quinta-feira, maio 26, 2022
CasaGERAL8% das que fecharam também

8% das que fecharam também

10% das empresas abertas no Brasil no ano passado são do Rio de Janeiro

No ano passado, mais de 370,4 mil novos pequenos negócios foram abertos no Estado do Rio, correspondendo a 10% do total das empresas abertas no país. Com isso, os pequenos negócios passaram a responder por 1,7 milhão de empreendimentos, sendo que 72% são MEI, 24% microempresas e 5% empresas de pequeno porte. No país, os pequenos negócios foram responsáveis pela abertura de 3,6 milhões de novos estabelecimentos, sendo que 79% são microempreendedores individuais (MEI), 18% microempresas (ME) e 4% empresas de pequeno porte (EPP). O Rio terminou o ano como o terceiro estado com mais empresas abertas no país, ficando atrás de São Paulo e Minas Gerais, conforme levantamento do Sebrae fluminense.
Para efeito de comparação, a quantidade de pequenos negócios abertos no Brasil no ano passado é 30% superior ao registrado em 2020 e 47% maior ao registrado em 2019. Já no Rio de Janeiro, o resultado representa um aumento de 13% de novos negócios abertos no estado em relação a 2020 e de 8% em relação a 2019. Esse número positivo no estado foi puxado pelo aumento da formalização dos microempreendedores individuais, que representou 85% dos pequenos negócios abertos em 2021.
“O setor de serviços concentrou o maior número de pequenos negócios abertos em todo o Estado do Rio de Janeiro (194.285) com destaque para cabeleireiros, manicure e pedicure, seguido pelo comércio (83.874) e indústria (62.939). Para quem decide empreender, os desafios são enormes, principalmente em um cenário complexo como o que vivemos. Por isso, é importante que o empresário procure inovar e aprimorar seus conhecimentos em busca da sustentabilidade do seu negócio. A capacitação será fundamental para que consiga um bom faturamento”, reforça o diretor-superintendente do órgão, Antônio Alvarenga.
Dez municípios concentraram 72% dos pequenos negócios abertos em 2021. Pena que nenhum deles tenha sido do Sul Fluminense: Rio de Janeiro (157.019), Duque de Caxias (18.327), São Gonçalo (18.212), Nova Iguaçu (17.752), Niterói (13.730), São João de Meriti (9.404), Campos dos Goytacazes (8.960), Belford Roxo (8.678 – abertura), Petrópolis (7.478) e Cabo Frio (6.195).
No estado, as atividades com o maior número de registros foram comércio varejista de artigos do vestuário e acessórios; cabeleireiros, manicure e pedicure; fornecimento de alimentos preparados preponderantemente para consumo domiciliar e promoção de vendas.
Atualmente, os pequenos negócios totalizam 18,5 milhões de empresas no Brasil, sendo 52% MEI, 28% microempresa e 6% empresa de pequeno porte.
Fechamento de empresas
Oito por cento dos pequenos negócios fechados no Brasil são do Rio de Janeiro. No país foram fechados mais de 1,3 milhão de pequenos negócios. Enquanto no Rio de Janeiro foram fechados mais de 110 mil pequenos negócios. As principais atividades que deram baixa no estado foram comércio varejista de artigos do vestuário e acessórios, promoção de vendas, fornecimento de alimentos preparados preponderantemente para consumo domiciliar; cabeleireiros, manicure e pedicure; e restaurantes, lanchonetes, casas de chá, de sucos e similares.

Artigo anterior171 em alta
Artigo seguinteNa bolsa
ARTIGOS RELACIONADOS

Mudo e com a mão no bolso

Estado

LEIA MAIS

Lazer

Mudo e com a mão no bolso

Seja bem vindo!
Enviar via WhatsApp