No YouTube

A Fundação Cultura de Barra Mansa lançou na quinta, 8, a websérie “8 Mulheres – expressões de servidores públicas de Barra Mansa”, que tem como protagonistas oito funcionárias do setor público do município. A série é dividida em oito episódios, cada um com cerca de dois minutos e os vídeos já foram postados no canal do YouTube (http://bit.ly/canalFCBM) e na página da Fundação (https://www.facebook.com/culturabarramansa/).

 

A vice-prefeita Fátima Lima destacou que as mulheres representam 76% dos funcionários municipais. “Se o serviço público funciona é graças a cada uma dessas 3194 mulheres que trabalham diariamente. Com essa websérie queremos homenagear as servidoras públicas conhecendo a história de oito mulheres que são capazes de dar conta do serviço público e do trabalho no lar com seu marido, filhos e netos”.

 

Ela ainda completou dizendo que o objetivo não é competir com os homens, mas buscar a igualdade entre as pessoas. “Ainda temos muito que avançar. No Brasil, muitas mulheres ainda ganham menos do que os homens, sofrem violência doméstica, são desvalorizadas. Não queremos competir com os homens, queremos mostrar que somos tão importantes quanto e fazemos a diferença em Barra Mansa”, finalizou.

 

O presidente da Fundação Cultura Barra Mansa, Marcelo Bravo, enfatizou que mesmo com pouco tempo de produção, a websérie buscou retratar o dia a dia da servidora pública e o seu valor enquanto mulher que possui muitas tarefas. “Apesar do tempo curto, os vídeos foram feitos com muito carinho e foi um resultado muito positivo”. A jornalista Carol Young, da Fundação Cultura, foi responsável pela edição da websérie. “As oito mulheres foram maravilhosas. O intuito de cada episódio é mostrar para as pessoas a luta e trajetória de cada mulher e o que passaram para chegar onde estão, quais seus sonhos e objetivos. Inspirar, essa é a palavra”, definiu.

Deixe uma resposta