento negro em Volta Redonda. “A memória do clube com a história de sua fundação foi contada de forma muito sensível. É um presente para a história do povo negro não só da nossa cidade, mas também do nosso país”, disse o secretário de Cultura, Anderson de Souza.
Além disso, no dia do lançamento também houve uma exposição de fotos feita por um aluno do curso, Mário Sérgio Bruno, durante as gravações do curta. Logo em seguida, o material foi exibido no Memorial Zumbi dos Palmares, na Vila, e disponibilizado à secretaria de Educação (SME), passando a fazer parte do acervo cultural do município.
O Clube dos Palmares foi fundado em 1965 e surgiu com o propósito de não ser apenas um lugar de lazer, mas um lugar que proporcionasse a liberdade e integração social do cidadão afrodescendente da região, já que na época as pessoas negras haviam sido proibidas de entrar nos “clubes de brancos”.

O Ginásio Municipal de Skate Fernando Schmidt, localizado no Jardim Tiradentes, será palco, no próximo dia 28 de novembro, a partir das 8 horas, do maior campeonato de skate do interior do estado do Rio, o ‘Roots Boards em Chile’. O evento é organizado pela Associação dos Skatistas de Volta Redonda, com apoio da secretaria de Esporte e Lazer (Smel).
O ‘Roots Boards em Chile’ vai distribuir cerca de R$ 5 mil em prêmios como skates, shapes, rolamentos, roupas, entre outros, além de uma passagem para o Chile, que será do vencedor da categoria Amador. Além desta, as outras categorias da competição são: Mirim; Iniciante; Feminino; Master. A abertura do evento será às 8 horas, e a competição está prevista para iniciar às 9 horas.
As inscrições podem ser feitas via mensagem pelo Instagram da associação (@askvr2021), com taxa de R$ 20 + 1kg de alimento para qualquer categoria. Também serão aceitas inscrições presenciais no dia do evento, podendo ser feitas antes do início das provas de cada categoria.

Previous article‘Deu certo’
Next articleQuando o menos é mais
ARTIGOS RELACIONADOS

Lazer

Lazer

LEIA MAIS

COMENTÁRIOS RECENTES

Seja bem vindo!
Enviar via WhatsApp