terça-feira, abril 16, 2024
CasaEditoriasBarra MansaRestaurante Popular de BM será o primeiro do estado a oferecer jantar

Restaurante Popular de BM será o primeiro do estado a oferecer jantar

“Vou jantar e comer até a sobremesa!”. Foi com essa metáfora, recheada de bom humor, que o prefeito Rodrigo Drable comentou a inauguração do novo Restaurante do Povo, marcada para o próximo dia 5 de abril, às 19 horas, em evento que deverá contar com a presença do governador Cláudio Castro. Localizada no centro de Barra Mansa, a unidade será diferente das demais, como a de Volta Redonda. Por um simples motivo: vai oferecer café, almoço e jantar. “Vale registrar que conseguimos fazer o contrato de menor valor por refeição, dentre todos do estado. Foi esse fator que nos permitiu ser o único ‘Restaurante do Povo’ de todo o Brasil com café da manhã, almoço e jantar. Com café a R$ 0,50 e almoço e jantar a R$ 1”, conta Drable, ao explicar, com exclusividade ao aQui, que o custeio mensal do restaurante será variável. “A remuneração do contrato (valor mensal a ser pago à empresa) será por refeições servidas”, detalhou.
E a empresa que se prepare para faturar. É que o novo Restaurante do Povo Irmã Ruth, nome oficial da unidade, deverá servir, inicialmente, cerca de 500 cafés, 1.000 almoços e 500 jantares por dia. Para que tudo corra bem, cerca de 15 funcionários foram contratados. Detalhe: como é o único que vai funcionar à noite– até às…horas– , há quem entenda que moradores de cidades vizinhas, como Volta Redonda, poderão aparecer para jantar em Barra Mansa, atraídos pela qualidade e, principalmente, pelo preço, R$ 1,00. “Acreditamos que o maior volume será constituído pela população assistida pela Secretaria de Assistência Social, idosos e comerciários”, avaliou Drable.
Indagado como se sentia ao estar prestes a inaugurar o novo Restaurante Popular de Barra Mansa, que encontrou fechado quando assumiu a prefeitura, em 2022, em substituição ao polêmico ex-prefeito Jonas Marins, Drable não se fez de rogado. “Na verdade, o governo passado deixou um legado de serviços encerrados e equipamentos fechados. Não foi só o restaurante. A UPA e todos os postos de saúde também estavam fechados. Na última terça-feira, dia 26, a UPA atendeu 927 pessoas em um único dia. Eu sinto orgulho da nossa equipe, que apagou aquela história desgraçada que nos foi deixada”, pontuou.
Quanto ao fato de a reabertura ter demorado tanto, Rodrigo Drable entende que ela demorou por conta do legado deixado pelo ex-prefeito de Barra Mansa (Jonas Marins, grifo nosso). “A demora foi consequência de tudo o que destruíram e tivemos que reconstruir. Lembre-se de que paguei mais de R$ 300 milhões em dívidas, e
ainda temos parcelamentos (a pagar) por mais alguns anos”, comparou.
No final da entrevista, Drable lembrou que o governo não vai parar de investir no setor. E anunciou que mais um posto do Café do Trabalhador será entregue à população de Barra Mansa. Mais precisamente na Vila Nova. “Vamos inaugurar mais um dentro de 15 dias”, avisou. “Desde o início do meu primeiro mandato eu me esforçava para reformar e reabrir o restaurante. Ele é muito importante para a população carente de Barra Mansa, para os idosos da região central, e mesmo para o cidadão que trabalha no comércio, mas tem dificuldades para se alimentar no Centro, pelos custos”, finalizou

ARTIGOS RELACIONADOS

LEIA MAIS

Seja bem vindo!
Enviar via WhatsApp