Abrigo Pinguilim

Desde o início de julho, a secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos de Barra Mansa vem oferecendo um espaço para atender a população de rua durante o inverno. O local oferece alimentação e pernoite, higiene pessoal, banho quente e área de convívio, além de contar com uma equipe técnica com psicóloga e assistente social.
Localizado no Siderlândia, o abrigo está funcionando desde o dia 1º de julho e será inaugurado oficialmente neste sábado, 31, em evento que deverá contar com a presença do secretário estadual de Assistência Social, Matheus Quintal. O local receberá o nome do falecido empresário Mário Antônio de Carvalho, carinhosamente conhecido como Pinguilim.
O prefeito Rodrigo Drable falou da importância de se ter um espaço para acolher as pessoas em situação de rua. “Nos preocupamos com a situação dos moradores de rua. A Assistência Social está percorrendo Barra Mansa para atender essas pessoas, que tanto sofrem com o frio. É importante que elas procurem o abrigo, que elas utilizem esse serviço da prefeitura. Lá elas serão muito bem tratadas e encontrarão roupas, comidas e socialização”, afirmou.
Atualmente, a secretaria de Assistência Social oferece dois tipos de atendimento no abrigo municipal: o permanente, onde o usuário pode ficar 24 horas, e o de inverno, onde é realizada a pernoite. Para aqueles que precisarem se abrigar das noites de frio, a van começa a circular às 18 horas e pega os usuários no Restaurante Popular, Praça da Matriz, Gari da Estação e Beira Rio. Em respeito aos protocolos de combate à Covid-19, o espaço é higienizado diariamente e é disponibilizado álcool e máscaras aos usuários.
O secretário de Assistência Social, J. Chagas, falou sobre o trabalho que a secretaria vem realizando durante o período de frio. “Durante a chegada dessa frente fria, a secretaria de Assistência Social mantém o mesmo direcionamento desde o início do inverno, como vagas noturnas e abrigamento temporário, com janta e café da manhã. Cuidamos de todos os detalhes para que eles sejam bem recebidos, como distribuição de kits de higiene, roupas e buscamos eles em uma van em pontos já estabelecidos. Também estamos oferecendo algum suporte para aqueles que optarem por permanecer nas ruas, com a distribuição de cobertores, roupas, agasalhos e toucas de crochê”.
Além do abrigo, as pessoas em situação de rua contam com o Centro Pop, no bairro Bom Pastor, onde é oferecido almoço, café da tarde e espaço para lavagem de roupa, higiene pessoal e descanso, além de auxílio para confecção de currículos e inscrição para vagas de emprego. O local funciona das 8 às 17 horas e fica na Rua Francisco Amaral de Souza, nº 08.

Deixe uma resposta