quinta-feira, julho 18, 2024
CasaGERALNo aperto

No aperto

Hemonúcleo de Volta Redonda pede ajuda da população para evitar queda de doações

O Hemonúcleo de Volta Redonda, que funciona no Hospital São João Batista, está pedindo, implorando até, a ajuda da população para evitar a queda no número de doações comuns no início do ano. E lembra que todos os tipos de sangue são importantes para a manutenção do estoque da unidade. A assessora administrativa e responsável pela captação de doadores da unidade, Cristina Teixeira, relata que, em decorrência das férias de verão, o número de doações cai consideravelmente. “No início do ano entramos em uma fase de preocupação com o estoque, principalmente pelo período ser antecedido pelas festas de fim de ano, também responsáveis pela redução no número de doações”, explicou.
Cristina contou que, para manter o estoque abastecido, vai intensificar a campanha para que os pacientes que irão passar por cirurgias no hospital no mês de janeiro e fevereiro tragam doa- dores até o dia do procedi- mento. “Além disso, pedimos aos familiares dos pacientes internados para tratamento e transfusão de sangue em toda a rede credenciada ao Hemonúcleo de Volta Redonda para que ajudem na captação de doadores”, comentou.
O coordenador técnico do Núcleo de Hemoterapia, o médico hematologista Luiz Gonzaga Lula de Oliveira Lima, lembrou que o Hemonúcleo de Volta Redonda atende a seis hospitais: o próprio São João Batista, o Hospital do Retiro e o Hospital Dr. Nelson dos Santos Gonçalves (antigo Cais Aterrado), além de um hospital privado no município e duas unidades em cidades vizinhas. “Precisamos de qualquer tipo sanguíneo. Uma única doação de sangue pode salvar até quatro vidas”, alertou o médico, reforçando que, antes da coleta, todos passam por triagem clínica. “Qualquer pessoa com idade entre 16 e 69 anos pode doar sangue, sendo que os menores de 16 e 17 anos
precisam da autorização dos pais ou responsáveis. Também é necessário estar em boas condições de saúde”, avisou.

Veja alguns dos requisitos para ser doador de sangue
– Apresentar documento oficial de identificação com foto (RG, CNH, ou Carteira de Trabalho);
– Ter entre 16 e 69 anos (adolescentes com idade entre 16 e 17 anos precisam da autorização dos pais ou responsáveis);
– Pesar mais de 50 kg;
– Não estar em jejum;
– Não ingerir alimentos
gordurosos;
– Estar em boas condições
de saúde (quem apresentar febre, gripe ou outras infecções não deve doar sangue).

ARTIGOS RELACIONADOS

LEIA MAIS

Seja bem vindo!
Enviar via WhatsApp