‘Puxando sardinha…’

Na manhã de quarta, 11, um evento reuniu políticos e empresários de Volta Redonda e Pinheiral. Quem não esteve presente pode imaginar a seguinte cena (que não ocorreu, é bom que se frise). À esquerda, o prefeito Ednardo Barbosa, devidamente perfilado em uma grande área pertencente ao seu município. À direita, representando Samuca Silva, cuja ausência não foi justificada, o vice-prefeito Maycon Abrantes, guardando um naco de terra da cidade do aço.
Entre eles, felizes da vida, estavam os empresários de várias partes da região que lançaram o empreendimento Avenida Reserva Natural (que nome estranho, não é?), localizado, vejam só, parte em Pinheiral, parte em Volta Redonda. Ao lado, para valorizar o condomínio e as terras dos dois municípios, o prefeito Samuca Silva espera faturar a criação – e cuidar da manutenção – de um parque municipal florestal, cuja área foi doada pelos bonzinhos empresários.
Devido ao tamanho do negócio, as duas prefeituras reagiram, cada qual a seu modo, tentando vender o peixe como se o mesmo fosse seu. “O novo empreendimento, que está na área territorial de Pinheiral, vai contribuir com o aumento da arrecadação do Imposto sobre a Transmissão de Bens Imóveis (ITBI) e Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) para o município de Pinheiral”, comemorou Ednardo, conforme release enviado pela sua assessoria de imprensa.
“Será uma área verde totalmente estruturada para visitação e lazer. Volta Redonda está se desenvolvendo econômica e ecologicamente, criando espaços que valorizam a integração entre o meio ambiente e a população”, pontuou a equipe de Samuca Silva, referindo-se ao futuro Parque Natural Municipal de Volta Redonda, próximo ao quilômetro 2 da Rodovia dos Metalúrgicos.
Veja a seguir como as equipes dos prefeitos Samuca e Ednardo trataram do mesmo assunto. Detalhe: os releases estão sendo publicados na íntegra, inclusive com os erros de português ou digitação.

Deixe uma resposta