Bate bola – Sergio Luiz

Este era o timaço do Guarani E.C., campeão da LDVR em 1961. A foto pertence ao Cid.

En pé da esquerda para a direita: Elson, Emerson, Raul, Eli, Cid, Toninho Marreta, Lú e Murta. Agachados: Tião Careca, Waltinho Maleco, Coração, Benício e Loló.

 

Foi bom, mas poderia ser melhor

O Voltaço foi a Fortaleza e trouxe um ponto ao empatar por 1 a 1 com o Ferroviário. O resultado foi bom, afinal um ponto fora de casa é importante em uma competição difícil como a série C do Brasileirão. Mas, poderia ter sido melhor. O Voltaço não jogou bem, e mesmo assim saiu na frente com um gol do novato Rômulo Cabral e só tomou o gol de empate no final do jogo. O ponto obtido colocou o tricolor de aço no G4 na quarta colocação do grupo A, com 9 pontos, dois pontos apenas do líder, o Paysandu com 11, seguido do Manaus com 10 e empatado com o terceiro, o Tombense, que leva vantagem no saldo de gols 4 a 3.
Agora o Voltaço terá dois jogos em casa, contra o Jacuipense e o Floresta para fechar o turno contra o Tombense, em Tombos. Não pode desperdiçar a oportunidade de assumir a liderança do grupo e precisa conquistar pelo menos 7 dos 9 pontos que vai disputar para fechar com chave de ouro o primeiro turno. Só não pode é dar bobeira. Quem viver verá!

Reforços
A diretoria do Voltaço anunciou a contratação de mais dois reforços: O goleiro Jeferson (ex-Resende) e o atacante Diogo Cardoso, formado na base do Santos.

Saulo Mineiro
O Ceará vendeu Saulo Mineiro, ex-atacante do Voltaço, para o Yokohama, do Japão. Segundo o site TNT Sports, por 1,5 milhões de dólares, cerca de R$ 7 milhões e 845 mil, por 80% do passe do jogador. Como o Ceará detém 70% dos direitos econômicos do craque, o Voltaço vai receber 10%, algo em torno de R$ 780 mil. Os outros 20% são do jogador.

Dívida
A grana que o Voltaço deve receber com a venda de Saulo já tem endereço certo: deverá ser usada para pagar uma série de ações trabalhistas, como R$ 568 mil a Sergio Ricardo Negrão, que disputou a Superliga de Voleibol pelo Volta Redonda. Tem mais. Deve R$ 287 mil a Rômulo Reno Farias e R$ 500 mil a Giovani Balliana.

História
Certa vez meu amigo e narrador Oscar Nora fazia a abertura de uma jornada esportiva do jogo entre Voltaço e Flamengo, no Raulino. Com muita empolgação, perguntou a um jovem repórter “E aí fulano, o jogo vai começar e ainda tem muitos torcedores para entrar no estádio?”. O desligado e inexperiente coleguinha detonou a pérola: “É verdade, muitos RETARDA-DOS, vão chegar atrasados”. Querem saber quem foi? Sinto muito, mas jamais direi que fui eu. Mas desminto! Tenho dito.

Clube formador
A CBF atualizou no dia 7 de julho a lista dos times com certificado de clube formador (CCF). O documento é um catálogo das equipes especializadas na formação de jogadores. O nome do Volta Redonda não aparece na lista. Com a palavra a diretoria do tricolor de aço…
Reta final
Anotem os próximos jogos do Voltaço. Dia 18, domingo, encara o Floresta (CE), no Raulino e encerra o primeiro turno contra o Tombense fora de casa. Pedreira pura.

Bola fora
Para o nível dos jogos da Copa América, mostrando a decadência do futebol sul-americano. Pior: Até a seleção do Tite não tá jogando nada. Parece time ‘catado’ de última hora só para valorizar os ‘craques’ alguns craques que estavam sumidos…

Bola dentro
Para os jogos da Euro Copa. Mostram a evolução do futebol europeu, deixando a todos nós, brasileiros, preocupados com o que teremos pela frente na Copa do Mundo de 2022.

Deixe uma resposta