Bate bola – Sérgio Luiz

Olha aí a seleção da LDVR – Liga de Desportos de Volta Redonda em 1961. A foto foi tirada no Raulino de Oliveira e pertence ao acervo do Cid. Em pé da esquerda para a direita: Raul, Eli, Romero, Marreta, Cid e Murtha. Agachados: Coração, Neném, Alan, Waltinho Maleco e Loló.

 

Dever de casa

O Voltaço fez direito o dever de casa ao derrotar o time do Altos (PI) por 2 a 1, gols de Emerson Jr e MV, na estreia no segundo turno da série C. Não devolveu o placar do primeiro turno, quando foi derrotado, por 3 a 0, mas foi suficiente para colocá-lo na liderança do grupo A, agora com 17 pontos.
Foi sem dúvida uma grande vitória, e no momento certo, haja vista que o time vinha preocupando o torcedor, devido à série de empates acumulados, num total de cinco, contra quatro vitórias ao longo do primeiro turno. O time mostrou tranquilidade ao sofrer o empate, não se abalou e conseguiu a vitória com muita raça. ?
A expectativa agora é que o time possa engrenar de vez, e que supere as suas limitações com a mesma disposição. O próximo adversário é o Manaus, amanhã, domingo, às 16 horas, na capital amazonense.
Uma nova vitória seria excelente, porém, um empate também será um bom resultado. Afinal, vencendo em casa e pontuando fora, o Voltaço terá grandes chances de se classificar para próxima fase. É esperar e torcer. Quem viver verá!

Reforços
A diretoria anunciou uma série de contratações. O zagueiro Dilsinho, 30 anos, ex-Portuguesa, chega para substituir Gabriel Pereira que foi emprestado ao futebol português. Outros reforços: o atacante Rafael Tanque, 29 anos, formado no Palmeiras; atacante Pedrinho, que esteve no clube em 2020, quando deixou o clube na mão e se mandou; e ainda o atacante Olávio, 27 anos, vindo do Atlético Cearense, com fama de goleador. Tomara que sejam mesmo reforços.

Adversários
Próximos jogos do Voltaço: dia 14, contra o Botafogo (PB), às 17 horas, no Raulino; dia 22, contra o Paysandu. Os demais, contra Santa Cruz, em Recife; Ferroviário, em casa; Jacuipense e Floresta, fora; e Tombense, no Raulino, inda não tem data definida.

Classificação
Veja como anda a tabela no grupo A: 1º Voltaço com 17, 2º Botafogo, com 16, 3º Paysandu, com 16, Ferroviário, com 16, 5º Manaus, com 14 e Tombense em 6º com 14 pontos. Muito embolado, e com todos tendo chances de classificação.

História
No interior mineiro, num jogo à noite, duas equipes decidiam o campeonato local. Casa cheia, jogo duro e o placar insistia em ficar 0 a 0. Aos 44 do segundo tempo, Deco Tijolão, cracaço e ídolo na cidade, arrancou do meio-campo e foi driblando todo mundo. Ao entrar na área, quando ia chutar, as luzes se apagaram. Expectativa total. Quando a luz voltou, o juiz estava no meio de campo, dando o gol. Revoltados, os visitantes partiram para cima do juiz: “Como o senhor pode dar o gol se a luz apagou e ninguém viu a bola entrar?”. Sem pestanejar, o juiz, convicto da decisão, alegou: “Pelo que eu conheço do Deco Tijolão, dali ele não perde. Seria uma injustiça se anulasse.” É mole?

Marroni
O Atletico-MG finalmente acertou a venda do atacante Marrony para o Midtylland da Dinamarca.A equipe mineira ficará com 3,6 milhões de euros (R$ 21,9 milhões), correspondente ao seu percentual nos direitos de Marrony, 80%. Vasco e Volta Redonda irão dividir o restante da venda. O Cruzmaltino terá direito a 630 mil euros e o Voltaço 270 mil euros (cerca de R$ 1.668,00); Fonte: Lance.

Sub 17
O Estádio Raulino será palco da primeira partida decisiva entre Flamengo e Vasco, pelo título do brasileirão sub17. O jogo está marcado para dia 16, segunda, às 20 horas. Detalhe: sem público.
E por falar no Flamengo, a diretoria rubro negra pretende trazer para o Raulino de Oliveira, alguns jogos do brasileirão, contra clubes de menor expressão. Porém, quer que o prefeito Neto libere o estádio para receber o torcedor. Será?
Renúncia
O vice-presidente do Conselho Deliberativo do Voltaço, Gelver Gilliardi entregou sua carta de renúncia. Alegou problemas particulares para se afastar. Quem assumirá a sua vaga será o suplente, Elson Roberto, ex-jogador. A propósito, outro ex-jogador que deverá a assumir um cargo no Conselho Deliberativo é Manu, suplente do saudoso Paulo Pires. O Conselho vai aos poucos se renovando.
Dose dupla
A diretoria do Voltaço informou que o clube terá dois gerentes de futebol. O atual, o ex-treinador Wilson Leite dividirá as funções com o ex-gerente Zada, que retornou de Portugal. Aliás, coincidência, Zada chegou e o zagueiro Gabriel Pereira foi para Portugal. Confesso que nunca vi ou ouvi essa de dois gerentes em clube nenhum. Não vai dar certo!

Bola fora
Para alguns dito cujos que se intitulam “empresários” e que andam levando os garotos do Voltaço para o Rio de Janeiro. Resta saber quem autoriza a saída dos garotos e quanto o clube anda ganhando com a estratégia, que parece mais uma jogada de espertalhões.

Bola dentro
Para os nossos medalhistas, que elevaram o nome do esporte brasileiro nas Olimpíadas de Tóquio, principalmente os de Volta Redonda, Caio Souza, e de Resende, Matheus Gonche. Valeu o sacrifício, a superação e a dedicação de todos, inclusive, dos que não conseguiram uma medalha. Parabéns a todos.

Deixe uma resposta