segunda-feira, fevereiro 26, 2024
CasaEditoriasEspecialPassagem a R$ 4,20 só para moradores de VR

Passagem a R$ 4,20 só para moradores de VR

A partir da 0h de amanhã, domingo, 5, entra em vigor o projeto do governo Neto de subsidiar a passagem dos ônibus das linhas municipais para, em troca, exigir que as empresas melhorem o transporte público de Volta Redonda. A passagem subsidiada vai custar R$ 4,20, sendo que o valor sem o benefício – a ser cobrado apenas das grandes empresas, como a CSN, na compra do vale- transporte (VT) para seus funcionários – será de R$ 4,95.
Detalhe importante, que até então era desconhecido pelo público: a regra do subsídio às empresas do setor – que pode chegar a R$ 500 mil pormês–valeatéodia31
de dezembro. A partir de 1o de janeiro de 2024, a passagem de R$ 4,20 só será válida para os passageiros de Volta Redonda que se cadastrarem no ‘TEM- VR’. “A diferença de R$ 0,75 será concedida aos passageiros que residem em Volta Redonda, utilizem dinheiro como forma de pagamento da passagem e que estejam cadastrados no Sistema de Bilhetagem Eletrônica ‘TEM-VR’. E também aos usuários de vale-transporte que sejam de micro ou empresa de pequeno porte com sede em Volta Redonda”, informa o Palácio 17 de Julho em nota aos jornais.
Para receber o subsídio pago pela prefeitura, as empresas de ônibus precisarão comprovar o aumento de viagens no sistema atual, com medição a partir de GPS”, acrescenta o Palácio 17 de Julho, referindo-se ao esperado aumento no número de viagens, com reforço nos horários de maior demanda e a implementação de itinerários especiais de ônibus aos finais de semana, ‘sem que haja aumento da passagem para os usuários’.
O secretário de Transporte e Mobilidade Urbana de Volta Redonda, Paulo Barenco, explicou que o cadastramento dos passageiros será feito já a partir de segunda, 6, e destina-se apenas aos interessados que morem na cidade do aço. Ou seja, quem mora em outra cidade deverá pagar R$ 4,95 de passagem se usar
um dos ônibus das linhas municipais urbanas que atendem Volta Redonda.
Quando os moradores do município fizerem o cadastramento no ‘TEM-VR’, eles receberão um cartão para usar nos ônibus pagando os R$ 4,20 da tarifa subsidiada, e a prefeitura ficará encarregada de repassar os R$ 0,75 para a empresa utilizada. “Esse cadastramento é voluntário. A pessoa pode fazer se quiser ou não, se tiver o interesse de receber esse subsídio”, destacou Barenco, anunciando que serão criados postos especiais para o cadastramento dos passageiros de Volta Redonda. “Esses postos
estarão localizados na rodoviária e na subprefei- tura, no Retiro, das 8 às 17 horas. A pessoa tem de levar CPF e comprovante de residência de Volta Redonda”, completou Barenco, prometendo que, em breve, um endereço virtual será disponibilizado para que o cadastro possa ser feito pela internet.

Rodrigo Drable mantém suspense
Na semana em que Neto bateu martelo com os empresários de ônibus de Volta Redonda, o aQui procurou o prefeito de Barra Mansa, Rodrigo Drable, para que analisasse o acordo firmado na cidade do aço. Afinal, Drable enfrenta praticamente a mesma situação: as empresas pedindo reajuste da passagem ou concessão de subsídios e os passageiros reclamando dos serviços oferecidos pelas empresas. E ele, negando-se a aumentar a tarifa, como Neto fazia.
Drable chegou até a informar que teria uma reunião com Neto para saber detalhes da concessão dos subsídios para não aumentar a passagem de ônibus para os moradores do município. Chegou a confidenciar que iria fazer outras exigências para melhorar o transporte de passageiros e, ao mesmo tempo, salvar as empresas que estão à beira de uma crise financeira, podendo resultar na demissão de centenas de funcionários.
Ontem, sexta, 3, pela manhã, em rápido contato com o aQui, Drable confirmou sua intenção de iniciar as negociações com os empresários do setor já nos próximos dias. “Vamos finalizar essa questão durante a semana”, afirmou, sem dar detalhes do que pretende fazer para evitar o colapso do sistema municipal de transportes em Barra Mansa.

ARTIGOS RELACIONADOS

LEIA MAIS

Bate-Bola Sérgio Luiz

Lazer

7 dicas para sair do sufoco

Seja bem vindo!
Enviar via WhatsApp