Hora de lazer… e política

Rodrigo Drable leva Cláudio Castro em tour pelas obras da cidade

A quinta, 10, foi um dia de festa em Barra Mansa, com direito a um passeio do governador Cláudio Castro, ciceroneado pelo prefeito Rodrigo Drable, até pela famosa linha do trem que tantos inconvenientes ainda causa à população local. Sorte é que ela está por um fio. “O Pátio de Manobras tem registros de discussão sobre a necessidade da sua readequação desde o início do século passado”, pontuou Drable mostrando a importância da obra.
Durante o passeio, acompanhado por uma penca de políticos locais, secretários, vereadores e deputados estaduais, como Marcelo Cabeleireiro, Castro acabou conhecendo as ações de vacinação contra a Covid-19, o Projeto Música nas Escolas, a Clínica de Oncologia de Barra Mansa (Oncobarra), além de acompanhar a execução das obras de restauração do Palácio Barão de Guapy, a instalação das novas UTIs (Unidades de Terapia Intensiva) da Santa Casa e, como virou ponto obrigatório, foi checar a fabricação do premiado Gin Amázzoni Maniuara, no distrito de Floriano.
Um dos pontos que mais agradaram Castro foi a visita ao galpão do bairro Roberto Silveira. “Este é um galpão que era visto como um problema, uma área ocupada pelo tráfico e consumo de drogas, um espaço próximo à prefeitura, mas completamente degradado. Com as intervenções que estão acontecendo, pode se tornar um equipamento importante para a cidade, sendo utilizado para o turismo e a gastronomia. A gente pode ter aqui uma área de restaurantes, com estacionamento em volta. Aproveito para apresentar o local ao nosso secretário de Turismo do Estado, Gustavo Tutuca, e ao nosso governador, a fim de que nos ajudem a pensar e executar um projeto a ser desenvolvido em uma área nobre da cidade e que pode se tornar realmente um atrativo muito importante, um novo ativo da cidade para o turismo”, detalhou Drable, como um bom guia turístico.
O prefeito e o governador foram também até as instalações do antigo Restaurante Cidadão, no Centro, equipamento público que está fechado há mais de cinco anos e que, dependendo do que conversaram, pode ser reaberto dentro em breve. Logo depois, foram visitar o Palácio Barão de Guapy, prédio histórico que passa por uma restauração completa. As obras preservam as características arquitetônicas originais e incluem a recuperação da fachada e do piso térreo, pintura, nova rede elétrica, climatização e uma área de lazer.
No seu pronunciamento, Drable voltou a falar do descaso e abandono que o município enfrentava antes da sua gestão. “Esse prédio (Palácio Barão de Guapy) estava caindo, essa rua ainda era aberta, e eu vivi tempos com o coração apertado, temendo que nós perdêssemos um patrimônio como esse. O jardim, completamente decrépito. Nós tínhamos uma saúde que não funcionava e o barra-mansense, quando ficava doente, ia buscar atendimento em Volta Redonda. Esse fluxo mudou, governador. Quando nós assumimos a prefeitura, em 2017, a gente pegou uma realidade muito difícil, mas com um grupo muito determinado a fazer as coisas darem certo”, pontuou.
Drable foi além. “A saúde que não funcionava se tornou referência na região, não só agora com a pandemia da Covid. Nós temos o maior serviço cardíaco do estado, temos o Hospital do Câncer, que salva vidas. Essa realidade foi transformada quando nosso secretário de Saúde, Dr. Sérgio Gomes, sonhou ter em Barra Mansa um Hospital do Câncer, e nós atendemos com extrema qualidade, inclusive pacientes de várias localidades do Estado. E eu posso falar isso do serviço cardíaco e também da hemodiálise. Os postos de saúde que nós estamos construindo e reformando são modelos melhores do que muita clínica particular. Nós tínhamos duas UPAs fechadas. Agora, o Ministério da Saúde apontou a UPA Centro como a quarta mais produtiva do Brasil; e custa menos da metade do que custava cinco anos atrás”.
Rodrigo Drable e Cláudio Castro seguiram para a Santa Casa de Misericórdia, onde o governador conheceu os serviços oferecidos na Oncobarra e a implantação do novo Centro de Tratamento Intensivo (CTI), permitindo o aumento de cirurgias cardíacas, oncológicas, entre outros procedimentos. O novo espaço contará com leitos de UTI, centro cirúrgico e pronto-socorro.

Deixe uma resposta