segunda-feira, junho 27, 2022
CasaEditoriasEsporteBate bola - Sergio Luiz

Bate bola – Sergio Luiz

Esta é a seleção de Barra Mansa F.C. em 1963. Pertence ao Marinheiro, o maior acervo esportivo de Barra Mansa. Em pé, da esquerda para a direita: José Carlos, Nelson, Mariano, Raimundo Braga, Piranguinha e Hamilton. Agachados: Alexandrino, Badu, Odir, Maurino e Darci

Tropeça, mas não pode cair

A derrota de 1 a 0 para o ABC-RN, até prova em contrário, pode ser considerada normal dentro de uma competição longa como a série C do Brasileirão. Outras ocorrerão. O que não pode é que sejam em sequência. Uma, duas, três seguidas. Aí vai tudo pro saco, o time se afasta do G4 e a classificação para a segunda fase da competição se torna mais difícil.
As justificativas, ou desculpas, não convencem. Muito menos quando entendem que a derrota para o ABC foi injusta, que o empate seria mais justo, como revelou o técnico Rogério Corrêa, que, curiosamente, reconheceu que o time não foi bem. Foi ou não foi? Aliás, no meu entendimento, justiça no futebol é bola na rede. Se perdeu gols, foi por incompetência. E se o adversário não desperdiçou uma das poucas oportunidades que teve, foi mais eficiente e venceu o jogo.
O negócio é ir corrigindo os erros e se impor, por exemplo, diante do Brasil-RS, amanhã, domingo, 14, às 18 horas, no Raulino de Oliveira. Dependendo dos demais resultados (e da reza), poderá voltar ao pelotão de frente da competição. É vencer ou vencer. Quem viver verá!

Adversários
Veja os próximos jogos do Voltaço pela série C: dia 22, domingo, em Belém, encara Paysandu, às 19 horas; dia 29, joga contra o Botafogo-PB no Raulino; e dia 5 de junho, enfrenta o Vitória-BA, no Barradão; dia 13, o adversário será o Remo, na cidade do aço. Os demais jogos continuam indefinidos.

Classificação
Após cinco rodadas, a série C apresenta o Mirassol na liderança, com 13 pontos; seguido do ABC –RN e Floresta, ambos com 10 pontos. O Ferroviário fecha o G4 com 9 pontos. O Voltaço está no 9º lugar, com 7 pontos.

Reforços
A diretoria do Voltaço anunciou a contratação do atacante Matheus Alessandro, 25 anos, ex-Boa Vista e que estava na Ponte Preta. Revelado pelo Fluminense, chega por empréstimo até o final da temporada. A estreia poderá ocorrer amanhã contra o Brasil-RS.

História
Essa é forte. Na década de 80, um conhecido zagueiro do Voltaço caiu em campo e levou a mão à panturrilha, como se estivesse sentindo câimbras. Imediatamente, foi atendido pelo doutor Cláudio Bittencourt, que lhe perguntou: “O que houve, rapaz?”. O orelhudo becão não titubeou: “Ai, ai, doutor, estou tendo contrações na barriga da perna”. O médico quase caiu sentado no gramado de tanto rir. Mas que botinada!

Fluminense
Joga hoje, sábado, 14, às 21 horas, contra o Atlético-PR, no Raulino de Oliveira.

Falecimento
Foi sepultado no domingo, 7, no Portal da Saudade, o corpo do ex-árbitro Edgar Mhel. Barrão tinha 81 anos e também jogou em diversos clubes amadores de futebol de campo e de salão. Foi um grande desportista. Descanse em paz!

LDVR
O campeonato amador de futebol de Volta Redonda entra nas quartas de final, com os seguintes jogos: Hoje, sábado, 14, jogam Inter Califórnia e Juventude, no São Luiz da Barra; Meninos da Vila x Talento Jovem, no São Geraldo; e Boleiros x Divisa, no Asa Negra. Todos às 15 horas. Amanhã, domingo,15, jogam Santos e Siderlândia, às 13 horas, na Água Limpa.

Série A2
O Voltaço derrotou o Maricá, na quinta, 13, por 2 a 0, com dois gols do artilheiro em partida realizada na cidade do aço. Com 100% de aproveitamento, duas vitórias, manteve a liderança do estadual da série A2, segunda divisão, com seis pontos. O próximo adversário será o Artsul, na quarta, 18, às 15 horas, no Nivaldo Pereira. Depois, o tricolor de aço fará dois jogos em casa. Dia 25, às 18 horas, contra o Gonçalense e no dia 1º de junho enfrenta o Sampaio Corrêa. Vale lembrar que para voltar à primeira divisão, o Voltaço terá que ser campeão da segundona do carioca.

Bola fora
Para o Procon e para os responsáveis pelos bares do Estádio Raulino de Oliveira, em dia de jogos, pois continuam abusando da paciência do torcedor. Os preços exorbitantes da latinha de cerveja quente e dos salgados R$10,00, refrigerantes R $7,00 e copo com água R$5,00, é uma tremenda sacanagem com quem vai assistir aos jogos. Um absurdo. Pior. Ninguém toma providência. Vale lembrar que foi a própria prefeitura que cedeu os espaços para o Voltaço explorar. Mas estão explorando demais. No jogo do Flamengo, com a presença de 13 mil torcedores, devem ter ‘deitado’ o cabelo.

Bola dentro
Para o gramado do Raulino de Oliveira. Está impecável! A administração do estádio, vejam só, contou com o reforço até dos agrônomos, que cuidam dos campos em que o Flamengo joga. Inclusive mandaram máquinas para fazer o corte e a marcação do gramado. E melhor: está suportando uma série de jogos programados.

Artigo anteriorCurtas 1302
Artigo seguinteAlerta total!
ARTIGOS RELACIONADOS

Bate bola – Sergio Luiz

Bate bola – Sergio Luiz

Bate bola – Sergio Luiz

LEIA MAIS

Grampos

Grampos Barra Mansa

Voltou a subir

Vagas abertas

Seja bem vindo!
Enviar via WhatsApp