quarta-feira, julho 17, 2024
CasaGERALINB recebe alunos de programa universitário internacional do setor nuclear na Fábrica...

INB recebe alunos de programa universitário internacional do setor nuclear na Fábrica em Resende

A Indústrias Nucleares do Brasil recebeu a visita de 79 estudantes de 29 países do programa Summer Institute da World Nuclear University (WNU). Eles foram divididos em grupos e recebidos pelos diretores do Combustível Nuclear (DCN), Reinaldo Gonzaga, e de Enriquecimento Isotópico (DTE), Marcos Fricks.
O Summer Institute é um programa imersivo de liderança nuclear e desenvolvimento profissional de cinco semanas para futuros líderes do setor e uma iniciativa da World Nuclear Association (WNA). As visitas foram acompanhadas pela gerente de desenvolvimento e liderança da WNA e diretora da WNU, Isis Leslie e da líder do programa da WNA, Raquel Heredia.

Na visita à fábrica da INB, em Resende, os estudantes assistiram duas palestras sobre Combustível Nuclear. A primeira com o engenheiro mecânico, Benito Cozzolino, que falou sobre todas as atividades, unidades e futuros negócios da INB e Fricks sobre o enriquecimento de urânio.

O diretor de Enriquecimento Isotópico ressaltou que a visita é uma oportunidade de alunos do mundo todo conhecerem de que forma a INB contribui para o setor nuclear através do ciclo do elemento combustível. “É importante que os estudantes conheçam nossa capacidade, que vai desde o processo de mineração, passando pela conversão – conhecimento que já possuímos e precisamos ampliar para larga escala – e o enriquecimento, que é um conhecimento sensível e nós detemos essa tecnologia. E ainda o restante da fase do ciclo, que é a transformação em pó e a preparação de pastilhas para montagem de dois tipos de combustível. É uma oportunidade de apresentarmos a eles como a tecnologia no Brasil é avançada”, afirmou Fricks.

Raquel Heredia explicou que os alunos já são profissionais que têm experiência de mais de quatro anos no setor nuclear em seus países e participam do programa para conhecerem outras instituições e saberem de qual forma cooperar internacionalmente. “Assim podemos melhorar o que nós temos na indústria nuclear global”, finalizou.
Mais informações em https://www.wnu-summer-institute.org/.

ARTIGOS RELACIONADOS

De 19 a 28 de julho

Mais uma

Com QR Code

LEIA MAIS

Seja bem vindo!
Enviar via WhatsApp