‘Mui amigo’

Maycon_abrantes (13)“Eu e o Joselito (Magalhães) estamos trabalhando para vetar isso aí”. A promessa, feita pelo vice-prefeito Maycon Abrantes (PV), gerou a mais nova polêmica entre integrantes do Palácio 17 de Julho e boa parte dos vereadores de Volta Redonda. Deixou ‘p’ da vida, principalmente, os que compõem o famoso ‘Grupo dos 7’, aliado a Samuca. É que Maycon enviou um áudio – ao qual o aQui teve acesso – para seus amigos empresários tentando acalmá-los diante de um Projeto de Lei do vereador Luciano Mineirinho (PR) que, se for aprovado, obrigará a classe a contratar idosos acima de 60 anos.

 

O PL ainda vai ser discutido na Câmara de Volta Redonda, mas o vice-prefeito já prometeu ao meio empresarial, comandado por Joselito, dublê de presidente da Aciap e secretário de Desenvolvimento do governo Samuca, que fará de tudo para que o mesmo seja rejeitado em Plenário. Se não conseguir, prometeu que Samuca vetará o Projeto de Lei dos idosos. Um verdadeiro fogo amigo.

 

Resultado: Luciano Mineirinho, que é da base aliada de Samuca, está cuspindo maribondos. Compadre de Samuca, Mineirinho não ficou satisfeito ao saber que Maycon e Joselito estariam armando contra seu PL, que tem o objetivo de obrigar as empresas instaladas na cidade – ou que venham a se instalar – a contratar pessoas acima dos 60 anos. Tem mais. Empresas com mais de 500 funcionários, segundo ele, deveriam ter, no mínimo, 1,5% de seus funcionários com mais de 60 anos. Já empresas entre 50 e 500 empregados teriam que ter 2% do seu quadro composto por idosos.

 

A proposta não agradou aos empresários ligados a direção da Aciap-VR. E alguns teriam questionado a postura dos verdes. Para acalmá-los, o vice-prefeito Maycon entrou em ação. “Isso na verdade é um projeto de lei de autoria do vereador Luciano Mineirinho, que ele está tentando ver se passa na Câmara. Vai ser levado em votação ainda. Mas eu e o Joselito (secretário de Desenvolvimento, grifo nosso), já estamos trabalhando para tentar vetar isso aí. Seria mais uma imposição do Poder Público sobre a administração privada”, avaliou Maycon, no áudio ao qual o aQui teve acesso.

 

Além de citar que iria trabalhar contra o PL dos idosos, Maycon foi além. Destacou que, mesmo se o projeto fosse aprovado, iria tentar fazer com que Samuca o vetasse. “Esta-mos trabalhando para não ser aprovado, e se for aprovado (vamos trabalhar) o prefeito também vê se não sanciona, tá bom? Mas isso é um projeto de autoria do vereador, que será discutido na Câmara ainda, para depois vir para a sanção do prefeito”, completou Maycon, que teria chegado a ser questionado se o projeto era de autoria do Palácio 17 de Julho.

 

O áudio de Maycon foi enviado ao aQui por uma fonte – que obviamente pede que seu nome não seja revelado. Segundo ela, o áudio foi divulgado em um grupo no WhatsApp formado por empresários. O problema é que Mineirinho também faz parte do grupo. “Depois que isso foi divulgado, todo mundo passou adiante, de grupo em grupo. Foi constrangedor para o Mineirinho isso”, avaliou a fonte, mostrando ainda uma mensagem onde Mineirinho reclama de Maycon Abrantes dizendo que o mesmo poderia ter conversado com ele sobre o projeto antes de dizer que iria trabalhar contra o mesmo.

 

Quem ficou a favor de Maycon e Joselito, como não poderia deixar de ser, foi Maurinho Pereira, também dublê de empresário e ‘assessor especial’ de Samuca.  Em um áudio de pouco mais de um minuto, Maurinho disse que Maycon e Joselito estão certos em ser contra o projeto dos idosos, assim como ele também estará. “Nós também fazemos parte do governo e temos um entendimento totalmente diferente (do vereador)”, disparou, salientando que Luciano Mineirinho deveria ter procurado os empresários e o governo antes de divulgar o projeto de lei.

 

Maurinho Pereira foi além. Bradou que Mineirinho, como vereador, faz parte do Fórum Empresarial e deu a entender que o vereador nunca poderia ter tido tanta liberdade. “Como ele lança um ‘troço’ contra as empresas e não comunica ninguém? Me desculpa o vereador, que gosto muito e tenho muito respeito. Porém ele é que falhou, não o vice-prefeito. O vice está certo, pois é um empresário sério e responsável com a classe empresarial, que é quem produz”, acrescentou o ex-candidato a prefeito nas eleições vencidas por Samuca. “O Maycon está certíssimo”, concluiu Maurinho.

 

O aQui, é claro, fez questão de procurar Luciano Mineirinho, que tem um escritório de contabilidade em Volta Redonda – e dos bons – para saber sua opinião sobre a pendenga com os integrantes do Palácio 17 de Julho. O parlamentar confirmou que ouviu os áudios e garante ter procurado Maycon para tratar do tema. “Fui falar com o vice-prefeito sobre isso. De fato, fiquei chateado com o áudio. Acho que ele não pode se meter nisso, ele tem muito trabalho na vice prefeitura e na Smac para realizar ao invés de se preocupar com a Câmara”, disparou Mineirinho, ressaltando que Samuca havia tomado conhecimento do caso. “Nós ainda não conversamos sobre o tema”, afirmou.

 

Entretanto, Mineirinho revelou que pediu à Câmara de Volta Redonda para que seu projeto seja arquivado. “Mas não por causa disso. Pedi o arquivamento porque fui alertado por três advogados que a proposta seria inconstitucional, portanto não teria sentido o PL continuar tramitando”, argumentou. “Mas já estamos preparando outro projeto para incentivar a contratação de pessoas com 60 anos ou mais na iniciativa privada. A ideia do projeto não morreu. Vamos buscar um caminho, seja dando incentivos para as empresas ou de outra forma, para estimular essas contratações”, concluiu. Então tá!

 

 

Deixe uma resposta