Olho neles!

aniversario

Com a crise e o desemprego, a maioria da população brasileira deverá ficar bem mais cautelosa em relação aos gastos com presentes de Natal, porém não deve deixar de comprar as famosas lembrancinhas, encontradas nas lojinhas de rua, com preços mais acessíveis. Ou pesquisando nas redes sociais, com entrega gratuita. Com maior movimento, lojistas e consumidores devem ficar atentos e se prevenir contra roubos, assaltos e arrastões, por que não?
Especialista em segurança, o Grupo GR ((www.grupogr.com.br), uma das empresas mais sólidas no setor de segurança privada, selecionou algumas dicas de prevenção para os consumidores que forem às lojas físicas para comprar presentes e lembrancinhas:

Dicas de segurança para os consumidores:
– Não entre em lojas muito cheias, procure fazer compras em horário de menor movimento, isso vale também para idas ao banco;
– Se estiver com crianças: alerta dobrado! Elas costumam ficar impacientes enquanto esperam e a qualquer descuido do responsável elas podem se perder ou mesmo serem sequestradas;
– Procure manter a bolsa ou pasta sempre firme entre o braço e o corpo, com a mão sobre o fecho e posicionada do lado da calçada;
– Não carregue uma bolsa presa ao seu pulso, de forma que você não possa soltá-la caso seja necessário; isso pode provocar sérias lesões. Mantenha sua bolsa ou pasta à sua frente;
– Evite carregar grandes quantias em dinheiro; se houver necessidade divida o dinheiro em várias partes da roupa, porém evite bolsos traseiros para carregar carteira ou dinheiro;
– Tenha dinheiro separado, especialmente para pequenas despesas;
– Uma bolsa apoiada em seu ombro apenas por uma alça lateral pode facilmente ser apanhada e furtada por alguém que venha de trás;
– Evite usar joias, relógios, roupas e outros objetos que possam demonstrar ser de valor;
– Não espere o ônibus em paradas desertas e mal iluminadas;
– No transporte público, evite viajar em ônibus ou vagões vazios, em ônibus com poucos passageiros, sente-se próximo ao motorista ou cobrador.

Dicas de segurança para comerciantes e varejistas:
-Nunca divulgue a existência de valores em espécie a ninguém;
– Procure sempre que possível depositar os valores em dinheiro, evitando-se manter grandes somas no local;
– Evite ficar sozinho no estabelecimento comercial;
– Mantenha uma boa visibilidade dentro do estabelecimento;
– Instale espelhos e equipamentos de segurança;
– Tenha mais de um cofre, colocando um deles em local bem discreto;
– Mantenha a frente e os fundos do comércio bem iluminados no período noturno, e tenha equipamentos de monito-ramento, pois eles inibem a ação de criminosos;
– Escolha locais estratégicos para a instalação dos caixas;
– Afixe nas paredes do estabelecimento comercial cartazes de proibição de entrada de pessoas usando capacetes, toucas e similares;
– Não é recomendável contar dinheiro na frente de clientes;
– Fique atento, pois a desatenção e fragilidade do espaço físico são os principais fatores que desencadeiam roubos e assaltos no comércio de maneira geral;
– Observe com atenção e cuidado as pessoas que permanecem um grande período no estabelecimento sem objetivos de comprar ou consumir alguma coisa;
– Estabeleça códigos entre os funcionários que indiquem situações de risco, tal como uma frase que, ao ser dita, servirá como alerta para que chamem a polícia. Este código deve ser alterado periodicamente;
– Uma rede de proteção comunitária também é indicada para lojistas. O comerciante pode, por exemplo, instalar uma luz na loja vizinha que, acesa, indicará uma situação de perigo;
– Como é comum que funcionários sejam trancados em banheiros, este é o local mais conveniente para se instalar o botão de alarme e também para deixar escondido um telefone celular;
– Fique atento ao contratar pessoas para serviços esporádicos;
– Caso alguma chave das portas de acesso ao interior do estabelecimento comercial seja perdida, providenciar a troca do segredo da fechadura;
– Ao copiar chaves, nunca mencione onde elas serão usadas. Procure ter um chaveiro de confiança;
– Faça depósitos bancários frequentes e em horários alternados;
– Nunca reagir contra o bandido, tentando agarrá-lo ou agredi-lo, pois ele poderá estar acompanhado de outros cúmplices;
– É sempre importante manter a calma, isso ajudará na memorização das características dos meliantes (aparência, vestuário, etc.), que é fundamental para a polícia capturá-los;
– Não ter em seu poder armas, pois elas poderão aumentar o risco em caso de um assalto;
– Se presenciar um furto, ligar para o 190 e tentar não interferir;
– Registrar o Boletim de Ocorrência, mesmo que tenha ocorrido somente tentativa de assalto,
– No caso de furto ou qualquer ocorrência policial, não perca tempo, comunique imediatamente à Polícia Militar mais próxima da área.

Deixe uma resposta