Política & cia

Por Mateus Gusmão

Samuca não deve sancionar lei de Granato

O prefeito eleito Samuca Silva (PV) não deve sancionar o recente Projeto de Lei, aprovado pela Câmara de Volta Redonda, que prevê parcelamento de dívidas e concede isenção de juros aos devedores do Poder Público – sejam elas tributárias ou não. O projeto, do vereador Washington Granato (PTB), permite a quem tiver dívidas poder pagá-las à vista com redução de 100% dos encargos.  Ou ainda em 12 vezes com redução de 80% dos encargos. Se for em 24 vezes, a redução dos encargos será de 70%. E assim por diante.

 

Em release enviado aos jornais, Granato informou que o prefeito Samuca Silva, que tomará posse em 1º de janeiro, teria sinalizado favoravelmente à proposta. “Nosso objetivo é facilitar a vida daqueles que querem pagar. Uma boa notícia é o apoio do prefeito Samuca Silva à proposição. Ele, como eu, também se interessa em traçar formas para facilitar o pagamento de pessoas que desejam sanar suas dívidas junto à prefeitura. O benefício acaba sendo de ambas as partes”, garante Granato.

 

Não é bem assim. A interlocutores, Samuca tem criticado a proposta de Granato que concede anistia a credores do município. A proposta beneficia, em tese, quem paga suas contas com atraso – justamente em um momento de crise financeira. Procurado para dizer se vai sancionar ou vetar o projeto, Samuca desconversou. “Eu vou analisar o projeto de lei quando assumir o Governo”, disse, sem dizer nada. Detalhe: a lei é autorizativa, ou seja, mesmo se sancionar o projeto, Samuca não será obrigado a colocá-lo em prática.

 

Candidato (I)

Jari (PSB), vereador eleito com 4.392 votos, ainda não admite que será candidato a deputado estadual em 2018. O motivo: seu padrinho político, o vice-prefeito Paiva (PT) teria a intenção de, novamente, buscar uma cadeira na Alerj. “Entendo que seja a vez do Paiva ser candidato. Mas se ele não quiser, nós vamos conversar e ver se é viável eu ser candidato”, admitiu Jari.

 

Candidato (II)

Quem também estaria de olho numa candidatura a deputado em 2018 é Sidney Dinho (PEN). O parlamentar, reeleito para mais um mandato na Câmara de Volta Redonda, deverá ser eleito presidente da Casa de Leis em 2017.

 

Posse

Caberá ao vereador reeleito José Augusto (PDT) comandar a posse do prefeito eleito Samuca Silva (PV) e dos outros 20 vereadores na Câmara de Volta Redonda, no domingo, 1º, às 10 horas. Motivo: ele é o parlamentar mais velho, com 63 anos.

 

Almoço

Benjamin Steinbruch, presidente da CSN, deve ter ficado feliz da vida com o projeto de reforma trabalhista de Michel Temer (PMDB). É que o presidente quer aprovar a possibilidade do trabalhador ter apenas 30 minutos de almoço, tese esta que é defendida por Steinbruch. Quem não deve ter ficado feliz, e com razão, é o trabalhador!

 

Carga

De janeiro a novembro foram registrados, na 93ª Delegacia de Polícia, 12 roubos de carga em Volta Redonda. O mais recente, que não está na estatística, ocorreu na manhã de segunda, 19, e parecia cena de filme. Bandidos fortemente armados renderam motoristas e seguranças da Souza Cruz e roubaram duas vans recheadas de cigarro. Detalhe: os criminosos seriam do Rio de Janeiro.

Benefício

Centenas de voltarredondenses e barramansenses ainda não sacaram o Abono Salarial de 2014. E o prazo para retirar o benefício – que é de um salário mínimo (R$ 880,00) – termina na quinta, 29. Confira se você tem direito acessando o site goo.gl/PGAV03.

 

No mais…

Deixe uma resposta